0



* Haters - “É uma palavra de origem inglesa e que significa "os que odeiam" ou "odiadores" na tradução literal para a língua portuguesa. O termo hater é bastante utilizado na internet para classificar algumas pessoas que praticam "bullying virtual" ou "cyber bullying".


Saudações da Luz,

Agredir publicamente alguém ou investir contra a crença pessoal ou coletiva é ato de discriminação que tem penalidades previstas pelo Código Penal e Código Civil, já que nossa atividade é resguardada pela própria Constituição Federal conforme transcrevo a seguir:

Constituição Federal de 1988

Art. 5º - Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

VI - É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

Código Penal - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940

Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro:

Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa.

§ 1º - O juiz pode deixar de aplicar a pena:

- quando o ofendido, de forma reprovável, provocou diretamente a injúria;

II - no caso de retorsão imediata, que consista em outra injúria.

§ 2º - Se a injúria consiste em violência ou vias de fato, que, por sua natureza ou pelo meio empregado, se considerem aviltantes:

Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa, além da pena correspondente à violência.

§ 3º - Se a injúria consiste na utilização de elementos referentes a raça, cor, etnia, religião, origem ou a condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência: (Redação dada pela Lei nº 10.741, de 2003)

Pena - reclusão de um a três anos e multa. (Incluído pela Lei nº 9.459, de 1997).

Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso:

Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa.

Parágrafo único - Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

Declaração Universal dos Direitos Humanos

Art. XVIII - Toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento, consciência, religião; este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, isolada ou coletivamente, em público ou em particular.

Código Civil Brasileiro

Art. 927 -  Aquele que, por ato ilícito (arts. 186 e 187), causar dano a outrem, é obrigado a repará-lo.

Parágrafo único. Haverá obrigação de reparar o dano, independentemente de culpa, nos casos especificados em lei, ou quando a atividade normalmente desenvolvida pelo autor do dano implicar, por sua natureza, risco para os direitos de outrem.

Art. 953 - A indenização por injúria, difamação ou calúnia consistirá na reparação do dano que delas resulte ao ofendido.


Parágrafo único. Se o ofendido não puder provar prejuízo material, caberá ao juiz fixar, eqüitativamente, o valor da indenização, na conformidade das circunstâncias do caso.


Sobre a GFH


Portanto, deixo registrado aqui neste artigo que a GFH é uma entidade legalmente constituída e registrada de acordo com a lei vigente em nosso pais e, neste caso se houver danos morais e financeiros devido as ações de calúnia, difamação ou mentiras contra a nossa atividade ou que denigram a imagem desta entidade ou de seus dirigentes diante do público, serão tomadas ações judiciais cabíveis neste caso.

O uso de codinomes na internet ou pelos perfis do Facebook é facilmente rastreado no caso de uma ordem judicial que verse sobre crimes de internet.

Fica aqui o meu alerta pessoal, como responsável direto pela Grande Missão e pelas atividades atualmente executadas pela GFH que tem suas ações regidas pelo seu Estatuto Social e que herdou da GM todos os trabalhos que por 3 anos foi realizada apenas nos grupos internos criados na internet.

Como dirigente legal da GFH é minha função preservar e proteger a imagem e o patrimônio desta entidade, de acordo com o Estatuto Social.

ENTENDA O QUE ACONTECEU:


O artigo "publicado neste blog em 19/01/2017 gerou comentários por parte de um(a) leitor(a) que usa o anonimato e se manifesta publicamente através de um codinome, tentando evitar a sua exposição e quem sabe o julgamento dos leitores caso sua identidade seja descoberta. A intenção do autor ou da autora é bem clara, denegrir a minha imagem e o meu trabalho dentro da Grande Missão. Isto está bem claro nas declarações feitas em seus comentários.

