PROJETO COMUNISTA – A TOMADA DE PODER NO BRASIL – 25/11/2019 - Caminhando com o Mestre

CURSO

LightBlog

NEWS

Home Top Ad

LightBlog

Post Top Ad

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

PROJETO COMUNISTA – A TOMADA DE PODER NO BRASIL – 25/11/2019


Obs. Atualizado em 25/11/2019 às 23:43h com a inclusão do vídeo sobre as forças especiais brasileiras.
Atualizado em 26/11/2019 às 16:13h com inclusão de Nota no final do artigo sobre a Venezuela.

Saudações da Luz,

Vamos inicialmente tomar ciência do que rege a Lei e a Ordem do Estado Brasileiro e refletir sobre a violação destas Leis vigentes em nosso País.

LEI DOS PARTIDOS POLÍTICOS
Lei nº 9.096, de 19 de setembro de 1995

Art. 5º A ação do partido tem caráter nacional e é exercida de acordo com seu estatuto e programa, sem subordinação a entidades ou governos estrangeiros.

Art. 6º É vedado ao partido político ministrar instrução militar ou paramilitar, utilizar-se de organização da mesma natureza e adotar uniforme para seus membros.

Capítulo VI

DA FUSÃO, INCORPORAÇÃO E EXTINÇÃO DOS PARTIDOS POLÍTICOS

Art. 28. O Tribunal Superior Eleitoral, após trânsito em julgado de decisão, determina o cancelamento do registro civil e do estatuto do partido contra o qual fique provado:

I – ter recebido ou estar recebendo recursos financeiros de procedência estrangeira;

II – estar subordinado a entidade ou governo estrangeiros;

IV – que mantém organização paramilitar.

O Artigo 5º da Lei dos Partidos Políticos nº 9.096 de 19/09/96 é bem claro sobre a proibição da interferência estrangeira no programa ou estatuto de um partido político e é isso que tem sido evidenciado nos partidos da esquerda no Brasil, comprovando que há sim um programa transnacional nas ações partidárias vinculadas ao Comunismo Internacional.

Partidos da esquerda brasileira já têm em seu histórico e registro de atas, acordos realizados pelo PCdoB com o PC da China que ocasionou o Caso da Guerrilha do Araguaia nos anos 67/74 e o caso do Foro de São Paulo fundado pelo PT com o Governo de Cuba com o projeto de instalar o Comunismo em toda a América Latina, sem falar dos acordos firmados entre o PDT e o PCC da China antes das eleições Presidenciais de 2018. Aqui neste quadro o artigo 6º da Lei dos Partidos Políticos foi violado também. As ações de partidos como o PSOL, PT, PC do B tem sido destacados nas mídias internacionais sobre os pedidos de intervenção estrangeira na soberania nacional, configurando aqui a traição contra a Nação Brasileira.



Estas atribuições somente são permitidas e autorizadas pela Constituição Federal do Brasil ao Presidente da República:

SEÇÃO II
DAS ATRIBUIÇÕES DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Art. 84. Compete privativamente ao Presidente da República:

VII - manter relações com Estados estrangeiros e acreditar seus representantes diplomáticos;

VIII - celebrar tratados, convenções e atos internacionais, sujeitos a referendo do Congresso Nacional;

Portanto, o que vem se tornando público diante da sociedade brasileira é a violação também do Artigo 28 da Lei dos Partidos Políticos nos seus itens “I”, “II” e “IV”, principalmente o último item que já está comprovada a participação das Farcs que é um grupo guerrilheiro (paramilitar) em atuação conjunta com os partidos de esquerda no Brasil confirmado nas atas do Foro de São Paulo, cujas ações são evidenciadas no contrabando de armas e drogas no Brasil, além de outras forças paramilitares disfarçadas de movimentos sociais, ligadas a partidos de esquerda no nosso país.



