MEUS ENCONTROS COM O PAI MICAH E A VISÃO DA GRANDE MISSÃO - 06/03/2020 - Caminhando com o Mestre

CONHEÇA NOSSOS LIVROS - CLIQUE PARA VER A PRÉVIA DO LIVRO

NEWS

Home Top Ad

LightBlog

Post Top Ad

LightBlog

Para ouvir o Artigo - Aperte o Play

Translate

sexta-feira, 6 de março de 2020

MEUS ENCONTROS COM O PAI MICAH E A VISÃO DA GRANDE MISSÃO - 06/03/2020


(*) Atualizado em 08/03/2020 às 12:30h (GMT-3) com o acréscimo de links sobre o tema no final deste artigo
(**) Atualizado em 09/03/2020 às 09:39h (GMT -3) com a inserção da NOTA sobre os encontros anteriores com o Pai Micah e, fotos dos locais em Toyohashi onde ocorreu o encontro no Japão.

O texto que se segue foi narrado em outubro de 2005, após uma sequência de acontecimentos maravilhosos e, nesta época havia diversos temas que abordava em cada Arquivo de Trabalho. Foi assim:

"Pausa para reflexão

Antes de dar continuidade ao artigo anterior - "Caminhando com o Mestre - Um fato surpreendente!" - senti necessidade de falar sobre algumas ocorrências posteriores, além daquelas que foram mencionadas neste último artigo. Como esses novos fatos estão relacionados aos próximos capítulos de Retorno ao Lar, resolvi que era melhor narrar agora, alguns pontos interessantes, porque sem essas informações, ficaria difícil o entendimento deste acontecimento - relatado no artigo anterior - e que teve um significado muito profundo para mim.

Para isso é necessário levar ao conhecimento de todos vocês, queridos leitores, os aspectos físicos e sutis que foram desenvolvidos dentro do meu processo de despertar bem como dos acontecimentos que marcaram essas mudanças na minha vida. As vivências e as experiências que vêm ocorrendo, começaram a surgir logo após o meu despertar, quando nas primeiras quatros semanas vivenciei situações que seriam consideradas "absurdas" e frutos da minha imaginação se não houvesse critérios muito sérios nestes acontecimentos.

Na primeira semana logo após o meu despertar fui levado a um templo - 4º Raio - onde recebi as revelações sobre a minha missão de vida, ministradas pelos "anjos de branco". Na outra semana, houve um encontro com os "anjos de cor violeta", também em um templo da mesma tonalidade, onde recebi instruções sobre Saint Germain e a sua doutrina e, que num futuro próximo teria um encontro com ele - ocorrido um ano depois -, na terceira semana encontrei-me no interior de uma nave espacial que me levou até uma nave-mãe, onde fiz descobertas incríveis e na quarta semana, recebi em meu quarto, instruções pessoais do meu próprio Eu Superior, a quem eu sempre chamei de "mentor espiritual".

A conscientização de todos estes eventos só foi possível pela imensa ajuda que recebi, que abriram novos horizontes na minha caminhada. Os lances que se seguiram - as projeções da consciência - deixaram-me mais atordoado. E o que me ajudou a superar esta fase com muita lucidez foi ter-me dedicado ao estudo e às pesquisas que já vinha desenvolvendo desde o ano que antecedeu o meu despertar.

O desenvolvimento de dois aspectos físicos e sutis foram determinantes para vivenciar as mais lindas experiências extras-sensoriais e extra-físicas: a ativação do hemisfério direito cerebral e o despertar da Kundalini.

O primeiro fato causou, numa rapidez surpreendente, a expansão da minha consciência como um todo. De uma forma espontânea passei a utilizar a minha consciência mental e a projeção dela levou-me a níveis além da 5a. dimensão (na 32a. eu vi o processo do meu nascimento como consciência individualizada), logo nos primeiros dias, após a conexão com o meu Eu Superior. O outro aspecto, o despertar da Kundalini - energia do chackra na base da coluna - foi um fato que ocorreu em março daquele ano e que só fui perceber o que tinha acontecido, dois dias depois, quando já estava ativo.

Seguindo a minha intuição - a voz interior - mantive o foco das energias vibrando sempre nos níveis mais elevados e, para a minha surpresa, sentia a energia da Kundalini subir pelo corpo todo e sair pelo topo da minha cabeça. A ativação desta poderosa energia ocasionou uma transformação interior muito intensa, porque além de acelerar todos os chackras abriu diversos canais extras-sensoriais que não imaginava possuir.

