INDEPENDÊNCIA DO BRASIL – O RESGATE DA NAÇÃO - 04/09/2018 - Caminhando com o Mestre

CURSO

LightBlog

NEWS

Home Top Ad

LightBlog

Post Top Ad

terça-feira, 4 de setembro de 2018

INDEPENDÊNCIA DO BRASIL – O RESGATE DA NAÇÃO - 04/09/2018



Saudações da Luz,

07 de Setembro de 1822. Lembra desta data?

07 de Setembro de 2018... O que está acontecendo hoje?

São quase dois séculos (196 anos) de histórias, tradições, dramas e conflitos. O Brasil guarda em sua memória muitas recordações onde a participação do Exército Brasileiro evitou a fragmentação e a destruição desta nação que nasceu para honrar o seu destino como berço de uma nova civilização.

Como venho publicando nos últimos artigos, a Terra alcançou a liberdade como orbe planetário e deixou de ser uma colônia intergaláctica. O fato ocorrido há dois mil anos na Palestina (uma região que unia duas potências e impérios da época, a romana e egípcia), relacionava-se à implantação do Plano Divino do Pai Micah.

A semelhança do que ocorre no Brasil hoje e há dois séculos atrás se relaciona aos dois milênios que separam a primeira vinda do Cristo na Terra e o seu reaparecimento previsto para ocorrer em terras brasileiras. Aquela época do Império do Brasil foi o início da implantação do Plano Divino na Terra. E desde esse início a nação brasileira tem sido alvo de destruição e ocupação por forças malignas que já conheciam este propósito.

Se a nação brasileira acordar para o destino divino a ela reservada como terra abençoada por Deus, será possível a manifestação do Plano Divino do Pai Micah, caso contrário mais uma vez terá que ser abortado... E neste caso, pode ter que ser adiado novamente por mais dois milênios. Estamos no ponto decisivo desta nação, em que devemos ancorar a Verdade Crística revelada por este Plano Divino e somente pelo livre arbítrio deste povo, o Brasil poderá manifestar a oportunidade que foi oferecida pela Hierarquia Espiritual da Terra.

No Plano Interno, a atuação da Força da Luz realizou as limpezas necessárias para que as consciências humanas encarnadas ficassem livres das interferências negativas e malignas impostas pelas forças alienígenas não confederadas. O que resta agora são resquícios da omissão, da traição à pátria e da fragilidade humana. Mas creio que através do bom senso e do discernimento muitos serão capazes perceber o plano sinistro que impuseram a esta nação e ao seu povo.

Nesta semana, novamente vamos comemorar o Dia da Independência do Brasil, onde a presença das Forças Armadas nos desfiles públicos deve ser homenageada com dignidade e respeito. A nação brasileira precisa resgatar o seu orgulho pelas instituições que lutaram pela paz, pela pacificação e pela ordem nacional.

O histórico do Exército Brasileiro desde a sua criação é marcada por atuar sempre no propósito da preservação da nossa soberania, veja só:

- Guerra contra Artigas (1816-1820), Guerra da Independência (1821–1824), Confederação do Equador (1824), Guerra da Cisplatina (1825–1828), Revolta dos Malês (1835), Cabanagem (1835–1840), Guerra dos Farrapos (1835–1845), Balaiada (1838–1841), Revolta Praieira (1848–1849), Guerra do Prata (1851–1852), Guerra Grande (1864–1865), Guerra do Uruguai (1864), Guerra do Paraguai (1864–1870),Revolta da Armada (1893–1894), Revolução Federalista (1893-1895), Guerra de Canudos (1896–1897), Revolução Acriana (1899–1903), Guerra do Contestado (1912–1916), Primeira Guerra Mundial (1917-1918), Revoltas Tenentistas (1922–1927),Revolução de 1930 (1930), Revolução Constitucionalista (1932), Intentona Comunista (1935), Segunda Guerra Mundial (1942–1945), Guerra Fria (1964–1985), Operação Power Pack (1965–1966), Guerrilha do Araguaia (1972–1974), Operação Traíra (1991). Além dessas o Exército Brasileiro participou das Missões da ONU - Suez (1956–1967), Moçambique (1992–1994), Angola (1995–1997), Timor-Leste (1997–1999) e, Haiti (2004–2017).

O Brasil possui um território continental (8.516.000 km²) sendo o quinto maior país do mundo atrás apenas da Rússia, Canadá, China e Estados Unidos, mas praticamente do tamanho do continente da Oceania e maior que a Austrália, tem 80% do tamanho de toda a Europa. Por isso o nosso país, no dia da sua Independência foi criado como o Império do Brasil.

Com 23.102 km de fronteiras, 15.735 km corresponde à fronteiras terrestres e 7.367 km a fronteiras marítimas. Na América do Sul, o Brasil faz fronteira com 10 países do continente (Paraguai, Uruguai, Argentina, Bolívia, Peru, Colômbia, Venezuela, Guiana, Suriname, Guiana Francesa) com exceção apenas do Chile e também do Equador.

Em contrapartida com o que ocorreu na América Espanhola que se dividiu em várias repúblicas, o Brasil ultrapassou todas as fases de tentativas de ocupações, invasões e conquistas estrangeiras ultra-mar. A nação brasileira venceu as guerras e revoluções internas contra a sua soberania e sua identidade como país democrático, com um povo formado por imigrantes e nativos.