Atenção: Fique atento especialmente à partir 5min20s do vídeo, onde é relatado por Hugo Chávez que membros das Farc participavam do Foro e se reuniam com ele e com o Lula.


Fonte: MCC - Movimento Contra Corrupção. 
Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=-JozR5-yRx0>.Acesso em: 28 Nov 2019.






LEI DE SEGURANÇA NACIONAL
LEI Nº 7.170, DE 14 DE  DEZEMBRO DE 1983.

Define os crimes contra a segurança nacional, a ordem política e social, estabelece seu processo e julgamento e dá outras providências.

Art. 1º - Esta Lei prevê os crimes que lesam ou expõem a perigo de lesão:

I - a integridade territorial e a soberania nacional;

Il - o regime representativo e democrático, a Federação e o Estado de Direito;

Ill - a pessoa dos chefes dos Poderes da União.

Art. 4º - São circunstâncias que sempre agravam a pena, quando não elementares do crime:

a) praticado o crime com o auxílio, de qualquer espécie, de governo, organização internacional ou grupos estrangeiros;

TíTULO II

Dos Crimes e das Penas

Art. 8º - Entrar em entendimento ou negociação com governo ou grupo estrangeiro, ou seus agentes, para provocar guerra ou atos de hostilidade contra o Brasil.

Art. 9º - Tentar submeter o território nacional, ou parte dele, ao domínio ou à soberania de outro país.

Art. 10 - Aliciar indivíduos de outro país para invasão do território nacional.

Art. 11 - Tentar desmembrar parte do território nacional para constituir país independente.

Art. 12 - Importar ou introduzir, no território nacional, por qualquer forma, sem autorização da autoridade federal competente, armamento ou material militar privativo das Forças Armadas.

Art. 13 - Comunicar, entregar ou permitir a comunicação ou a entrega, a governo ou grupo estrangeiro, ou a organização ou grupo de existência ilegal, de dados, documentos ou cópias de documentos, planos, códigos, cifras ou assuntos que, no interesse do Estado brasileiro, são classificados como sigilosos.

Art. 14 - Facilitar, culposamente, a prática de qualquer dos crimes previstos nos arts. 12 e 13, e seus parágrafos.

Art. 15 - Praticar sabotagem contra instalações militares, meios de comunicações, meios e vias de transporte, estaleiros, portos, aeroportos, fábricas, usinas, barragem, depósitos e outras instalações congêneres.

Art. 16 - Integrar ou manter associação, partido, comitê, entidade de classe ou grupamento que tenha por objetivo a mudança do regime vigente ou do Estado de Direito, por meios violentos ou com o emprego de grave ameaça.

Art. 17 - Tentar mudar, com emprego de violência ou grave ameaça, a ordem, o regime vigente ou o Estado de Direito.

Art. 18 - Tentar impedir, com emprego de violência ou grave ameaça, o livre exercício de qualquer dos Poderes da União ou dos Estados.

Art. 19 - Apoderar-se ou exercer o controle de aeronave, embarcação ou veículo de transporte coletivo, com emprego de violência ou grave ameaça à tripulação ou a passageiros.

Art. 20 - Devastar, saquear, extorquir, roubar, seqüestrar, manter em cárcere privado, incendiar, depredar, provocar explosão, praticar atentado pessoal ou atos de terrorismo, por inconformismo político ou para obtenção de fundos destinados à manutenção de organizações políticas clandestinas ou subversivas.

Art. 21 - Revelar segredo obtido em razão de cargo, emprego ou função pública, relativamente a planos, ações ou operações militares ou policiais contra rebeldes, insurretos ou revolucionários.

Art. 22 - Fazer, em público, propaganda:

I - de processos violentos ou ilegais para alteração da ordem política ou social;

II - de discriminação racial, de luta pela violência entre as classes sociais, de perseguição religiosa;

III - de guerra;

IV - de qualquer dos crimes previstos nesta Lei.

