INCÊNDIO DE SÍMBOLOS NACIONAIS – 04/11/2019 - Caminhando com o Mestre

CURSO

LightBlog

NEWS

Home Top Ad

LightBlog

Post Top Ad

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

INCÊNDIO DE SÍMBOLOS NACIONAIS – 04/11/2019




Saudações da Luz,

A cada seis meses têm ocorrido uma série de ataques contra os Patrimônios Históricos e Culturais da Humanidade com destaque para três nações: o Brasil, a França e o Japão. O primeiro foi em setembro de 2018, com o incêndio no Museu Nacional símbolo do Império do Brasil, o segundo foi a queima da Catedral de Notre Dame em abril de 2019 que simbolizava a França como o Farol do Mundo, e agora completando o terceiro ciclo de seis meses, o Castelo de Shuri em Okinawa foi incinerado no final de outubro de 2019.

Assim que soube do fato que estava ocorrendo em Okinawa, através da Corujinha, iniciamos uma operação de emergência para identificar a causa espiritual deste ato impetrado contra um dos maiores símbolos da Paz no extremo Oriente. É no Castelo de Shuri que está o Portal da Paz e da Harmonia que sustenta a egrégora ancestral do Oriente, justamente porque nesta Ilha está oculto o Disco Solar Lemuriano, guardado a sete chaves pelos Guardiões da antiga Lemúria.

E foi na Ilha de Okinawa que ocorreu a última e a maior batalha da Segunda Guerra, a que ocasionou o fim do conflito mundial. Foi esta a última batalha na Terra, em que os Guerreiros da Luz encarnados sucumbiram. As detonações de duas bombas atômicas em solo nipônico desintegrou a aura mística dos antigos Samurais ainda existentes naquele país do Sol Nascente. Foi o maior genocídio já cometido contra a raça humana neste planeta, o uso de artefatos atômicos contra a população civil de uma nação.

Retomando a linha que venho publicando sobre os eventos que se alastram em toda a sociedade humana do planeta em razão do movimento comunista a nível global, estes três casos de incêndios mencionados aqui neste artigo possuem relações entre si no que se refere à semelhança da metodologia aplicada que é o fogo. O poder do elemental Fogo consiste na ação purificadora e transmutadora quando tem uma intenção positiva e na destruição quando age devido a uma intenção negativa.

Os eventos ocorridos no Ocidente diferem do que ocorreu em Okinawa, mas há uma ligação planetária nestes três eventos, porque relacionam a mesma fonte que é a causa de todos os males no planeta, o Comunismo. No Brasil, o Museu Nacional foi a sede e residência da família Imperial, Dona Leopoldina e Dom Pedro I. O Império do Brasil tinha a missão de criar a civilização da Nova Era.

Na França, a Catedral Notre Dame simbolizava a instituição da Linhagem Crística do Mestre Jesus após o evento de sua passagem em nosso planeta. E foi desta linhagem crística que surgiu o Iluminismo em solo francês com o propósito de promover a elevação da consciência humana que seria o alicerce da fundação da Grande Fraternidade Humana em nosso planeta.

O acontecimento em Okinawa está relacionado ao Apocalipse descrito nas Escrituras Sagradas tanto do Ocidente quanto do Oriente. Se for do Leste da Ásia que nasce a Luz do Oriente, é porque também neste ponto está o mistério oculto da morte da Sombra. Ou seja, é onde está o túmulo da Treva. E no passado remoto da nossa história, uma Deusa aprisionou o Dragão Vermelho justamente neste local onde está o Castelo de Shuri. O Portal Shurinomon possui uma egrégora poderosa que mantém a Luz neste ponto do planeta unindo dois pontos energéticos, o Yan e o Ying, por isso foi um presente do Governo Chinês ao povo de Okinawa, já que na China o Taoismo é a base da religião que até hoje conduz o povo chinês independente de sua ideologia atual.

