0

Veículos militares que apoiam Maduro avançam sobre manifestantes a favor de Guaidó na Venezuela.

>>> Atualizado em 30/04/2019 às 21:34h (GMT -3) - foi incluída uma nota ao término do artigo.

Saudações da Luz,

Previsto para ocorrer amanhã a Marcha da Liberdade na Venezuela, começou agora de manhã com a reação do povo venezuelano contra o ditador Nicolás Maduro. Guaidó conta com o apoio de militares das Forças Armadas da Venezuela e neste momento ocorre nas ruas confrontos das milícias, coletivos e militares que ainda apoiam o ditador contra a população e todos os que apoiam Guaidó.

Há informações de que o ditador Nicolás Maduro realizaria amanhã a prisão de todas as lideranças incluindo o Presidente Interino Juán Guaidó para impedir a Operação de Libertação da Venezuela que estava programada para este dia 1º de maio. Por isso, o povo venezuelano saiu às ruas hoje e começou as manifestações.

Os blindados das Guarda Bolivariana estão atacando os manifestantes nas ruas e atropelando o povo nas ruas. As reações estão ocorrendo em várias partes da cidade de Caracas incluindo confrontos entre as milícias do ditador e os militares das Forças Armadas que apoiam Juán Guaidó.

A intervenção chinesa parece estar atuando no bloqueio de todas as redes sociais para impedir a divulgação das ocorrências na Venezuela. Os militares que desertaram estão se agrupando na fronteira da Colômbia e se preparam para entrar na Venezuela e apoiar o Presidente Interino Juán Guaidó.

Apenas as altas patentes das Forças Armadas da Venezuela, os generais, ainda apoiam o ditador Nicólas Maduro, mas os oficiais de baixas patentes e soldados estão apoiando Juán Guaidó. A batalha de informações e contrainformações está gerando confusões, mas é fato que o povo venezuelano está nas ruas agora e os conflitos se alastram por toda a Venezuela.

Na noite de ontem, o CEG (Comando dos Exus Guardiões) e o CAD (Comando Águia Dourada) desencadeou a Operação Venezuela com a prisão de mais de 20 mil entidades ligadas ao ditador Nicólas Maduro no plano umbralino que planejavam o massacre do povo venezuelano e ações de execução das lideranças da Operação Libertação da Venezuela.

Neste momento começa o bloqueio e a censura na Internet na Venezuela pelo ditador Nicólas Maduro, que iniciou o corte de todas as comunicações internas da Venezuela. O apoio militar da Rússia e da China ao ditador Nicólas Maduro em solo venezuelano está agravando a situação interna, aumentando a opressão do povo venezuelano.

Vamos acompanhar ao longo do dia as reações da Comunidade Internacional, da ONU, da OEA e do Grupo de Lima.

O Brasil já se manifestou através do Presidente Jair Bolsonaro.


Veículos militares que apoiam Maduro avançam sobre manifestantes a favor de Guaidó na Venezuela









Pedimos as Orações e a entoação da Grande Invocação em prol do Povo da Venezuela e o apoio dos brasileiros para este momento dramático que vive a Venezuela.



A Grande Invocação


Do ponto de Luz na mente de Deus,
Que flua Luz à mente dos homens
E que a Luz desça à Terra.

Do ponto de Amor no coração de Deus
Que flua amor ao coração dos homens
Que Cristo retorne à Terra.

Do centro onde a vontade de Deus é conhecida,
Que o propósito guie as pequenas vontades dos homens,
Propósito que os mestres conhecem e servem.

Do centro a que chamamos a raça dos homens
Que se realize o plano de Amor e de Luz
E se feche a porta onde se encontra o mal.

Que a Luz, o Amor e o Poder
Restabeleçam o Plano Divino sobre a Terra
Hoje e por toda a eternidade.

Amém.







Em Luz e Amor,
Paz na Terra! Paz na Venezuela!
Shima.
Namastê.

EM TEMPO - A Marcha da Liberdade na Venezuela prossegue nos bastidores militares e envolvem diretamente Cuba e Rússia que intervêm diretamente na crise venezuelana impedindo qualquer negociação de acordo entre o Alto Comando das Forças Armadas da Venezuela e a Oposição.

A queda do ditador Nicólas Maduro acarreta uma série de complicações para estes dois países e também para a ala comunista na América Latina devido às revelações que aflorarão com a verdade que virá à tona, e para o Brasil será de fundamental importância conhecer o envolvimento do PT e do BNDES com o regime de Maduro.

A situação agora na Venezuela é conter a retaliação do ditador Maduro contra a população que está sofrendo um massacre. Caso isso ocorra, poderá haver uma intervenção militar por parte da Coalizão Latino Americana se as Forças Armadas Venezuelanas não cumprirem o dever de defender a soberania do país e proteger a população, hoje ocupado pelas tropas cubanas e russas que vem sustentando o regime ditatorial.

Essas duas nações - Cuba e Rússia - são hoje também as responsáveis pelo sofrimento e opressão do povo da Venezuela e impedem a solução pacífica da crise. Somente com o final do conflito, a verdade poderá ser revelada. A China também está envolvida neste caso da Venezuela.





Postar um comentário

 
Top