Art. 23 - Incitar:

I - à subversão da ordem política ou social;

II - à animosidade entre as Forças Armadas ou entre estas e as classes sociais ou as instituições

civis;

III - à luta com violência entre as classes sociais;

IV - à prática de qualquer dos crimes previstos nesta Lei.

Art. 24 - Constituir, integrar ou manter organização ilegal de tipo militar, de qualquer forma ou natureza armada ou não, com ou sem fardamento, com finalidade combativa.

Art. 25 - Fazer funcionar, de fato, ainda que sob falso nome ou forma simulada, partido político ou associação dissolvidos por força de disposição legal ou de decisão judicial.

Art. 26 - Caluniar ou difamar o Presidente da República, o do Senado Federal, o da Câmara dos Deputados ou o do Supremo Tribunal Federal, imputando-lhes fato definido como crime ou fato ofensivo à reputação.

Art. 27 - Ofender a integridade corporal ou a saúde de qualquer das autoridades mencionadas no artigo anterior.

Art. 28 - Atentar contra a liberdade pessoal de qualquer das autoridades referidas no art. 26.

Art. 29 - Matar qualquer das autoridades referidas no art. 26.

TíTULO III

Da Competência, do Processo e das normas Especiais de Procedimentos

Art. 30 - Compete à Justiça Militar processar e julgar os crimes previstos nesta Lei, com observância das normas estabelecidas no Código de Processo Penal Militar, no que não colidirem com disposição desta Lei, ressalvada a competência originária do Supremo Tribunal Federal nos casos previstos na Constituição.

Parágrafo único - A ação penal é pública, promovendo-a o Ministério Público.

Sobre a Lei de Segurança Nacional estamos assistindo diariamente a violação de quase todos os artigos que tem a finalidade de preservar a Lei e a Ordem Pública da Nação. E esses ataques contra as Instituições Constitucionais do Brasil são realizadas pelas lideranças dos partidos da esquerda de forma pública e são divulgadas maciçamente pelas mídias nacionais e estrangeiras. Essas ações visam incentivar a desordem e o caos social gerando a desobediência à Lei e a Ordem Pública, inclusive o levante popular para a tomada de Poder no país.


CONSTITUIÇÃO FEDERAL DO BRASIL

CAPÍTULO II
DAS FORÇAS ARMADAS

Art. 142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem.


O que tem ocorrido nos últimos anos nos governos anteriores foi a total violação da maioria destes Códigos Institucionais da República Federativa do Brasil, principalmente pelo fato já registrado e comprovado da participação dos partidos da esquerda do Brasil em participar do Movimento Comunista Internacional ou da Internacional Socialista que orientam todos os partidos comunistas e socialistas a nível global.

O Caso do Foro de São Paulo é o mais grave da nossa história por ter sido fundado por um partido da esquerda do Brasil junto ao Governo de Cuba considerado oficialmente um país comunista e terem uma agenda pública registrada em atas oficiais onde declaram seus objetivos, metas e finalidade que é a instituição do Socialismo em toda a América Latina caracterizando publicamente a interferência e a ingerência nas soberanias nacionais dos Estados Americanos em nosso Continente.

Portanto o que se vê e se observa em todas as ações executadas pelos partidos da esquerda no Brasil é a formação de uma organização criminosa a nível mundial encoberta pelo manto da legalidade, mas comprovadamente de atividades criminosas que vem sendo investigadas pela Operação Lava Jato e pela abertura da Caixa Preta do BNDES. Por isso o Governo de Jair Bolsonaro vem sendo atacado continuamente pela esquerda não apenas do Brasil, mas no mundo inteiro pela ala socialista internacional.

A tentativa de desacreditar o Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Justiça Sério Moro mostra a dimensão do tentáculo criado no aparelhamento do Estado Brasileiro pelo partido que dominou a Nação por quase duas décadas. O Mal do Comunismo se alastrou de tal forma que a cifra de 8 trilhões de reais desviados dos cofres públicos revelam o tamanho do buraco negro na administração pública e o rombo que causou a miséria e desemprego no país. Não há como tampar o sol com a peneira. Essa é a verdade que dói na sociedade brasileira que apoiou o comunismo em nosso país.

