A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA E A TRANSIÇÃO UNIVERSAL - 25/09/2019 - Caminhando com o Mestre

CURSO

LightBlog

NEWS

Home Top Ad

LightBlog

Post Top Ad

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA E A TRANSIÇÃO UNIVERSAL - 25/09/2019




Saudações da Luz,

O tema deste artigo pode parecer “batido” em função de já termos mencionado muito sobre a Transição Planetária desde o ano de 2005. Ocorre, porém que poucas vezes falamos sobre a Transição Universal em razão de estarmos em plena Guerra Universal e não mais a nível Cósmico ou Galáctico. Este conflito universal tem suas causas muito antes da formação do nosso Sistema Solar.

Mas a transformação que vem acontecendo dentro dos Universos do Pai Micah precisa ser compreendida em toda a sua extensão desde a sua origem, muito antes de Ele se tornar o Deus Criador Soberano do Seu espaço criacional que atualmente abrange três Superuniversos. E para entender o que ocorreu dentro da própria Criação que envolveu outros Filhos Paradisíacos é necessário o conhecimento sobre a existência do Plano Divino da Fonte Primordial e do Plano Divino Micahélico.

O Plano Divino da Fonte Primordial é uma Diretriz Criacional para todos os Filhos Paradisíacos executarem seus trabalhos dentro do espaço que foi concedido e assim desenvolverem seus próprios Planos Divinos. Cada Filho Paradisíaco tem o Seu Plano Divino pessoal, aprovado ou supervisionado pelos Conselhos Criacionais ligados ao Governo Central da Fonte Primordial. Sendo assim, o Plano Divino da Fonte Primordial é como uma Carta Magna que rege toda a Criação.

Os Planos Divinos dos Filhos Paradisíacos seriam como as Constituições de cada Estado de uma Federação. Cada Universo governado por um Filho Paradisíaco segue o modelo padrão do seu próprio Plano Divino que é regido pelo Plano Divino da Fonte Primordial. Toda a Jurisdição de cada Filho Paradisíaco segue o padrão governamental instituído por seu Plano Divino e é por Ele administrado através dos seus Conselhos Siderais. A maior parte dos Governos Universais é realizada através do Mandato Divino do Pai Primordial e poucos têm o Poder Soberano de governar os seus Universos como é o caso do Pai Micah.

Por que é assim?

Do nível dimensional onde está o Governo Central da Fonte Primordial, existem abaixo desta existência os Conselhos dos Anciões dos Dias, dos Melquisedeques, dos Voronandeques, dos Lanonandeques entre outros, que são responsáveis pelo cumprimento da Lei e da Ordem do Plano Divino da Fonte Primordial, da sua supervisão, fiscalização e acompanhamento dos resultados de cada Plano Divino dos Filhos Paradisíacos.

Cada um destes Conselhos tem suas funções específica e organizacional dentro da Criação abrangendo desde os Projetos dos Filhos Paradisíacos, suas execuções, as administrações até o envio de Governantes Planetários para cada orbe onde uma civilização é criada e estabelecida. Durante a expansão da Criação os Planos Divinos são realizados e quando cessa a expansão e inicia o processo de inspiração, ou seja, o do retorno da maré criacional é o que denominamos de Transição Universal, que é o que vem ocorrendo atualmente dentro da Criação.

Por isso a existência do Conclave Universal que reúne todos os Filhos Paradisíacos (Deuses Criadores) numa imensa Assembléia onde são debatidos, analisados e julgados os resultados de seus Planos Divinos. É neste Conclave Universal onde também são estabelecidos o equilíbrio dentro da Criação e a harmonia entre todos os Projetos Divinos realizados.

Temos, porém um caso excepcional dentro de toda a Criação relacionado ao Pai Micah que foi o único Filho Paradisíaco a descer e mergulhar até o nível da densidade de 3D chegando ao nível da 1D, e nessa jornada ultrapassou o patamar abaixo da 12D, onde dificilmente um Pai Criador chegou a descer. Então o conhecimento pessoal do Pai Micah dentro da Criação ultrapassa as faixas dimensionais da 12D. E é por isso que o seu Projeto conhecido como Plano Divino Micahélico chamou tanta a atenção em todos os Conselhos Criacionais.