Um desses canais surgiu, de repente, como que por "acaso" - estava fazendo a barba - quando eu estava olhando no espelho. Comecei então a ver as imagens de todos os meus rostos em vidas passadas - os que foram vividos aqui na Terra - como também aqueles, das minhas existências vividas em outros planetas. Foi um choque e tanto!

Para verificar se isto não era uma alucinação comecei a fazer diversos testes com as fotos das pessoas da minha família e de alguns amigos. A surpresa inicial foi ampliada pelas descobertas que começaram a surgir. Quanto mais investigava as imagens que iam aparecendo mais a certeza se confirmava: as nossas origens estavam em outros planetas e pertencíamos a distintas raças planetárias.

A partir disso, comecei a estudar e pesquisar mais profundamente os povos que habitam o planeta Terra e mais descobertas surpreendentes apareciam. O povo que praticamente forma uma nação - isso não se aplica a um país - era de uma determinada família estelar. Foi demais!

A "voz" que me orientou a ir para Okinawa veio da equipe do Comando Ashtar. Uma vez lá na ilha foram feitos diversos testes com os meus corpos sutis. E em Okinawa ocorreram alguns encontros com os membros do Comando e, entre eles, acabei conhecendo o pessoal que tinha feito a ativação do meu hemisfério direito cerebral. O teste mais importante em Okinawa relacionava-se à minha capacidade de transpor diversos portais interdimensionais, simultaneamente.

Para que, eu não sabia. Só vim a descobrir a finalidade disso, quando comecei a participar da Operação Resgate. Outras descobertas que passaram a ocorrer comigo ainda estão na fase de aprendizado e conscientização. Refere-se à projeção da minha consciência, através dos meus corpos sutis, com os quais passei a executar alguns trabalhos de assistência e cura a longa distância.

A outra descoberta surpreendente foi algo também, inédito, e ainda não tenho notícias de que isto esteja ocorrendo com outras pessoas, porque ao necessitar de mais informações, não consegui encontrar. Penetrar no interior do corpo humano - com outro mais sutil e de forma bem minúscula - e "passear" pelos órgãos internos para reconhecer, localizar e fazer o procedimento de cura.

E o que ficou claro para mim é que havia feito uma longa caminhada até o topo da montanha, e que acreditava realmente, era a minha missão de vida. Mas um grande acontecimento ocorrido nos últimos dias me fez acreditar logo que aquela escalada não era o propósito maior da minha vida. Ao analisar aquela oportunidade rara na vida de um peregrino, descobri que muitos dos fatos que ocorreram ao longo da minha existência, foram os degraus que me levaram até aquela Presença maravilhosa! Se não estivesse atento às mudanças teria escolhido outros caminhos, que, com certeza, não me levariam até Ele. Não nesta rapidez!

É isso, queridos leitores, que queria dizer para vocês. Que uma escalada ao topo de uma montanha pode levar a alturas inimagináveis. Às vezes, os sinais passam despercebidos por estarmos envolvidos nas sensações da vida material e perdemos a oportunidade de aprender com as lições que a própria alma nos oferece.

Viemos para o planeta Terra para um aprendizado magnífico: reaprender a ser o que sempre fomos! Depois, é só caminhar na direção do abraço amoroso Daquele que é o Criador deste nosso Universo: Deus!"

(16/10/2005 - Shima)

NOTA - É fundamental a informação de que o meu primeiro encontro com o Pai Micah foi em 1964 aos 7 anos de idade, quando Ele me salvou a vida em Formosa-GO durante um passeio com a família e, o segundo encontro aos 14 anos durou cerca de 3 anos no período de 1971 a 1974 em Brasília-DF. O reencontro seguinte ocorreria somente em 2005 no Japão, quando residia na cidade de Toyohashi, que fica na província de Aichi-Ken, quando Ele me mostrou a visão da Grande Missão e como isso iria ocorrer futuramente.

E COMO FOI ESTE REENCONTRO NO JAPÃO?