Lendo o que está escrito nas Leis Brasileiras, já fica evidenciado os crimes cometidos pelos partidos da esquerda em sua incontrolável sede de tomar o poder do Estado Brasileiro a qualquer custo e a qualquer preço. Uma leitura rápida da Lei dos Partidos Políticos já ocasiona a extinção de vários partidos comunistas que podem ser criminalizados por suas atividades e acordos assinados com entidades, governos e organizações estrangeiras conforme já está foi registrado nas mídias.

Como foi registrado, um dos líderes de partido da esquerda que foi até ministro de Estado do Brasil declarou publicamente nas Eleições de 2018: "É questão de tempo a gente tomar o poder".




O próprio partido da esquerda que governou o Brasil mantinha uma organização paramilitar armada no campo promovendo as invasões de propriedades públicas e privadas. Isso foi fartamente divulgado em público inclusive em cerimônias dentro do Palácio do Planalto onde o próprio Presidente na época enaltecia o seu “comandante” que mantinha esse exército paramilitar, chegando este líder a ser convidado a comparecer no Senado e prestar esclarecimentos sobre as ameaças feitas contra os membros do Estado Brasileiro.

Por que os comunistas temem tanto a Polícia Militar e as Forças Armadas?

Para quem já viveu durante o Regime Militar sabe perfeitamente que o Comunismo no Brasil na década de 70 foi contido e destruído pelos Comandos da Polícia Militar de cada Estado onde se instalaram. Por isso temem até hoje a reação desta Corporação criada por D. João VI, Rei de Portugal, em 1809 quando a Corte Portuguesa foi transferida para o Brasil e instalada no Rio de Janeiro.

Somente no Caso do Araguaia é que as Forças Armadas interviram contra os guerrilheiros comunistas porque eram milícias treinadas e armadas pela China Comunista na época, exigindo então a participação direta das Forças Federais que eliminou o foco de rebeldes no interior do país, colocando um fim na guerra armada contra o Estado Brasileiro.


A sociedade brasileira precisa refletir sobre a estratégia criada para o desarmamento da população brasileira iniciada em 2003 pelo Estatuto do Desarmamento assinado já no primeiro ano do mandato do Presidente da República do partido de esquerda, confirmando assim a conspiração contra a Nação Brasileira e as sequências de atos que vingaram de acordo com a Carta de Fidel Castro divulgada na época a Hugo Chaves e adotada no Brasil pelo Presidente eleito. As etapas descritas na Carta estabelecem cada passo para os processos de tomada de Poder dos Estados Latinos Americanos que se confirmaram em cada país onde o comunismo foi implantado.

Fica aqui a íntegra da Carta de Fidel Castro a Hugo Chávez datada provavelmente em 2004/05 (?), ditadores de Cuba e da Venezuela.

A CARTA DE FIDEL CASTRO PARA HUGO CHÁVEZ

Primeira Etapa

“Os pobres são maioria e têm pouca memória. Injeta-lhes esperança e acusa o passado, à Democracia de todos os seus males. Mantém-te em linha permanente com teu povo. Identifica-te com eles. Teu verbo tem de ser simples; isso lhes chega muito bem, pois tens o tempero que faz falta. Emociona-os, leva-os em consideração. Aprende a manipular a ignorância. O verbo deve ser inflamado, de autoridade e poder; não te preocupes com os ricos e a classe média, [pois] não são mais que 80% de pobres o que tu necessitas. Os ricos saem correndo se lhes fazes "Buu!!!"