Como são mencionados alguns dos nomes dos membros da GM incluindo a minha atuação dentro dos trabalhos da GFH e também colocar os leitores em dúvida sobre os fatos citados, está bem claro a intenção e o objetivo dos comentários postados no final do referido artigo aqui publicado. E através do bom senso fica evidente que é um ato de ataque contra as atividades da Grande Missão e como isso incomoda esta pessoa e seus aliados, que na verdade conforme ela mostra um nível de conhecimento do que tem ocorrido dentro dos grupos internos, fica caracterizado que é um dos ex-membros da GM.

Os meus relatos referem-se apenas às dificuldades dentro da Grande Missão e os ataques umbralinos são reais e essas pessoas sabem bem disso. Caluniar, difamar e denegrir são atos de pessoas imaturas e de mentes infantis. É lamentável isso, mas acontece.

O dito como dito e porque dito, já revela a intenção. O anonimato já mostra a incapacidade do autor ou autora de assumir o que diz já que se esconde por trás de uma máscara e ficaria bem mal para si, se soubessem quem é e assim descobrirem suas intenções reais e o porque atua contra a minha pessoa, contra o meu trabalho e contra a GM.

Sobre o Umbral, é um assunto por demais conhecido, estudado e pesquisado por autores de várias vertentes e estudiosos de vários núcleos de Trabalhadores da Luz. Por isso, não é cabível dizer que o Shima é obsessivo no que se relaciona à guerra umbralina, aos ataques da Fraternidade Negra e até a existência dos ‘irmãos das trevas’ como também das forças alienígenas negativas infiltradas nos núcleos dos trabalhadores da luz. Os alertas sempre foram passados para todos os discípulos, seguidores e peregrinos na senda espiritual. Isto também é fato.

Quer uma dica?


Então deixo para você, caro leitor, alguns nomes conhecidos para estudos e pesquisas. Façam a leitura dos livros ou publicações destes autores ou ouçam suas palestras sobre o mesmo tema que publico no meu blog e assim, tirem suas próprias conclusões e reflexões. Lembre-se: mente aberta! Veja a lista a seguir:

- Obras do Trigueirinho. Palestras do Hélio Couto. Livros do Rodrigo Romo, Robson Pinheiro, Wanderlei Oliveira e Wagner Borges. Vídeos do Saulo Calderon. Artigos e Vídeos que falam da Umbanda de Rodrigo Queiroz, Alexandre Cumino e Norberto Peixoto. Da Sociedade Esotérica leia os livros ditados pelo mestre tibetano, Djwhal Khul que junto com El Morya e Kuthumi criaram a Sociedade Esotérica e foi o mentor de Helena Blavatsky e Alice Bailey. É deste mestre tibetano a propagação da Grande Invocação. E é dele também as recomendações e instruções sobre a Fraternidade Negra.

Portanto, caro leitor, o ato de pensar, refletir como também de estudar e pesquisar nos abre um imenso caminho na senda espiritual, onde a nossa peregrinação é algo muito além do que mera suposição. Se assim não fosse, o mundo já estaria em outra esfera de civilização. Se a ação da luz é tão simples e fácil, então onde fica a treva e o mal que infesta e contamina a humanidade atual? Há olhos apenas para enxergar a ponta do nariz e não se vê o que ocorre em volta?

O fato de ter publicado o artigo "", causou decepções e frustrações e anteriormente quando mencionei noutro artigo sobre "", outra reação negativa foi desencadeada, o que configura que estou no caminho certo da revelação. A simples leitura do livro¹ psicografado pela Corujinha já é bem revelador sobre o que tem ocorrido e o que acontece aqui neste blog com as ações negativas contra mim e o meu trabalho.

"Vieram dos mais distantes lugares desse Universo e teriam que suportar todas as pressões, provocações e vicissitudes que a tarefa exigia. E desde a entrada no planeta Terra teriam que sobreviver a toda sorte de perseguição, vilipêndios, calúnias, dificuldades em se manter, sabotagem, fora o que a própria situação, naturalmente, exigia que era sobreviver! " - trecho do artigo: "VOLUNTÁRIOS DA PRIMEIRA ONDA" - por Vera Marfeza.