Este evento ocorreu após longas atividades a serviço do Comando Ashtar nas operações de resgate, cura e limpeza planetária. Uma das primeiras missões foi o resgate de vítimas do "Tsunami da Indonésia" ocorrido no final de 2004. Todo o primeiro semestre de 2005 fiquei envolvido em operações diárias e semanais promovidas pelo nosso comandante Ashtar Sheran. As instruções, revelações feitas diretamente por ele durante as missões desvendaram quase todos os enigmas que procurei saber ao longo de quatro décadas. Principalmente sobre as raças planetárias.

Um dia, num domingo de outubro de 2005 estava a caminho de um supermercado na cidade japonesa de Toyohashi onde residia, quando comecei a sentir uma forte irradiação envolvendo toda a cabeça. 

Prédio no Kanedajutaku, no bairro de Noda em Toyohashi, onde residi até o meu retorno ao Brasil em 2006.


Supermercado Fuji em Toyohashi, no bairro Takaoka.
Mantive o autocontrole e o discernimento sobre a situação pois sinalizava um novo contato interdimensional. Devido à potência energética que a irradiação manifestava fiquei um pouco preocupado, pois não havia ainda passado por esta experiência... Não neste nível de percepção. 

A vibração era altíssima e ficava todo arrepiado enquanto me dirigia para o estacionamento da loja comercial.
Estacionamento do Supermercado Fuji em Toyohashi, no bairro Takaoka.
Assim que sai do carro e ia fechar a porta, do alto surgiu uma voz retumbante, poderosa como o soar de uma trombeta, mas num tom amoroso, celestial e reconhecível.

"Eu Sou Micah".

A luz era tão intensa que não consegui olhar diretamente para o ponto de onde a voz surgiu e fiquei apenas sentindo aquela Presença Divina, majestosa, enquanto Ele ia diminuindo a sua intensidade. Aos poucos já era possível ver o seu semblante e o seu rosto. Era a primeira vez que O via desta forma, personificada numa visão de grande beleza. Parecia o Grande Arcanjo, tamanha era a Sua Luz, maior do que os dois que já havia encontrado até então: os Arcanjos Gabriel e Miguel.

O Pai Micah ficou um bom tempo a me contemplar enquanto eu também O contemplava em profunda reverência e devoção. Em sua voz, o compromisso de novos encontros comigo. Disse que queria conversar, senti nas palavras Dele, algo que sinalizava que eu já estava pronto para isto. Quando a imagem do Pai Micah se desvaneceu, apenas as lágrimas escorriam dos meus olhos. O sorriso do olhar Dele ainda refletia na minha mente.

Dias depois deste surpreendente encontro, estava na fábrica trabalhando num serviço pesado, cuidando do funcionamento de uma máquina que injetava os para-choques para automóveis. Estava tão entretido neste serviço que mal percebi a chegada de um ser ao meu lado, me chamando para um reencontro. 

Kawanishi-Paint Akemicho / Toyohashi - D-Line - Local do Encontro com o Pai Micah em Outubro 2005.
E com o querido Mestre Jesus em Fevereiro de 2005.
Onde recebi a inspiração para a criação do Blog "Caminhando com o Mestre".

Quando O vi, não me contive de felicidade e apenas senti meus lábios pronunciarem:

- Pai Micah!

Instantaneamente enquanto uma parte da minha consciência física permanecia ancorada no meu corpo físico, saí imediatamente ao Seu encontro, fomos direto para o espaço, para o cosmo, um pouco acima da órbita da Terra e ficamos juntos observando o planeta azul girando sobre si mesmo. Observei o orbe terrestre e depois fiquei contemplando o Pai em sua altura estupenda. Eu parecia uma pequena criança a lado Dele. E foi sobre as "Crianças" que Ele queria falar...

- Por que os chama de Crianças, Pai?

- Sabe filho... Há muito tempo, e muito tempo se passou desde que estas Crianças vieram para este lugar, para este jardim. Bem longe de Casa. Na época não percebi a dimensão deste local do Universo e nem da Vida nesta região tão distante de onde Estou. Apenas recebia informações sobre o que ocorria. E como as via apenas como Crianças, acreditei que podia ser deixadas livres para crescerem e aprenderem. Mas um dia fiquei sabendo que as Crianças haviam se perdido aqui embaixo, nesta dimensão terrena. Que não queriam mais voltar para Casa. Não sabiam mais como voltar...

- Como assim, Pai. Se perderam?