Os católicos adoram menções da Bíblia ou de Cristo. Os católicos, em que pese ser a grande maioria na Venezuela, não fazem nada. Rezar, sem ações, não vão chegar a parte alguma; são uns bobalhões. Enquanto a igreja está adormecida, aproveita. Quando decidirem mover-se, já estarás instalado. Lembra que a igreja é “escorregadia”. Segue fustigando. Os católicos sem liderança não são ninguém. Nenhum padreco vai reagir. Há dois ou três que querem rebelar-se, porém seus superiores os encurralam. Se vês um sacerdote católico alvoroçado, compra-o, chama-o, ganha-o para ti; se o povo cristão se te rebela, esse será teu último dia... porém, dificilmente esse dia virá. Os judeus na Venezuela não contam, os Evangélicos são uns pobres coitados e as demais religiões para que nomeá-las? Cita o Cristo, sempre, fala em seu nome, lembra que isto a mim me deu excelentes resultados.

Inclui bandeiras e Simón Bolívar quando possas. Gera um novo nacionalismo. Desperta o ódio, divide os venezuelanos. Esta etapa te dará bons dividendos... Se eliminarão uns aos outros, a violência te ajudará também a instalar-te mais tarde à força. Entretanto, fale-lhes de Democracia. Tens dinheiro, compra a fidelidade enquanto cumpres os teus objetivos. Quando consegues o que queres se se opõem ou te aconselham, despreza-os. Envia-os a embaixadas, dá-lhes dinheiro para que se calem ou tira-os do país para que a imprensa não os utilize. Os que se oponham “planta-lhes” delitos; isso desqualifica para sempre. Por todos os meios mantém maioria na Assembléia. Mantém a teu lado no mínimo a Procuradoria e o Tribunal. Compre todos os militares com comando de tropa e equipamentos. Põe-os onde há bastante dinheiro. Compra banqueiros. Grandes comerciantes e construtores. Dá-lhes contratos, trabalhos e facilidades para esta primeira etapa.

Segunda Etapa

Para a segunda etapa tens que haver formado Comitês de Defesa da Revolução que os podes chamar de “Bolivarianos”. Faz trabalho comunitário com eles para que te defendam agradecidos. Paga-lhes para que sigam teus alinhamentos (marchas, concentrações). Dos comitês seleciona os mais agressivos para uma força de choque armada que podem necessitar se a coisa se põe difícil. Controla a Polícia, destrói-a. Ponha-na à tua disposição. Na segunda etapa tens que aprofundar a visão da Revolução. Deve-se mencionar muito a palavra revolução. Isto emociona os pobres.

Aqui tens que fraturar as uniões de trabalhadores e de empresários que podem fazer oposição. Aqui temos que conseguir com que os trabalhadores estejam filiados a uma central paralela. Com dinheiro se consegue. Do mesmo modo, tens que armar uma central de empresários paralela. Ataca os empresários. Acusa-os de famintos, fascistas e particularmente acusa-os de golpistas; faz-te de fraco.

A mente dos homens se situa no mais fraco e na injustiça. Se não o podes comprá-los, fecha os meios de comunicação radial, impressos e televisoras. Tua empresa de petróleo é quem te produz o dinheiro do projeto. Põe uma Junta Diretora Revolucionária. Demite os técnicos e acaba com essa chamada meritocracia.

Terceira Etapa

Se tens tudo nesta etapa podes seguir para a terceira. Na terceira etapa podes violar a Constituição porque ninguém vai te impedir. Ordena invasões. Distribui armas, drogas e dinheiro. Acusa-os de espiões e corruptos. Desprestigia-os. Prende muitos jornalistas, empresários, líderes trabalhistas. Os demais escaparão do país ou serão punidos.

Reestrutura o Gabinete. Aqui podes desfazer-te de teus colaboradores. A alguns podes premiá-los e outros desprezá-los pois já não há oposição. Tens que pôr camaradas. Estabelece o chamado constitucionalmente. Estado de Exceção; Suspende garantias. Lança o toque de recolher. Apura-te, olha se o povo te está achando excelente. Fecha todos os meios de comunicação. Destrói Prefeitos e Governadores da oposição.

