Falando de Espiritualidade - 01/12/2012 - Caminhando com o Mestre

NEWS

CONHEÇA NOSSOS LIVROS - CLIQUE PARA VER A PRÉVIA DO LIVRO

Para ouvir o Artigo - Aperte o Play

Translate

sábado, 1 de dezembro de 2012

Falando de Espiritualidade - 01/12/2012

Meus queridos,

É um tema para muitos considerado até banal. Concordo com isso, quando realmente a pessoa não está interessada numa busca sincera, aberta. Isto de forma consciente. A diferença é realmente tão grande quanto o é na sua profundidade.

A espiritualidade do ser humano é algo de uma simplicidade que encanta e ao mesmo tempo confunde. Porque isto? Porque durante séculos, foi colocada uma venda nos olhos de uma parte da humanidade que ela aceita uma grande mentira, como a verdade absoluta e real. E tenta mudar isto para ver o que acontece!

Mesmo você mostrando as provas "comprovadas", ainda assim você pode ser "taxado" de querer desvirtuar a "verdade" que está inserida nas consciências individuais do ser humano e no coletivo das massas, as famosas "egrégoras". A famosa afirmação de um ex-deputado que diz assim: "mente, mente e mente... que a mentira se torna uma verdade". Esta forma de atuação vem sendo usado há séculos e hoje, a mentira, permanece como uma grande verdade. A manipulação de uma energia pura pode ser utilizada tanto para o bem quanto para o mal. Depende das intenções.

E sabemos que para manifestarmos a energia mental e a emocional é utilizar a fórmula da "repetição" ou um tratamento de "choque", porque são as duas formas utilizadas para se "criar" uma realidade na terceira dimensão. Isto é um fato real e verdadeiro. A mídia sabe muito bem utilizar esses métodos. Então não adianta alguém querer "combater" o mal que o assola se está deixando ser "bombardeado" a cada instante de forma repetitiva e chocante com o que ocorre à nossa volta.

Agora vem a pergunta sobre o que isto tem a ver com a espiritualidade?

Tudo na vida é simples. Ser feliz e ser saudável são expressões da própria vida. O contrário é que é absurdo e bizarro. A descoberta da nossa verdadeira espiritualidade interior retira estas quantidades imensas de "véus" ilusórios que jogaram nas mentes dos seres humanos. Mas como o ser humano gosta de complicar mesmo, então fica difícil para entender o que realmente é a espiritualidade.

De tão acostumado e condicionado que ficou a sua consciência física, é praticamente impossível aceitar e até mesmo acreditar em algo que não seja místico e "adornado" por um ritual mágico. Por isso que sempre coloco nos meus artigos que tem a necessidade de quebrar paradigmas relacionados a crenças e misticismos, porque estes aspectos foram criados pelo próprio homem para impor o domínio das massas. E se alguém rompe esse "grilhão" comete um pecado mortal contra "deus" e vai para o inferno. Aí vem o medo de se queimar "nos quintos do inferno" e sofrer a eterna condenação.

Portanto, reforço sempre este pensamento: tudo o que gera o medo, não vem da Luz! E nem de Deus! Porque a certeza disto? Simplesmente porque somos filhos do Amor e da Luz!

Digo também, neste caso, sobre mim mesmo... eu levei apenas 14 dias para fazer a minha conexão com o meu Ser Superior, quando havia caminhado por quatro décadas e ter ainda dado a volta ao mundo atrás de uma resposta por várias vezes. E não precisava disto não.

A grande verdade que o próprio Mestre nos mostrou como encontrar há dois mil anos, é tão simples, prática e rápida que por isso mesmo não aceitamos e nem acreditamos ser possível, mesmo quando Ele afirmou que poderíamos fazer isso e talvez até melhor que Ele!

Uma vez assisti a uma palestra ministrada por uma mulher norte americana, um "anjo" encarnado, falando sobre a quebra de paradigmas, e ela apresentou cinco pontos interessantes que coloco aqui para a reflexão de cada um. São as fases que uma consciência física se expressa quando se depara com a "verdade na cara", ou seja, quando um véu ilusório é retirado dos olhos da pessoa. A sexta e sétima fases, eu acrescentei por minha conta:

1) Negação
2) Raiva
3) Negociação
4) Depressão
5) Aceitação
6) Alegria
7) Êxtase

Vou falar destes aspectos quando concluir o trabalho sobre o Despertar da Consciência - que está na fase final - e, inclusive este artigo tem o objetivo de criar uma abertura para o próximo capítulo sobre o despertar da consciência, porque está relacionado justamente à quebra de paradigmas sobre o fim de uma busca que muitos peregrinos têm perseguido pela vida inteira e talvez por encarnações "infinitas".