As Ilhas do Arquipélago Ryukyu eram as montanhas mais ao Oeste do continente da Lemúria, onde o Sol se deitava após sua jornada diária, sobre os povos daquela antiga civilização. Por ser um santuário sagrado, foi preservado por Gaia durante a submersão daquele continente no Pacífico. E foram os antigos nativos okinawanos que emigraram para o continente japonês e formaram as primeiras tribos que deram origem ao povo nipônico, uma raça estelar trazida à Terra depois da Guerra Cósmica que terminou há 15 mil anos.

Então, o que ocorreu no Brasil com o Museu Nacional estava relacionado à tomada de poder pelo movimento comunista, e para isso é necessário a destruição de uma egrégora crística onde está ancorado o Ponto Focal da Luz. Já na França, a Catedral de Notre Dame possuía a egrégora de um Farol de Luz, criada para iluminar as mentes humanas no propósito divino do Mestre Jesus. E o Iluminismo foi uma inspiração direta de Saint Germain, que foi José, o pai do Mestre Jesus.

A Revolução Francesa foi um movimento Comunista para a destruição da Monarquia na França, mas que foi articulada por outra força oculta, a mesma que derrubou a Monarquia no Brasil e na Rússia. Até o movimento de Independência dos EUA tinha a influência direta do Iluminismo, mas que sofreu a intervenção desta força oculta que ficou conhecida como o Governo Oculto da Humanidade. As ondas de assassinatos e execuções de líderes em todos estes movimentos mostra a guerra que há nos bastidores para o domínio do planeta de um lado e da humanidade em outra ponta.

As revelações sobre o Grande Dragão, a Grande Serpente e sobre a Besta do Apocalipse estão relacionadas aos três eventos que menciono neste artigo. O que era desconhecido pelos Guardiões do Oriente se referia ao Dragão aprisionado no Castelo de Shuri, porque era apenas um dos sete filhos do Grande Dragão. A destruição deste Dragão visava evitar o fim do próprio Japão, a Terra do Sol Nascente. Consta na lenda ancestral que este Dragão se soltaria nos finais dos tempos, durante uma passagem da Lua e causaria o Apocalipse no Extremo Oriente.

Ocorre que o Tribunal do Conselho Cármico já vinha encerrando os trabalhos sobre a transição planetária e a Grande Serpente já tinha sido capturada e extinta e a procura pelo Grande Dragão estava sendo realizada. Após o resgate realizado do filho deste Dragão durante o incêndio no Castelo de Shuri, o Grande Dragão surgiu e apresentou a sua rendição ao GPT, bem como, a rendição dos sete Dragões filhos para que fossem retirados do orbe terrestre.

O caso do incêndio do Castelo de Shuri é uma consequência da desconexão espiritual onde o mal é praticado de forma insensata com atos considerados inaceitáveis e condenados pela Hierarquia Espiritual, pois incendiar um Patrimônio da Humanidade e ao mesmo tempo um Santuário Sagrado tem o mesmo efeito de destruir a egrégora protetora da Luz no plano espiritual e aqui fica o alerta para a Humanidade de que é preciso se conscientizar sobre a Intervenção Divina na Terra e as decisões e escolhas humanas de forma contrária à Lei Divina acarreta a aplicação da Lei do Retorno de forma coletiva.

Estou redigindo uma nova série sobre o “Projeto Comunista – O Plano Sinistro” onde trarei novas revelações sobre o movimento comunista mundial após a retirada do Governo Oculto do nosso planeta. A Nova Ordem Mundial deixa de existir oficialmente, mas permanece agora o Plano Sinistro do Governo Comunista que vem se alastrando pela Europa e América Latina e também nos EUA.

Em outro artigo farei comentários sobre a última canalização postada aqui no Blog Caminhando com o Mestre no que se refere ao conteúdo da Mensagem do Cristo Maitreya que traz informações cruciais aos povos que se alinharam ao Pai Micah e aos acontecimentos que estão surgindo em todo o mundo com a ação iniciada pelo Cavaleiro do Apocalise. O Chamado do Lord Maitreya tem um propósito que será o de reunir o seu Rebanho espalhado pelos quatro cantos do planeta.

Assim, cumpre-se o que está escrito!

Em Luz e Amor,
Paz em Cristo!
Shima.
Namastê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

LightBlog

Páginas