Anuncia a reestruturação de todas as áreas do Estado e a elaboração de uma nova Constituição. Forma um Conselho de Governo com 500 membros. No Conselho Assessor do Governo estarei eu. Há que fuzilar os opositores que não aprendem. Isso é a única coisa que os silencia e é mais econômico.

Nunca deixes que se organizem, nem deixes que conheçam tuas intenções. Seremos respeitados novamente com o Marxismo-Leninismo. Brasil, Equador, Venezuela e Cuba a passos indestrutíveis. Se vejo que não tens colhões, recolho todo o meu pessoal; podem me matar os militares, quando se te ergam, se não me fazes caso. Que estás esperando, Hugo?”.

Referências:


O conteúdo desta Carta foi publicado aqui no Blog Caminhando com o Mestre em 18/04/2019 durante a Páscoa para reflexões e que se confirmou na decisão da Suprema Corte com a suspensão da prisão em 2ª Instância decidida agora em novembro.


Se for analisado de forma racional os desdobramentos da decisão do STF e o início da soltura dos presos em todo o país e quem são os criminosos que estão saindo das prisões, poderão observar a rapidez dos acontecimentos relacionados as Etapas descritas na Carta de Fidel Castro e como se dará a Tomada de Poder no Brasil se a sociedade brasileira não acordar a tempo. E aqui quero deixar o meu alerta pelos últimos pronunciamentos públicos divulgados nas mídias do ex-presidente da República solto pela decisão do STF.



E a partir deste ponto temos que refletir sobre a necessidade do apoio e da manifestação pública da sociedade brasileira na questão do PL 6125 de 21/11/2019 enviado ao Congresso Nacional pelo Poder Executivo que já foi apresentado em janeiro deste ano e não foi aprovado pelos representantes do Povo Brasileiro na época, e a sua urgência de ser aprovado neste novo Projeto de Lei enviado agora pelo Presidente Jair Bolsonaro.

Este Projeto de Lei é relacionado ao Artigo 144 da Constituição Federal do Brasil sobre a responsabilidade do Estado na questão da Segurança Pública e a salvaguarda das Forças de Segurança Pública no seu combate ao terrorismo e ao crime organizado, principalmente contra as milícias paramilitares da esquerda que já estão entrando ou já estão em solo nacional.


As ações contra o PL 6125 do Governo Federal são promovidas pela oposição em razão da eficácia das Forças Especiais de Segurança Pública contra atos terroristas e combates contra a guerrilha e narcotráfico (veja o vídeo abaixo).



A razão dos ataques e das mentiras infligidas contra as Forças de Segurança Pública do Brasil pelos militantes da esquerda se resume em suas derrotas no passado, principalmente contra as corporações das Polícias Militares que são as únicas entidades capazes de fazer frente na guerra urbana orquestrada no Projeto Comunista contra o Brasil. Atualmente de acordo com o levantamento feito pelo CAD, o Governo do Presidente Jair Bolsonaro conta com o apoio de 42% da sociedade brasileira, enquanto a esquerda mantem sua militância em 36% da população. A conscientização de 22% dos cidadãos brasileiros que estão em cima do muro poderá mudar o rumo da história do país.

O ex-Presidente solto já disse nas ruas que chegou a hora de tomar o Poder no país, portanto, o movimento do levante já está em andamento pela ala comunista em todo o país, da mesma forma como já começou o caos no Chile, na Bolívia e em outros países da América Latina. É aqui que a sociedade brasileira precisa acordar e se preparar. Os exemplos do passado precisam ser reavivados para depois não amargarmos uma derrota por comodismo e omissão. Este é o meu alerta.




CAPÍTULO III
DA SEGURANÇA PÚBLICA

Art. 144. A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos seguintes órgãos:

I - polícia federal;
II - polícia rodoviária federal;
III - polícia ferroviária federal;
IV - polícias civis;
V - polícias militares e corpos de bombeiros militares.

