BRASIL IMPÉRIO – BRASIL REPÚBLICA - 27/01/2019 - Caminhando com o Mestre

CURSO

LightBlog

NEWS

Home Top Ad

LightBlog

Post Top Ad

domingo, 27 de janeiro de 2019

BRASIL IMPÉRIO – BRASIL REPÚBLICA - 27/01/2019

Antes da proclamação da República, a bandeira nacional
tinha dentro do losango amarelo o brasão.
Fonte: Museu Imperial/IBRAM/MINC.



Saudações da Luz,

Ao se mencionar a soberania dos povos há que se levar em conta o fator fundamental alicerçado na Carta Magna que refere que o poder emana do povo e o Governo de uma Nação é executado pelo representante legítimo escolhido por este mesmo povo de forma democrática e transparente.

Há que manifestar em todos os conflitos o respeito independente de ideologia partidária. Jamais uma sociedade pode obter a paz, a prosperidade e a segurança se houver interesses externos que se sobreponham à vontade do povo de uma Nação.

A Nação Brasileira nasceu do grito de Independência contra a exploração e a pressão estrangeira que impedia o povo de exercer a liberdade de viver conforme suas tradições, culturas, sonhos e ideais. O Brasil cresceu e amadureceu, tornando-se um dos maiores Impérios de sua época.

O vendaval revolucionário que varria a América Espanhola e a influência dos republicanos no Brasil desencadeou um golpe de estado que colocou fim à promessa do país do futuro, da nova civilização prevista para o nosso planeta. O desfecho negativo que culminou no término da Monarquia foi caracterizado por um caso pessoal envolvendo um marechal do Exército Brasileiro e a conspiração perpetrada para a implantação da República.

O projeto republicano era uma influência direta da Revolução Francesa que alcançou o seu objetivo em 1889 após exilarem a família Imperial do Brasil, mas a República almejada por seus idealizadores estava longe de ser alcançada pela forma como nasceu através de um golpe de estado marcado por traições. Esta seria a maldição do novo regime de Governo.

Vinte e oito anos depois em 1917 ocorria na Rússia a Revolução Bolchevique que também colocou fim ao Império Russo onde um dos seus membros, uma das filhas do Tzar Nicolau II, era nada mais do que a própria Dona Leopoldina (Imperatriz do Brasil) reencarnada novamente no seio da família imperial, para um propósito divino destinado ao povo russo e que foi executada com toda a sua família pelos revolucionários.

E foi através desta revolução comunista que a República do Brasil passou a ter o seu pior inimigo ao longo de um século marcado por golpes de estado, revoluções e instabilidade política. Desde então a interferência externa na política brasileira foi intensamente influenciada pela Internacional Comunista através dos partidos de esquerda no Brasil.

Cem anos depois da Proclamação da República começou no Brasil a tomada de poder pela esquerda internacional a partir da Eleição Presidencial de 1989 no mesmo ano da Queda do Muro de Berlim que determinou o início do fim da antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). Este evento desencadeou a reação comunista na América Latina com a criação do Foro de São Paulo fundada pelo PT (Partido dos Trabalhadores) para implantar o modelo soviético em nosso Continente com o apoio direto de Cuba.

Em um século a influência, apoio e a interferência direta da URSS, China, Cuba e outros países comunistas desencadearam o atraso no desenvolvimento da Nação Brasileira através de revoltas populares, atentados terroristas e guerrilhas para destruir as tradições e a cultura do nosso povo para implantar o regime socialista no Brasil.

Os últimos 16 anos de governo executado pela esquerda no Brasil promoveram um dos maiores caos na sociedade e a destruição dos alicerces tradicionais sustentados na família cristã. A violência, a corrupção, a perda de valores morais e éticos foram as marcas deixadas pelo comunismo em nosso país.

O basta da Nação Brasileira contra o comunismo ocorreu no dia 21 de Outubro de 2018 durante o “Movimento Vem Pra Rua” que determinou o fim do domínio socialista e após a votação do segundo turno da Eleição Presidencial do ano passado elegeu o atual Presidente da República.


A Magia e a Maldição


Um fato marcante que causou a mudança radical e a vitória da Direita na Eleição 2018 foi uma palavra mágica, a mesma que foi dita no golpe de estado por um marechal do Exército Brasileiro que colocou o fim no Império do Brasil: “Ele Não!”.