- Suas consciências, filho, não me reconhecem mais. Ao tomar conhecimento do que ocorreu com minhas Crianças, depois de um tempo refletindo na minha falha, vim a este orbe para curá-las e mostrar o caminho de volta. Nesta tentativa meu filho, não me reconheceram como o Pai delas e, tive que deixar este mundo para criar uma nova oportunidade no futuro, onde as minhas Crianças pudessem outra vez, me receber de forma consciente. Fiquei este tempo todo ao lado delas, cuidando e amparando até este momento. Na verdade, filho, há muito tempo no início deste planeta enviei muitas Crianças. Foi um aprendizado maravilhoso o início da criação da vida neste orbe. As primeiras Crianças voltaram para Casa após cumprirem seus propósitos divinos. Ao longo das eras, muitos acontecimentos mudaram a face deste lindo planeta azul e muitas Crianças começaram a se perder. Começaram a esquecer suas origens divinas e se perderam cada vez mais no mergulho na densidade da matéria. A princípio nem dei tanta atenção, pois estava em outras esferas da evolução e da criação deste Universo. E quando percebi o quanto estas Crianças haviam se perdido dentro do jardim, não conseguia acreditar no que via. Acreditava que minhas Crianças jamais podiam se perder dentro deste jardim e que estariam protegidas, cuidadas e acompanhadas. Mas me descuidei delas e agora reconheço que falhei nesta parte da minha Criação. Por isto, filho, estou aqui novamente. Na outra vez não consegui cumprir o Meu Propósito. Agora o farei de forma mais condizente com a realidade deste mundo e assim, sei que elas me reconhecerão como o Pai.

- Assim acredito que aconteça Pai! Assim será.

Durante quase dez dias tive encontros divinos e celestiais ouvindo o Pai falar do Seu Plano, do seu Propósito e de como gostaria de realizá-los. Enquanto estava trabalhando na máquina, o Pai ficava observando o ambiente e o movimento daquela gigantesca injetora que abria e fechava com um som estrondoso, depois que eu passava o spray lubrificante para que as peças não ficassem grudadas na prensa. Mesmo assim, nossas conversas prosseguiam normalmente.

Antes da nossa última conversa, Ele falou-me da Grande Operação de Resgate e Cura que havia criado junto ao comandante Ashtar e pediu-me para continuar participando deste Comando. Que contava muito comigo nesta missão. Com isto, o Pai sonhava em realizar o propósito da reconciliação com Suas Crianças que haviam mergulhado tão profundamente nos mundos inferiores e que agora, nem sabiam encontrar a porta da saída...

- Sim Pai, farei isso com todo amor!

(Capítulo "O Guerreiro e o Sacerdote" in Livro: "O Voo da Águia - Caminho para o Despertar", Páginas 86 a 89)


A CONEXÃO COM O DIVINO - 18/10/2015

Aproveito as tardes quentes para ficar estendido na minha rede e contemplar o céu azul, sem nuvens... sentindo o pulsar do coração ressoar com a aura de Gaia.

Os dias das férias que tirei este mês escoam rapidamente, como se o tempo deixasse de existir, mas tem sido significativas e benéficas para o meu retiro espiritual e minha conexão interna com meus mestres e mentores.

Foi também nestes encontros divinos que dias atrás recebi uma mensagem de minha mentora espiritual, e quando ela veio ao meu encontro vestida naquele manto que usa sempre no Tribunal Cármico, percebi de imediato que uma notícia seria revelada naquele instante.

Fui informado dois meses atrás sobre a data de um julgamento que estava marcado para uma das águias e, lembrando disso compreendi que aquela visita da minha mentora se relacionava ao caso que foi julgado pelo Grande Conselho Cósmico e Universal.

Compreendi o teor do que foi julgado e do veredito decretado pelo Tribunal do Conselho Cármico, agradeci a minha mentora espiritual e recebi dela o voto de confiança e a bênção para a continuidade da GM, dentro dos diversos acontecimentos que ainda iriam ocorrer, já que tudo havia sido alertado por ela e pela Mãe Maria... e assim tem acontecido.

Estes dias, estava refletindo sobre a mensagem e o chamado que recebi da Mãe Divina e o que ocorreu 3 dias depois que Ela havia mencionado sobre uma notícia. Foi surpreendente!

E então, deixo aqui registrado o Chamado que a Mãe Divina fez em sua visita aqui no NA... e o teor contido nas mensagens contêm metáforas que somente reconheci após a recordação do encontro ocorrido com o Pai, 10 anos atrás.