§ 5º Às polícias militares cabem a polícia ostensiva e a preservação da ordem pública; aos corpos de bombeiros militares, além das atribuições definidas em lei, incumbe a execução de atividades de defesa civil.

§ 6º As polícias militares e corpos de bombeiros militares, forças auxiliares e reserva do Exército, subordinam-se, juntamente com as polícias civis, aos Governadores dos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios.

É preciso a atenção no Parágrafo 6º do Artigo 144 da Constituição Federal do Brasil, onde a Polícia Militar atua como Força Auxiliar do Exército Brasileiro e ficarem atentos como o Congresso Nacional vai se comportar e votar a questão do PL 6125 de 21/11/2019 enviado pelo Governo Jair Bolsonaro para ser aprovado urgentemente. O tempo é curto para conter o caos no Brasil e os nossos Guerreiros precisam do apoio jurídico para atuarem com segurança na proteção da sociedade brasileira.

Novo Atentado contra vida do Presidente Jair Bolsonaro

O CAD (Comando Águia Dourada) atua diariamente no rastreamento e nas investigações através da Projeção da Consciência que é mais conhecido como Visão Remota pelos serviços de inteligência dos governos das grandes potências, dos militares e dos serviços secretos, com a missão de manter a segurança e sustentação do Governo Planetário da Terra ancorado no Brasil, por isso a vigilância é feita com o apoio de toda a Hierarquia Espiritual e também pelas Frotas Intergalácticas da Confederação, sob a condução direta do Comandante Ashtar Sheran.

Diante do perigo identificado em nossas investigações, deixamos o alerta ao Presidente da República do Brasil, Jair Bolsonaro que novos atentados estão previstos a serem executados em breve contra a vida dele. E há também uma intervenção de forças militares estrangeiras ligadas ao comunismo internacional, envolvidos neste plano sinistro contra o nosso Presidente do Brasil.

Neste período conturbado que o país possa vir a passar é preciso que a sociedade brasileira e os militantes da direita sejam compreensivos com as ações da segurança pessoal do Presidente Jair Bolsonaro que velam pela proteção física do nosso Mandatário que em muitas situações de risco de vida, poderão atuar de forma mais rigorosa e isso poderá causar uma má impressão diante do público. É preciso o entendimento que a vida do Presidente Jair Bolsonaro é também a segurança de toda a Nação Brasileira, sem ele o caos poderá se instalar em todo o território nacional, conforme declaração já feita pelo líder do PT solto da prisão que vem promovendo o levante popular e a tomada de Poder no país.

A Família Brasileira vem sendo exemplificada de forma maravilhosa pelas atitudes do nosso Presidente e também da Primeira Dama. Essa é a família que a Nação Brasileira precisa proteger e ajudar e contribuir para a sua segurança. A compreensão e a determinação da sociedade brasileira poderá contribuir muito para a Escolta Pessoal do Presidente Jair Bolsonaro na eficácia da sua segurança. Portanto, tenham paciência e compreensão com as mudanças que possam ocorrer nas aparições públicas dele.

Aos Guerreiros do Brasil, estejam em Alerta!

Fica aqui o chamado direto a todos os Guerreiros do Brasil representados pelos Soldados das Forças Armadas e das Corporações das Polícias Militares para que estejam de prontidão e alerta.

O Mal já está atuando nos bastidores do Brasil e já está em solo brasileiro.

Vocês Guerreiros do Brasil, são os escudos e as espadas da Nação Brasileira, estejam prontos quando o chamado chegar a vocês e não subestimem a força inimiga, pois não terão compaixão e nem misericórdia com vocês. Confiem na Providência Divina, Deus estará com vocês!


A Vitória da Luz Crística está nas mãos de vocês!






Em Luz e Amor,
Paz em Cristo!
Shima.
Namastê.

Nota - Para não esquecermos a nossa História!
E também lembrarmos o que o PT fez com a Venezuela.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

LightBlog

Páginas