Como descobri por mim mesmo, e sei que muitos conseguiram de forma tão simples se "reencontrar" com sua própria essência espiritual, que fico motivado a ir em frente, publicando os artigos sobre a minha vivência nesta área. Antes, porém, vou expor uma série de situações que ocorreram comigo como exemplos. Assim como necessitei de parâmetros para quebrar paradigmas, acredito que a exposição destes acontecimentos vai facilitar muito o entendimento do que irá ocorrer na vida daquele que consegue alcançar a sua conexão com o seu "Eu Superior".

Nem sempre o que ocorre na vida de um peregrino se repete com outro, pois cada um carrega a sua própria história e sua própria experiência como bagagem evolutiva e nisso, está a sua própria verdade interior.

É importante colocar um ponto interessante para concluir estes artigos. Refere-se à etapa seguinte que ocorre logo após o despertar da consciência e, que é marcado por muitas confusões. Isto acontece porque queremos sempre dar forma - o que é um hábito natural - em tudo o que surge de forma transcendental na nossa vida. A nossa consciência física existe para isto, manifestar e realizar todos os pensamentos e sentimentos neste mundo tridimensional.

Parte da humanidade atual caminha para a sua terceira iniciação. Este é novo processo de aprendizado que o "agora" discípulo, deve buscar em seu caminho. Será uma jornada que talvez consiga completar ainda nesta vida, quando fará a sua quarta iniciação, tornando-se a partir daí um "iniciado", que é uma etapa grandiosa antes de ser concedido na quinta iniciação, o cetro da maestria, alcançando o grau de mestre da sabedoria.

Durante a nossa jornada terrena, vivemos por várias encarnações aprendendo a dominar todas as sensações que o mundo nos oferece, enquanto desenvolvemos a nossa mente, elevando os pensamentos para ideais mais sublimes e, com isso construindo um corpo físico cada vez mais sutilizado numa nova existência. Ao final desta longa caminhada começamos a sentir "saudades" de casa e, inconscientemente passamos as noites olhando para o céu, admirando as estrelas...

Toda a nossa evolução terrena é regida por ciclos e fases, não importando qual tipo de calendário se utiliza em determinadas culturas ou épocas. O nosso ciclo individual e coletivo é conduzido por energias cósmicas que marcam cada "nascimento" no plano físico e aperfeiçoam os nossos arquétipos. Cada astro no céu é como um sinal que marca o caminho do peregrino. O estudo sobre a astrologia cósmica ajuda a entender os processos que são infalíveis na vida do indivíduo e da humanidade em geral. São mapas.

Assim como a evolução do nosso sistema solar é governado pelo número sete em todos os aspectos, também a nossa evolução individual e da humanidade corresponde a essas influências que regem a vida neste planeta. Individualmente e de forma marcante, a evolução de um peregrino é regiamente equilibrada dentro de sete ciclos e fases subsequentes. Portanto, a cada sete anos ocorrem uma mudança em algum grau na vida daquele peregrino. 

Ficar atento a isto vai ajudar e facilitar a caminhada. Os períodos de sete, quatorze, vinte e um, vinte e oito, trinta e cinco, quarenta e dois e quarenta e nove anos, são fundamentais. Principalmente a fase dos 28 anos, quando ocorre uma espécie de "guinada" na vida. A partir desta idade, a possibilidade de ocorrer um renascimento é quase certa. Isto significa a transmutação da vida material para a evolução espiritual. Esta fase de renascimento marca a primeira iniciação do peregrino em busca da luz interior.

E a cada sete anos vão ocorrer uma nova etapa. A seguinte é muito confundida com o despertar da consciência, quando na verdade é um processo em que o indivíduo se conscientiza da sua realidade espiritual. Esta fase marca a segunda iniciação. E a terceira etapa é realmente o despertar, porque neste momento ocorre o reencontro com o mestre interior do peregrino, e aí é feita a terceira iniciação e o peregrino torna-se um verdadeiro discípulo.