Neste solo sagrado a nação brasileira ancora tradições, culturas e crenças de praticamente todo o globo terrestre, numa convivência pacífica e fraterna que une povos de várias raças num mesmo território. O maior tesouro do Brasil é o seu povo. Um povo que habita um espaço repleto de abundâncias e riquezas. Essa é a realidade brasileira. Somos um povo único e também parte do mundo.

A nação brasileira é a Pátria Amada. É o Brasil. Jamais poderá ser dividida.

Temos uma história. Temos uma tradição. Essa nação é jovem, mas são dois séculos de sangue e suor derramados, feita e construída com amor.

A lembrança da visão de Dom Pedro I e de Dona Leopoldina deve ser perpetuada em nosso coração e na nossa alma por decidirem pela libertação desta nação do jugo estrangeiro. Esta nação surgiu do amor que um pai e uma mãe nutre pelo filho que nasce. A esperança foi ver este filho reinar no mundo com amor e compreensão, acolhendo todos como irmãos. Irradiando ao mundo a fraternidade humana.

Dom Pedro I e Dona Leopoldina estão encarnados atualmente no Brasil e atuam nos Planos Internos para o resgate da nação brasileira em seu propósito divino.

A intervenção divina no Rio de Janeiro no plano espiritual está relacionada à contenção das forças trevosas, que através do Exército Brasileiro atua no combate ao narcotráfico que ocupou a região onde foi a capital do Império do Brasil. Tem sido no Rio de Janeiro a ocorrência das maiores batalhas nos dois planos de existência (umbral e físico) entre as forças da Luz contra a oposição que tenta impedir a implantação do Plano Divino na Terra à partir do Brasil.

Hoje, às vésperas de fechar o ciclo de dois séculos de história, apenas um mandato de quatro anos nos separa do início de uma nova era de ordem e progresso desta nação que nasceu para trazer a luz ao mundo. O maior paradigma neste momento é transcender a cegueira que tentam implantar na consciência deste povo através da ignorância que nubla sua mente e coração.

Somos um só povo e uma só nação.

Transcender o medo e a separatividade que tentam impor sobre nós é o maior desafio. Conhecer as causas de tanta destruição, de desvios de conduta e a perda da identidade nacional deve ser o motivo de profundas reflexões. O verde e o amarelo da nossa bandeira representam a essência e a matriz que fundaram os alicerces desta nação. O azul simboliza a nossa origem como seres divinos e angelicais assim como as estrelas do firmamento.

A nossa bandeira jamais foi manchada por sangue, sempre demonstrou a nossa esperança e orgulho, como o farol a nos guiar na longa noite escura. O verde e o amarelo refletem a herança da nossa independência e da nossa liberdade como povo e nação. E acima de tudo, somos o povo brasileiro que honra sua filiação divina, Deus. E tem no seu Filho Jesus, o exemplo da fé, coragem e amor.

O Brasil foi fundado por guerreiros e defendido por guerreiros que hoje são os nossos soldados e eles precisam mais do que nunca resgatar a nossa cidadania, a nossa soberania e a nossa dignidade. A unidade nacional se realiza quando o seu povo se une para uma mesma causa: A paz, a reconciliação.

Cada cidadão deste país precisa compreender uma coisa, não é a política, não é a guerra, não é o ódio que vai unir a nação e sim, a família. A família é a base de toda a sociedade humana. E foi aí que começou de fato os ataques contra o nosso povo e a nossa nação. Basta pensar e refletir onde e quando tudo começou. Como décadas atrás, nossos filhos foram afastados do convívio com os pais.

Como essas crianças foram jogadas nas drogas e como isso foi feito. Como foram doutrinadas fora do lar. Longe do aconchego do ambiente familiar. Como criaram os conflitos nas relações humanas e separaram casais que se uniram para formar famílias. Percebam como tudo foi planejado e orquestrado em cima da inocência de um povo que sempre acreditou no amor e na bondade. O movimento das sombras não nasceu do dia para a noite, já vem de longa data.

Por isso, deixei o histórico do nosso Exército. Agora sabem o que nossos guerreiros combateram desde a nossa Independência há dois séculos. E, lamentavelmente ainda hoje, precisamos relembrar que o caminho da dor e do sofrimento nunca foi a escolha desta nação, mas que toda a vez que a nossa identidade e a nossa soberania foram ameaçadas, os nossos guerreiros hastearam a Bandeira do Brasil como símbolo da Luz do Amor, do Cristo Redentor.

É preciso se conscientizar sobre o mal que injetaram nas consciências das nossas crianças ontem e, que agora precisam conhecer a verdade. O Brasil é uma nação de Amor. E Amor une, jamais separa.

A dimensão do Brasil por si só é complexa. Imagina então manter a soberania... Sem os nossos guerreiros isto jamais seria possível. E os guerreiros de hoje são os nossos filhos... São os nossos soldados...





Que força ou interesse maligno é esta que tenta jogar a sociedade contra nossos guerreiros? Por quê? Para que?

A nação brasileira tem a oportunidade de mudar o destino através deste povo que ama, anseia pela ordem e progresso e que pode realizar o sonho acalentado no dia da sua Independência... O da Liberdade.

Assim é o nosso Hino.

Em Luz e Amor,
Paz, Brasil!
Shima.
Namastê.


Veja mais - Para reflexão:
 



Leia mais:












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

LightBlog

Páginas