CONSPIRAÇÃO ALIEN 10 – GUERRA ESPIRITUAL CONTRA O OCIDENTE - 21/03/2019 - Caminhando com o Mestre

CURSO

LightBlog

NEWS

Home Top Ad

LightBlog

Post Top Ad

quinta-feira, 21 de março de 2019

CONSPIRAÇÃO ALIEN 10 – GUERRA ESPIRITUAL CONTRA O OCIDENTE - 21/03/2019



Os quatro Cavaleiros do Apocalipse, por Viktor Vasnetsov (1887).


Atualizado em 23/03/2019 às 13:22h (GMT -3) com a revelação sobre os Cavaleiros do Apocalipse no final do artigo.
Atualizado em 23/03/2019 às 14:27h (GMT -3) com informações sobre as Monarquias Divinas na Terra no final do artigo.


Saudações da Luz,

O CAD prossegue atuando no Plano Espiritual em todos os Reinos Umbralinos e nas Esferas Dimensionais onde a Vida se manifesta não apenas na 3D, mas além da 12D onde a Sociedade Cósmica e Universal é uma Realidade visível e tangível. A Guerra Espiritual no orbe terrestre continua em virtude de se ter remanescentes das raças alienígenas negativas encarnados na superfície do nosso planeta.

A simples compreensão dos fatos promove o entendimento sobre a dimensão do que ocorre aqui no planeta Terra, em relação à Vida e sua Civilização, não é uma realidade que se restringe apenas ao contexto que se desenrola sobre a superfície terrestre. É algo muito além que ultrapassa a crença materialista e esbarra na negação sobre a existência da vida também no plano espiritual.

Quando se trata de assuntos extraterrestres e sobre as atividades de um governo sinistro em nosso planeta costumam rotular as informações de “Conspiração”, esta forma trata-se simplesmente de um mecanismo umbralino utilizado de forma a inibir e para encobrir a verdade. Por este motivo, decidi revelar sobre a existência da Conspiração Alien, com o objetivo de alertar Humanidade de que algo vem sendo implantado nas consciências humanas de forma negativa.

As Operações de Resgate realizadas pelo Comando Águia Dourada (CAD) em todos os níveis de consciência e em todos os locais onde as missões são executadas desvendam dia a dia, os novos planos sinistros de dominação da raça humana e até da destruição da civilização cristã no planeta. Não há como ficar alheio a esses ataques contínuos contra a Humanidade.

O que vem ocorrendo nos últimos séculos é um conflito armado com intenção clara de destruir a civilização humana, especificamente os povos judaicos cristãos, os budistas e o que resta ainda do hinduísmo. Por isso, a Humanidade não tem alcançado a Paz em nosso planeta. Criou-se então uma Guerra Espiritual que é denominada de “guerra santa” e essa insanidade já desencadeou o genocídio de centenas de milhões de vidas humanas.

Neste caso, são duas forças alienígenas que influem profundamente nas consciências humanas e as tornam predadoras da mesma forma como são os seus mentores Draconianos e da Ordem dos Dragões Negros. Outras três doutrinas vem sendo implantadas na consciência humana como uma egrégora ideológica/religiosa e elas não estão de acordo com o Plano Micahélico. Estas três correntes atuam no mundo de forma agressiva e destruidora.

São sociedades “secretas” com fins, propósitos e intenções definidas que ultrapassam o plano terreno e abarca as fronteiras cósmicas e universais. Quem possui discernimento é capaz de identificar os rituais de ligação e conexão com o plano espiritual. Mas se nestas cerimônias ocorrerem invocações e uso de rituais magísticos com objetivo de destruição ou danos a qualquer entidade humana na Terra, fica comprovada a intenção maligna.

O sistema doutrinário/religioso implantado pelos Impérios Intergalácticos Não Confederados foi idealizado há éons para manter o controle dos povos nativos em cada orbe conquistado que passava a ser considerada uma nova colônia. O método aplicado para conter revoltas e levantes destes nativos é impor a doutrinação através de uma crença e ideologia. O sistema comunista como já foi revelado é o modelo padrão destas raças predadoras e é o que sustenta a própria existência destas sociedades. Caracteriza-se pela forma ditatorial e guerras como intuito de aumentar suas conquistas e promover esta expansão pelos universos.