O projeto da Raça Humana tem uma particularidade dentro do Plano Divino Micahélico porque envolve a Criação de consciências capazes de mergulhar até as profundezas mais densas a partir da 12D e quando chegar ao fundo do poço, deve galgar degrau por degrau, subindo na escala evolutiva até superar os níveis da 12D e retornar ao berço da Criação até o Pai Primordial. Este é o projeto revolucionário criado pelo Pai Micah e que teve êxito com pleno sucesso. Noutros Planos Divinos, muitas consciências não tinham a permissão de ultrapassar o nível da 6D acima ficando enclausurada abaixo desta densidade vibracional.

Os conflitos que geraram as guerras cósmicas e galácticas resultaram deste bloqueio que impediu uma conexão com os próprios Pais Criadores das diversas raças interplanetárias, pois as diretrizes eram somente a de se expandirem e se multiplicarem dentro dos seus Universos. As consequências foram desastrosas, pois os espaços destinados a cada civilização e seus povos foram ficando superlotados causando fome e miséria em razão do esgotamento dos recursos energéticos, alimentares e de segurança. Começou aí as guerras de conquista incontroláveis.

No início dos conflitos, o Pai Micah ainda governava seus Universos por Mandato Divino, alcançando a sua Soberania depois da sua experiência terrena na 3D durante a missão do Seu Filho conhecido na Terra como o Cristo Jesus. A partir do grau de Soberania conquistada, um Filho Paradisíaco assume o Governo Absoluto sobre a Sua Criação, como foi o caso do Pai Micah que passou a atuar em uma conexão direta com o Pai Primordial expandindo o Plano Divino da Fonte em seus Universos Manifestados.

O Grande Mistério desta descida do Pai Micah envolve o conhecimento sobre a Geometria Sagrada da Tríada Espiritual – Pai/Filho/Espírito Santo – onde se realizou a conexão perfeita entre o Pai Micah, o Lord Maitreya e o Cristo Jesus, sendo o Mestre Jesus o Espírito Manifestado na Carne que ancorou as duas Personalidades Divinas que se manifestaram no plano físico há dois mil anos. Desde o início deste processo, cerca de mil anos antes, o Pai Micah vinha trabalhando para o Resgate da Sua Soberania no orbe terrestre, que era o único planeta a ter uma civilização na 3D e mantinha uma ligação direta com a vida existencial com a 2D e a 1D.

Após a Crucificação, o Pai Micah, o Lord Maitreya e o Cristo Jesus desceram até as profundezas destas duas dimensões inferiores e ficaram anos experienciando os mais profundos abismos do Umbral em contato direto também com os Reinos Dévicos, Elementais, dos Encantados compartilhando um imenso aprendizado nestes mergulhos jamais imaginados pelos Altos Conselhos Criacionais. Portanto, não há Entidades Personalizadas dentro da Criação que alcançaram tamanha expansão da Consciência nos níveis mais densos de um Universo Manifestado com a magnitude que foi realizada pelo Pai Micah, por Lord Maitreya e Cristo Jesus.

E foi com este conhecimento e experiência pessoal que o Pai Micah estabeleceu a Grande Operação de Resgate e Cura dentro da Sua Criação e nomeou o Comandante Ashtar Sheran para comandar a Missão Terra junto com o Arcanjo Miguel e suas Milícias Celestes.

Os desdobramentos e os desvendamentos do que ocorreu dentro da Criação Primordial antes de assumir de forma Soberana os seus Universos foi algo surpreendente, pois até então inúmeros Universos de outros Filhos Paradisíacos haviam sido invadidos e ocupados por várias raças interplanetárias que não reconheciam a existência dos Pais Criadores e muito menos a soberania dos Filhos Paradisíacos gerando os conflitos cósmicos e intergalácticos.