Somente quando o peregrino torna-se um discípulo, é permitido saber a verdade sobre si mesmo e a sua relação com a sociedade cósmica. Fica sabendo também que desde o seu renascimento passou por aprendizados inconscientes nos sete raios, recebendo constantes instruções durante seus períodos noturnos, em templos etéricos, sendo pacientemente preparado para cada iniciação.

É no caminho do discipulado que vai reencontrar também, os mestres ascencionados e os grandes arcanjos que velaram pela sua evolução terrena. O despertar da consciência quebra de vez todos os misticismos que foram criados ao longo de milhares e milhares de anos em nossa consciência física, ocasionado a total libertação do ser humano dos grilhões que o prendiam nesta densidade terrena.

Recebe toda a atenção de seres iluminados em quase todas as dimensões onde a sua consciência for capaz de penetrar e vivenciar. O discípulo agora vai trabalhando todos os seus corpos sutis para transmuta-lo num verdadeiro corpo de luz e com este novo veículo, poder transitar livremente além dos limites do espaço-tempo.

Paz!
Shima

Um comentário:

PODCAST

Artigos por Temas

12 Atos (4) 12.12.12 (1) 2012 (4) Agenda Globalista (2) Águias (12) Aliança Cruzeiro do Sul (2) Amaterasu (1) Annunakis (2) Anti-Crísticos (4) Apocalipse (2) Arcanjo Miguel (5) Ashtar Sheran (16) Athena (1) Atlântida (1) Autoconhecimento (2) Blog (6) Bolhas de Luz (1) Bolsonaro (2) Bombojira (1) Brasil (7) Brava Gente News (1) Bushido (1) CAD (22) canalizações (90) Censura (2) Chamado (7) China (2) Chonan (3) Clã (2) Comando Ashtar (15) Comunismo (45) Conclave (4) Conspiração Alien (5) Cristo (4) Cristo Maitreya (8) Curso (1) Data Limite (19) DCM (1) Decreto (2) Dekassegui (1) Despertar (8) Djwhal Khul (2) Draconianos (3) Dragões (6) Dragões Dourados (3) Dúvidas dos Leitores (4) ECA (1) eclipse (1) El Morya (3) Eleições (12) Estados Unidos (8) Eventos (1) explosões solares (2) Expurgo (2) Exu (2) Exu Caveira (1) Facebook (2) Fraternidade Negra (1) Gaia (4) GFH (7) GM (2) Goiás (1) Governo Oculto (9) GPT (15) Grande Fraternidade Branca (4) Guardiães da Luz (2) Guerreiros da Luz (15) HEMM (1) Instituto Portia (2) Japão (3) Jornalismo (1) Kwan Yin (7) Lady Portia (3) Lei do Retorno (1) Lord Maitreya (13) Lúcifer (1) Mãe Divina (5) Mãe Maria (15) Maria Madalena (5) Mediunidade (4) Mestra Nada (26) Mestre Jesus (1) Minhas reflexões (8) Monarquia (2) Não-Confederados (1) Nebadon (3) Nibi (1) Nibiru (1) Operação Brasil (23) Operação Resgate (22) Orbs (1) Pai João de Angola (1) Pai João de Aruanda (2) Pai Micah (23) Pai Quirino (1) Pandemias/Epidemias (8) Pedras no Caminho (1) Plano Divino (49) Plêiades (2) Portais de Luz (21) Portugal (1) Povo de Aruanda (8) Príncipe Planetário (3) Projeção da Consciência (6) Projeciologia (4) Projeto Comunista (13) Publicações (1) Rebelião Luciferiana (3) Remote View (2) Rússia (2) Saint Germain (9) Sananda Kumara (7) Sara Kali (3) Servidores da Luz (1) Shakti Revista (1) Shima (141) Shima&Ree (4) Socialismo (18) Teia Crística (1) Toyohashi (1) Toyokawa (1) Trabalhadores da Luz (4) Transição Planetária (64) Tribunal do Conselho Cármico (24) Umbanda (1) Umbral (2) Universo (2) Venezuela (15) Vidas passadas (2) Visão Remota (6) Xopatz (1)

NOSSAS PUBLICAÇÕES

Post Bottom Ad

LightBlog

Páginas