O regime socialista é um mecanismo de doutrinação através do qual se aplica um processo de destruição de qualquer crença nativa, na sequência cria-se o espírito de separatividade, gerando conflitos intermináveis até que o sentimento de nacionalismo seja completamente varrido das mentes e corações, transformando o sentido de liberdade em escravidão e submissão. Como nos Universos Crísticos do Pai Micah, o conceito de Família é a célula máter da nossa civilização cósmica e universal, este se torna o primeiro alvo de ataque devastador por parte das forças trevosas.

Em toda a Criação a estrutura criacional se sustenta na Tríade Espiritual conhecida como a Santíssima Trindade (Pai-Filho-Espírito) muito conhecida na Terra como Mente-Espírito-Corpo nas dimensões inferiores. Na metafísica o significado mais próximo é Cor-Som-Ritmo simbolizado na Luz-Verbo-Vibração. Nestes três aspectos está o mistério da própria Criação. É por essa razão que o 3 forma o 1.

No modelo da sociedade terrestre há três fundamentos que governam os povos e nações baseados na estrutura dos três poderes (Executivo-Legislativo-Judiciário) que também é uma realidade na Sociedade Cósmica e Universal, onde há os Governos (Centrais-Galácticos-Planetários), os Conselhos Criacionais que atuam em 3 Esferas Legislativas e os Conselhos Siderais (Universais-Cósmicos-Planetários) que atuam como Sistemas Judiciários.

Da mesma forma co-existe no plano terreno três forças alienígenas negativas que atuam contras as forças crísticas em nosso planeta, cabendo a cada uma o poder de atuar num processo de conquista e dominação da raça humana. O conhecimento místico sobre a existência do “Dragão” (Mente), “Besta” (Espírito) e “Serpente” (Corpo) poderá revelar outro mistério que identifica os três blocos anticrísticos no orbe terrestre.

A Mente maligna que conduz os destinos da humanidade há centenas de milhares de anos desde a queda do primeiro GPT, é conhecida como Governo Oculto com suas várias vertentes, grupos e elites. Este primeiro bloco possui em suas próprias linhagens extraterrestres, o poder de comando através do domínio econômico-financeiro e o conhecimento da Ciência Sagrada.

O segundo bloco possui um modelo doutrinário criado em outro Universo que é a matriz do modelo social, devido à formação de suas raças geradas a partir da condição ovípara e reptiliana que deram origem a outras raças com aspectos de predadores cósmicos. Nascem em ninhos formando comunidades que se relacionam com suas próprias gerações e seguem apenas as suas lideranças dentro de uma hierarquia rígida. Negam a ancestralidade espiritual e acreditam apenas no poder da Mente. O “poder pelo poder” é a crença natural destas raças e a base de suas leis. Em nossa cultura terrestre se disseminou como Comunismo.

Já o terceiro bloco funciona em sua atuação terrestre como se fossem os Justiceiros, criando leis conforme seus interesses, aplicando-as para garantir suas necessidades. Cada bloco atua independente dos outros dois, mas estão alinhados por um mesmo objetivo, destruir o Plano Micahélico e nesta guerra, fica evidente o alvo dos ataques destas três forças malignas, que é a civilização Ocidental.

O fato de o Ocidente ancorar a atual civilização humana na Terra vem do período anterior ao primeiro GPT – Governo Planetário Terrestre e posteriormente à catástrofe que destruiu a civilização lemuriana em nosso planeta. O Ocidente tem suas origens no continente da Atlântida que submergiu no Oceano Atlântico após uma catástrofe nuclear durante as batalhas ocorrida há milhares de anos nesta guerra cósmica. A Humanidade atual teve a sua primeira civilização formada durante o período atlante.