Foi com estas duas palavras que o Marechal Deodoro da Fonseca decidiu participar do golpe promovido pelos republicanos, quando seus líderes disseram que um rival dele assumiria o cargo de Primeiro Ministro, o Marechal sem perceber a mentira, respondeu: “Ele Não!”. E deu o golpe na Monarquia mesmo sendo amigo de Dom Pedro II.

Na Eleição Presidencial de 2018, a esquerda criou o slogan #EleNão, que desencadeou uma reação da sociedade brasileira contra as mentiras difundidas por este movimento comunista. A Lei do Retorno foi transcendental no episódio da última eleição para Presidente da República, pois foi também com a influência do Exército Brasileiro que a Nação Brasileira resgatou a sua soberania nacional.

130 anos depois, o Brasil retoma o seu destino sagrado e a oportunidade de dar prosseguimento ao seu Plano Divino como Nação do planeta Terra.


A Dívida Cármica do Brasil com o Paraguai e a Venezuela


É importante que a Nação Brasileira tenha a consciência crística sobre sua responsabilidade na tragédia da Guerra do Paraguai ocorrida durante o Império no período de 1864/70, que atuando na defesa da soberania nacional causou a devastação do território vizinho num conflito que dizimou quase a totalidade da população masculina paraguaia. Até hoje o Paraguai não se recuperou deste desastre criado por seu próprio ditador.

Da mesma forma a crise que ocorre na Venezuela teve uma contribuição decisiva do Brasil, cujo governo de esquerda, eleito pela sociedade brasileira, ajudou a colocar no poder o atual mandatário daquela nação que implantou a ditadura bolivariana. O caos na sociedade venezuelana é consequência da fundação do Foro de São Paulo.


A Nova Era e o Ano de 2019


Começa agora os novos tempos para a Nação Brasileira e é preciso ficar claro para as nações amigas e irmãs que o Brasil não tolera a ingerência externa em nosso país como em outros povos por motivos ideológicos ou guerras de poder. Temos a tradição secular sustentada no alicerce da Família Humana e Cristã. Somos uma nação pacífica, amorosa e acolhedora e, portanto, não interferimos na política interna dos países aliados e sim, defendemos o direito de cada povo ter a liberdade de prosseguir em sua missão planetária.

Na Sociedade Cósmica e Universal, a prática da Democracia ocorre em todas as esferas de existência a partir do conhecimento sobre as Leis Divinas e a Vida em cada orbe planetário é decidida através das votações em Plenário nos Conselhos Siderais e Criacionais neste Universo do Pai Micah, Soberano Absoluto dentro da Sua Criação. A aplicação da Lei e da Ordem Divina fica a cargo de todas as Hierarquias Espirituais que regem e administram o Plano Michaélico.

A Espiritualidade dentro da Criação é conhecida como Ciência Sagrada, base de todos os conhecimentos científicos, transcendentais e metafísicos que sustentam o Plano Primordial da Criação. A evolução da raça humana no planeta Terra é apenas uma jornada dentro dos Mundos Inferiores, onde há um Propósito Maior para a sua existência e sua realidade física. Cada personalidade humana encarnada tem um Mentor Espiritual que é uma entidade co-criadora nesta imensa Sociedade Cósmica e Universal.

A tão sonhada democracia pela sociedade humana da Terra ainda está bem longe de ser alcançada, mas um dia será a realidade neste orbe terrestre quando a humanidade atingir o patamar evolutivo da consciência de quinta dimensão física. O momento atual é o do Despertar Planetário que é o passo decisivo para o salto quântico para a quarta dimensão, um passo fundamental na jornada humana dentro da Criação.

Uma Nova Consciência irá determinar o rumo e o destino desta humanidade criada para reinar diante da Luz, sustentada na Verdade Crística.

O novo governo do Brasil começa neste ano de 2019 a dar os primeiros passos para a fundação definitiva dos alicerces da família humana na Terra.

O mal não fará mais parte da história humana neste planeta.

Assim está escrito no Plano Divino do Pai Micah.

Em Luz e Amor,
Paz na Terra!
Shima.
Namastê.



(*) Faço neste artigo um registro do Blog Caminhando com o Mestre que atingiu hoje 800 mil acessos.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

LightBlog

Páginas