“Amado filho

É chegada a hora do despertar de milhares
de águias que estão sob o seu comando
Em três dias, receberá notícias de longe
A ti reservei o direito de manifestar a verdade crística

Leve aos seus este chamado
E assuma o teu lugar junto ao Pai
É sua ascensão filho
Não demoras o tempo de partir

E a comunidade se firmará
A oeste do templo o tempo se faz
Navegue nas águas que um dia ultrapassou
E receberá novos comandos

Fátima ressurgirá
Avise aos eleitos
O Pai e a Mãe não mais esperam
Pelo tempo que findou

A vocês temos o chamado
E o manifesto por vocês reclamado
Cumpram vossos destinos
E retornem ao lar sagrado

Dez anos se passaram
E tudo se agravou,
Traga a nós a pira do espaço
Que o tempo não negou

Escute seu coração
Que o tempo é chegado
Memórias refletem escudos
Verdades trazem amor

Cumpra seu chamado
Que tanto o Pai aguardou”

Mãe Divina
Cumpra-se em paz, meus filhos!

Canal: Rênata Zîmmermann
(03/10/2015 – 01:08h)
O Chamado da Mãe Divina - 18/10/2015


Na época a revelação sobre o meu encontro com o Pai Micah foi polêmica e assim tem sido até os dias atuais... Já se passaram 14 anos. A alegria que carrego é a de saber que hoje milhares de pessoas tem o conhecimento sobre a existência do Pai Micah, da Mãe Divina e do Plano Divino.

É um paradigma para as pessoas compreenderem a existência de Deus, do Pai Criador e/ou do Filho Paradisíaco que governa, cria e expande o seu Universo. E fica mais complicado quando revelamos a existência do Pai Primordial, a Fonte Que Tudo É, de Quem o Pai Micah é um Filho.

Foi nesta direção que desenvolvi os trabalhos para a expansão da consciência e quebrar os velhos paradigmas sobre a realidade da nossa existência dentro da Criação e despertar nos corações das pessoas, este imenso Amor que o Pai Micah tem para toda a Humanidade.


MENSAGEM DO PAI MICAH – 11/08/2019

"Hoje o dia acordou bonito como um canto de pássaro, uma melodia harmoniosa que toca o coração e alegra a alma.
O Sol se expandiu em infinitos raios para banhar a sua vida de alegria, força e coragem com toda a sua intensidade.
A natureza se recriou lembrando o seu poder de Co-criar...

Diariamente chegamos a vós pelas ondas universais, a natureza é como o “rádio da criação”.
Todas as vezes que se conecta à terra sente o meu colo, no vento... o meu abraço, o Sol traz o meu carinho e a água, o sustento.
Sempre que olhar para o céu me veja brincar contigo, desenho em nuvens de algodão e as crianças sabem onde me procurar.
Corro com os gatos e pulo com os cachorros, faço festa quando se senta ao meu lado e se permite Ouvir.
Falo contigo por todos os lados, em sinais tão constantes que muitos deixaram de enxergar... Mas você enxerga e está aqui.

Hoje é contigo que quero conversar, você veio e me encontrou... Me encontrou nos olhos dos seus filhos, no beijo carinhoso de sua esposa e no bom dia apertado que ganhou logo de manhã.

Nem todos manifestaram no físico a oportunidade de ser pai, seja o Pai deles hoje e me represente.
Procure deixar o dia deles mais leve, enxergue suas ações com a mesma simplicidade que enxerga o dia quando acorda.
De coração leve, leve compaixão e agradeça.

Agradeça por ter a oportunidade de criar a cada dia, em cada pessoa e com cada ser... o Amor.
Agradeça por Ser Amor em ação e comigo se expanda.

Este é o meu convite.
Se ame e ao próximo como Lhe Amo.
Juntos somos um em expansão Universal, aqui você me representa... Filho, torne este dia tão especial quanto Você.

Eu sou Micah-El ".

Canal: Rênata Zîmmermann 
Mensagem recebida em 11/08/2019 às 12:33h (GMT -3)
Mensagem do Pai Micah - 11/08/2019


Em Luz e Amor,
Paz em Cristo!
Shima.
Namastê.