Os ancestrais dos povos da Europa, parte da África Setentrional, Américas e Oriente Médio foram os sobreviventes da Civilização da Atlântida. Durante este período catastrófico, o que restava das terras do continente da Lemúria no Pacífico também sucumbiu no fundo do Oceano. A atual configuração geológica da Terra é o resultado deste trágico desfecho nuclear que abalou a crosta terrestre e afundou o que restava destes dois continentes.

As grandes navegações no século XV tinham o propósito de resgatar a Unidade da família humana da Terra espalhada nas Américas e uni-las novamente com a Europa, Ásia, Oriente Médio e a África. Na Oceania, havia o propósito de resgatar os remanescentes dos povos da Lemúria.

O Propósito Divino na formação da nova civilização na Terra conhecida como raça Ária desenvolveu suas sementes na Ásia onde é a Mongólia e o norte da China e se espalharam para a Índia, Oriente Médio, Europa, formando as primeiras tribos humanas desta nova civilização, que são identificadas através das suas sub-raças. Foram no Deserto de Gobi, que se desenvolveram os projetos das primeiras famílias humanas da Quarta e Quinta Raças Raízes.

O início da jornada para a formação da civilização atlante ocorreu após a queda do primeiro GPT, e a região onde se instalou a primeira tribo em sua migração para o Ocidente foi a partir do local onde hoje é conhecido como a Cidade Santa de Jerusalém que foi na época da Rebelião Luciferiana na Terra, o bíblico “Jardim do Éden”, de onde partiram os nativos da família ancestral humana e seus descendentes.

Ao longo de milhares de anos as duas vertentes da linhagem humana (ancestral e descendente) migrou uma para o norte onde hoje é a Europa e outra para o oeste na direção da Península Ibérica de onde foram para o continente atlante existente na época. Na civilização atlante até a submersão final, tinha sido criado seis das suas sete sub-raças. A semente da sétima sub-raça foi desenvolvida na cidade sagrada de Shambala no Deserto de Gobi, permanecendo na região devido à impossibilidade de prosseguir sua jornada no Continente Mãe.

Esta é a razão da existência desta Guerra Espiritual contra a civilização Ocidental, porque é onde estão as raízes, culturas e tradições da Família Humana da Terra e a sustentação da Força Crística no planeta. Para que a Treva consiga tentar manter o seu domínio na superfície do orbe terrestre como tem feito ao longo destes milênios é preciso que ela consiga destruir todos os alicerces do Plano Micahélico e para isso, precisa vencer os povos e nações do Ocidente onde a Fé, a Ordem e o Amor Crístico são as bases desta civilização.

As ações destes três blocos anticrísticos são sustentadas e difundidas através da energia do Medo, atuando através de atentados, ameaças, terrorismo, assassinatos e execuções daqueles que consideram seus inimigos mortais. Não existe qualquer diferença entre estes blocos e suas intenções, pois contrariam em todos os aspectos as atitudes morais, éticas e tradicionais da família cristã, humana e divina. Os movimentos revolucionários se iniciam a partir destes três blocos.

O primeiro bloco sempre planeja e orquestra o Plano Sinistro. O segundo bloco cria as Leis de dominação e a Doutrina de ocupação. O terceiro bloco Julga e Aniquila o que para eles é o Mal para o Sistema.

O alvo de extinção é sempre o mesmo e torna-se o único réu nesta interminável guerra de conquista e poder.

A simples noção de que a Terra é um orbe crístico e a raça humana é uma entidade crística já caracteriza a diferença entre o que é bom e o que é ruim em nosso planeta. A Lei do Amor impera pelo Bem, pelo Belo (Criação) e pela Verdade enquanto a Lei do Medo atua através do Mal, da Destruição e da Mentira. Essa é a realidade.


OS CAVALEIROS DO APOCALIPSE


“Para aqueles que tem olhos para ver e ouvidos para ouvir
Aqui jaz outra revelação sobre os Quatro Cavaleiros do Apocalipse:
O Primeiro semeou seu poder
O Segundo mostrou sua força
O Terceiro proclama sua justiça
E o Quarto faz sua colheita.”