Em todo o caso, apenas deixo este artigo como registro, como tem sido feito sempre que há ataques para denegrir a minha pessoa, o meu trabalho e a GM. E até mesmo como ficou evidente que este ataque é contra a GFH e o fato dela não ter sucumbido como era a intenção desta pessoa que fez comentários negativos contra mim aqui no blog. E ela sabe do que sei e do que digo e seus aliados também. Como sabe que sabemos quem são e porque agem contra nós.

E como digo, você e quem atua junto contigo devem refletir bastante sobre si. Sigam em paz o seu caminho, já que ninguém é obrigado a aceitar o que o outro diz ou faz.

Deixo para reflexão uma mensagem do nosso comandante Ashtar sobre este assunto:


Alerta do Comandante Ashtar Sheran

"Quer viver somente na terceira dimensão... viva!
Enquanto o tempo lhe prover...
Mas não faça o desserviço de contaminar a humanidade com a sua mente.
E deixem as águias do Comando voarem livres...
Elas vieram para trabalhar e vocês sabem disto...
Aos que as barrarem sentirão a força do amor divino e do Comando agindo na Justiça.

Ashtar Sheran"
28/11/2015 15:03h


E posteriormente deixou outra recomendação:

"Aos que um dia deixarem de ressoar com esta missão, apenas partam em paz...
É nosso único pedido.

Ashtar Sheran"




Em luz e amor,
Paz em Cristo!
Shima.
Namastê.

(¹) Livro psicografado: Terra II - Comando das Trevas: Mecanismos de Manipulação Umbralina (Renata Zimmermann).

Saiba mais - Artigos recomendados para leitura:

  

 - 14/09/2016

 - 20/11/2017

 - 27/12/2017  

 

 

(*) EM TEMPO: Nesta data de 12/05/2018, às 23:30h (BR), constatei que após a publicação deste artigo, o referido leitor(a) deletou as mensagens que tinha postado como comentários nos artigos "A Treva saiu de Cena" e "A Queda dos Trabalhadores da Luz". Por isso, deixo registrado aqui que os comentários mencionados não foram deletados por mim. Esta afirmação é feita devido à menção de que costumo apagar os comentários dos leitores, o que nunca fiz (Vide imagem do comentário abaixo).


(**) Outro ponto importante é que os meus comentários em resposta ao que foi postado acima foi automaticamente deletado também, quando a própria pessoa retirou seus comentários do meu blog. No meu comentário deixei a dica sobre quem essa pessoa é ao fazer uma insinuação em relação à Corujinha. Quem participa ou já participou de nossas operações umbralinas com o CAD ou atividades de projeção de consciência onde atuamos na vigilância, rastreamento e investigações, sabem que a nossa capacidade de identificar, desvendar ou descobrir as origens e fontes de ataques, incluindo nomes e detalhes são altamente eficazes e mantemos sigilo sobre estas descobertas. Portanto essa pessoa já foi identificada por nós, incluindo quem vem atuando em conjunto. Por isso, a Corujinha disse: "Se der bronca vai chorar igual criança!", essa conduta já é bem conhecida da Corujinha que sabe quem está por trás deste perfil anônimo. Pessoalmente, essa pessoa quando esteve ao meu lado levou muitas broncas por falta de caráter e atitudes infantis. Chorava muito para uma pessoa adulta, mesmo tendo a idade biológica de alguém que devia atingir a maturidade plena. Saiu da GM nutrindo um ódio visceral contra mim e disse isso na minha cara, quando os mestres presentes questionaram suas atitudes de deslealdade comigo. Foi da Corujinha também um comentário feito comigo aqui no NA: "Depois deste artigo, vai deletar os comentários pois não tem coragem de sustentar estas mentiras, ainda mais se alguém souber que essa pessoa continua nos difamando".

Postar um comentário

 
Top