MESTRA NADA - SEGUE ADIANTE, GUERREIRO!
https://www.ernesto-shimabuko.com/2019/10/mestra-nada-segue-adiante-guerreiro.html

Artigos complementares

COMO A GFH RESGATOU A SOBERANIA DO PAI MICAH NA TERRA
https://www.ernesto-shimabuko.com/2018/05/como-gfh-resgatou-soberania-do-pai.html

ANO VI DA NOVA ERA E A GRANDE MUDANÇA DA HUMANIDADE
https://www.ernesto-shimabuko.com/2018/03/ano-vi-da-nova-era-e-grande-mudanca-da.html

O CAD NO RESGATE DO PLANO DIVINO
https://www.ernesto-shimabuko.com/2018/08/o-cad-no-resgate-do-plano-divino_5.html

O GOVERNO PLANETÁRIO DA TERRA E O SEU PROPÓSITO DIVINO
https://www.ernesto-shimabuko.com/2018/08/governo-planetario-da-terra-e-o-seu.html

MINHAS REFLEXÕES - A GRANDE MISSÃO CUMPRIDA!
https://www.ernesto-shimabuko.com/2019/05/minhas-reflexoes-grande-missao-cumprida.html


PLANO DIVINO MICAHÉLICO - A VITÓRIA E ASCENSÃO DO PAI MICAH NA CRIAÇÃO - 02/03/2020
https://www.ernesto-shimabuko.com/2015/10/guerreiros-da-luz-o-chamado-do-pai.html


Toyohashi-shi/Aichi-ken - Cidade onde residi de 1990 a 2006 e onde realizei a peregrinação espiritual no Japão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE...

PODCAST

Artigos por Temas

12 Atos (4) 12.12.12 (1) 2012 (4) Águias (11) Aliança Cruzeiro do Sul (2) Amaterasu (1) Annunakis (1) Anti-Crísticos (4) Apocalipse (2) Arcanjo Miguel (5) Ashtar Sheran (16) Athena (1) Atlântida (1) Autoconhecimento (2) Blog (5) Bolhas de Luz (1) Bolsonaro (2) Bombojira (1) Brasil (5) Brava Gente News (1) CAD (16) canalizações (88) Censura (2) Chamado (7) China (2) Chonan (3) Clã (2) Comando Ashtar (15) Comunismo (32) Conclave (4) Conspiração Alien (4) Cristo (4) Cristo Maitreya (8) Curso (1) Data Limite (19) Decreto (2) Despertar (8) Djwhal Khul (1) Draconianos (3) Dragões (4) Dragões Dourados (3) Dúvidas dos Leitores (4) eclipse (1) El Morya (3) explosões solares (2) Expurgo (2) Exu (2) Exu Caveira (1) Facebook (2) Gaia (4) GFH (7) GM (2) Goiás (1) Governo Oculto (9) GPT (12) Grande Fraternidade Branca (4) Guardiães da Luz (2) Guerreiros da Luz (15) Instituto Portia (2) Japão (2) Jornalismo (1) Kwan Yin (7) Lady Portia (3) Lei do Retorno (1) Lord Maitreya (12) Lúcifer (1) Mãe Divina (5) Mãe Maria (14) Maria Madalena (5) Mediunidade (4) Mestra Nada (23) Mestre Jesus (1) Minhas reflexões (7) Monarquia (2) Não-Confederados (1) Nebadon (1) Nibi (1) Nibiru (1) Operação Brasil (20) Operação Resgate (22) Orbs (1) Pai João de Angola (1) Pai João de Aruanda (2) Pai Micah (22) Pai Quirino (1) Pandemias/Epidemias (5) Pedras no Caminho (1) Plano Divino (45) Plêiades (2) Portais de Luz (21) Portugal (1) Povo de Aruanda (8) Príncipe Planetário (2) Projeção da Consciência (4) Projeciologia (2) Projeto Comunista (4) Publicações (1) Rebelião Luciferiana (1) Remote View (2) Rússia (1) Saint Germain (9) Sananda Kumara (7) Sara Kali (3) Servidores da Luz (1) Shakti Revista (1) Shima (141) Shima&Ree (3) Socialismo (5) Teia Crística (1) Toyohashi (1) Toyokawa (1) Trabalhadores da Luz (4) Transição Planetária (58) Tribunal do Conselho Cármico (22) Umbanda (1) Umbral (2) Universo (2) Venezuela (15) Vidas passadas (2) Visão Remota (4) Xopatz (1)

Post Bottom Ad

LightBlog

Páginas