O que fica evidente sobre os Quatro Cavaleiros do Apocalipse nos tempos atuais é que o Cavalo Branco simboliza o Governo Oculto, o Cavalo Vermelho o Movimento Comunista, o Cavalo Preto o Califado Islâmico e o Cavalo Amarelo representa o “Zumbi Humano”. É importante recordar que a bandeira da rebelião luciferiana foi um círculo vermelho e um ponto preto no centro sobre o fundo branco.


O Cavaleiro Branco (O Dragão)

O cavaleiro branco é a simbologia de todas as sociedades secretas com suas famílias e ramificações, clãs e linhagens. Seus mentores e líderes tem o propósito de manter o Poder e o Controle do Sistema a nível global. A Nova Ordem Mundial é o plano sinistro. Tem suas representações em nações estratégicas dentro da geopolítica mundial. O branco simboliza o oculto na bandeira que sustenta o grande círculo vermelho e o ponto preto. No ocultismo, o Dragão simboliza a Cabeça.


O Cavaleiro Vermelho (A Besta)

O cavaleiro vermelho é inspirado na Rebelião Luciferiana, por isso todos os movimentos revolucionários são caracterizados e marcados com a cor vermelha da revolta e do ódio. As bases dos levantes e tomadas de poder por parte dos movimentos comunistas refletem ainda os efeitos e o conteúdo do Manifesto Luciferiano que iniciou as Guerras Cósmicas. A existência das forças alienígenas negativas não confederadas (anticrísticas) se originam desta rebelião. A Besta simboliza o Coração.


O Cavaleiro Preto (A Serpente)

O cavaleiro preto como o ponto negro no interior do círculo vermelho da bandeira luciferiana foi a Lei criada e aplicada pelos líderes rebeldes. A execução sumária de todas as entidades contrárias à revolução é a função dos cavaleiros pretos, por isso suas vestimentas são negras como as trevas. Aniquilar as forças crísticas é o manual de destruição contido nos seus códigos de conduta. A Serpente simboliza as Mãos.


O Cavaleiro Amarelo (O Anticristo)

A cor amarela representa a visão da morte e na representação terrena é muito semelhante com a imagem do morto-vivo conhecido como “zumbi”, formado por consciências capturadas com a ocupação dos corpos por alienígenas.

As espécies não humanas (humanos híbridos) e as criaturas "zumbis" (não-humanas) são entidades anticrísticas. A expressão de um morto no tom esverdeado é a razão da confusão sobre o cavalo amarelo que representa a morte.

Portanto, a visão do quarto Cavaleiro é simbolizada na figura do Anjo da Morte, que tem a função da Colheita no Juízo Final e o "Joio" é considerado todas as Forças Anticrísticas na Terra. Todas as consciências contrárias ao Plano Micahélico são anticrísticas e neste Final dos Tempos vão se alinhar com àquele que é chamado de o Anticristo. A cor amarela significa na verdade o "Fogo da Purificação" e é a missão do Anticristo retirar do orbe terrestre tudo que é anticrístico. O Anticristo simboliza o Ceifador.

O Apocalipse é o Expurgo Planetário. Nada mais que isso.

A Guerra Espiritual que ocorre entre o Bem e o Mal é que precisa ser revelado para a Humanidade e o plano sinistro oculto somente pode ser desvelado através do despertar da consciência planetária. Na sua inocência natural, a entidade humana e cristã não consegue perceber o nível das ações malignas que são inseridas na sociedade de forma tão perversa.

O Ocidente

O Ocidente representa nesta civilização atual da Humanidade o berço da Nova Era e o resgate da Família Cristã em nosso planeta. Assim como o Mal tem imperado por um longo período, o Bem é sustentado por uma Elite conhecida como Forças Crísticas que atuam também em todas as esferas e áreas de atividades humanas para conter e evitar a destruição e ocupação do planeta por forças das trevas. A cor azul é o símbolo da bandeira crística no plano físico e significa o Poder de Deus na Terra.

A palavra chave da Força Crística é: Fraternidade Humana.

Por essas ações é que a Mãe Maria deixou um ponto profundo para a nossa reflexão no qual temos a oportunidade de escolher entre dois caminhos: o do amor ou o do aprendizado.