A influência da raça Xopatz foi também extremamente negativa dentro da Criação quando durante suas experiências causaram aquilo que ficou conhecido como o “Big Bang” destruindo todo um Universo Manifestado e causando a extinção de várias civilizações, povos e raças, incluindo o desaparecimento de vários Pais Criadores de Sistemas e Galáxias. E foi durante as operações de busca e captura dos foragidos das batalhas travadas, que o CAD em conjunto com o Comando Ashtar e as Tropas do GC alcançaram estes domínios e realizaram os resgates mais surpreendentes ao encontrarem Pais Criadores considerados desaparecidos ou extintos durante o Big Bang.

Foram nessas operações que também foi desvendado a existência da Máquina criada pelos Xopatz conhecida na Terra como o Grande Arquiteto do Universo que é operada por eles em razão de perderem também o contato com seu Pai Criador. Depois da rendição da Máquina que foi absorvida pelo Pai Primordial, começou uma guerra em escala universal envolvendo diversos Quadrantes da Criação no qual os três Superuniversos do Pai Micah estavam inseridos. E tem sido essas as últimas batalhas ocorridas nos últimos meses envolvendo diretamente a raça Xopatz.

Com a rendição do Líder Supremo da Raça Xopatz e pelo Decreto emitido no dia 05/09/2019 e publicado aqui no Blog Caminhando com o Mestre, tem havido reações de rebeldes e dissidentes e em razão disto, muitos confrontos vem ocorrendo em várias galáxias, necessitando a atuação e intervenção da Aliança Cruzeiro do Sul (ACS), do Comando Ashtar e das Tropas do GC nestes confrontos diretos, já que as ações xopatianas alcançaram diversos quadrantes dentro do Universo Local de Nebadon, influindo negativamente na implantação do Plano Micahélico em várias galáxias.

A questão que envolve a retirada do orbe terrestre dos membros do Governo Oculto deve ser compreendida em toda a sua extensão porque também sofreram a interferência negativa dos Xopatz, ocasionando o desvio do propósito estabelecido por suas famílias primordiais após a tomada de poder do Governo Planetário da Terra nos tempos de Caligástia. O Pai Primordial vem analisando questão do Governo Oculto da Humanidade caso a caso bem como seus membros, pois haverá aqueles que permanecerão na Terra e muitos que terão novos destinos em outros orbes.

É importante que a Humanidade tenha ciência de que dentro destas famílias que formam o Governo Oculto há personalidades positivas e outras negativas e há aqueles que têm ajudado a Humanidade a progredir, há inúmeros Avatares encarnados que vão assumir a administração dos negócios terrestres em benefício da nova civilização que vem sendo construída. Os eventos em andamento que acarretarão as crises financeiras, corporativas e a queda do Sistema se relacionam com essa transição planetária atual.

No nível da Transição Universal, a partir do dia primeiro de outubro 2019, vai ser iniciada uma Intervenção da Frota Intergaláctica do Pai Micah em Plêiades para a retirada de todas as entidades negativas, iniciando o processo de resgate da Soberania Crística em todo o Sistema Pleiadiano, onde apenas dois orbes conseguiram se manter na Aliança com o Pai Micah. A influência de Pleiadianos negativa ocasionou a Queda dos Trabalhadores da Luz que relatei em outro artigo, resultando na intervenção direta do Pai Primordial neste Universo Local de Nebadon.

Fica aqui anunciado que esta Intervenção direta da Frota Intergaláctica do Pai Micah em Plêiades será decisiva e não será mais permitida a atuação anticrística neste quadrante, sendo o mal erradicado definitivamente de todos os orbes que integram Plêiades, aonde as intensas batalhas vem ocorrendo deste meados do ano de 2008. O CAD participou de várias batalhas em Plêiades para manter a soberania dos dois orbes crísticos ainda existentes lá.

Essa Intervenção Divina em Plêiades causará diversos efeitos colaterais nas consciências humanas encarnadas no orbe terrestre, em função de ligações com alguns Pleiadianos negativos. O banimento de todos os envolvidos nesta rede maligna já foi decidido pelo Pai Primordial em conjunto com o Pai Micah e estes serão confinados em orbes que foram construídos pelos próprios Pleiadianos negativos durante a expansão e conquistas não confederadas e anticrísticas que fizeram pela nossa Via Láctea.

Em Luz e Amor,
Está feito e selado!
Paz em Cristo!
Shima.
Namastê.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

LightBlog

Páginas