Em Luz e Amor,
Paz em Cristo!
Shima.
Namastê.

LIVRO DO APOCALIPSE - E, havendo o Cordeiro aberto um dos selos, olhei, e ouvi um dos quatro animais, que dizia como em voz de trovão: Vem, e vê.
E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso, e para vencer.
E, havendo aberto o segundo selo, ouvi o segundo animal, dizendo: Vem, e vê.
E saiu outro cavalo, vermelho; e ao que estava assentado sobre ele foi dado que tirasse a paz da terra, e que se matassem uns aos outros; e foi-lhe dada uma grande espada.
E, havendo aberto o terceiro selo, ouvi dizer o terceiro animal: Vem, e vê. E olhei, e eis um cavalo preto e o que sobre ele estava assentado tinha uma balança em sua mão.
E ouvi uma voz no meio dos quatro animais, que dizia: Uma medida de trigo por um dinheiro, e três medidas de cevada por um dinheiro; e não danifiques o azeite e o vinho.
E, havendo aberto o quarto selo, ouvi a voz do quarto animal, que dizia: Vem, e vê.
E olhei, e eis um cavalo amarelo, e o que estava assentado sobre ele tinha por nome Morte; e o inferno o seguia; e foi-lhes dado poder para matar a quarta parte da terra, com espada, e com fome, e com peste, e com as feras da terra.

(Apocalipse 6:1-8)


MONARQUIAS DIVINAS NA TERRA

(*) Num próximo artigo trarei novas revelações sobre a verdade oculta por trás das Monarquias Divinas instaladas ao longo da história da Humanidade no orbe terrestre e por que e como foram destruídas pelas Trevas no período Atlante e na atual Civilização.

Estas Monarquias Divinas possuem uma conexão direta com o Governo Central do Pai Micah e essa é a forma de governos dentro da Sociedade Cósmica e Universal, cuja essência primordial é o Amor Crístico.

As linhagens destas famílias monárquicas na Terra seguem a Lei da Reencarnação e a Codificação que forma seus Clãs. Esta linhagem divina é interrompida a partir da renúncia do Cabeça do Clã e seus descendentes perdem a condição espiritual mantendo apenas a descendência da Árvore Genealógica no plano físico.

Em futuras encarnações, dentro do Propósito Divino, os Cabeças de um Clã retornam ao plano físico e formam outra linhagem crística e se inserem num determinado povo de uma nação do qual foram seus fundadores nos primórdios de sua criação na missão de formar um novo Império da Luz.

A Democracia nos Universos Crísticos é o Sistema que rege e integra todas as raças planetárias e une todas as Galáxias em sua expansão pelos Universos Locais onde a Vida co-existe em todas as Esferas Criacionais.

Esta Democracia que funciona através de Conselhos, Assembleias e Conclaves reúne seus membros para debater, legislar e julgar todos os atos e ações dentro da Criação e cabe aos Governos Centrais, Universais, Galácticos e Planetários a administração e o bem estar dos povos, raças e a integração de todos dentro do Plano Maior estabelecido pela Fonte Que Tudo É.

No orbe terrestre hoje, foi implantado o Governo Planetário da Terra pelo Pai Micah, com o propósito de estabelecer novamente as relações cósmicas e universais da nossa Humanidade com o Governo Central deste Universo Local, governado por Sananda Kumara. O Príncipe e a Princesa Planetários da Terra foram no passado os fundadores de diversas nações, povos e civilizações que surgiram durante a jornada humana atual.

(**) A Rainha D. Maria II de Portugal encontra-se atualmente encarnada em Portugal e faz a sustentação desta Nação no Plano Interno para o cumprimento do seu Plano Divino junto ao GPT.

O Reino de Portugal e o Império do Brasil foram Dinastias Divinas na Terra.

No Império Russo, a Família Romanov representou uma Dinastia Divina que tinha uma missão dentro do Plano Micahélico.


Saiba mais:

CONSPIRAÇÃO ALIEN 09 - BRASIL, EUA E ISRAEL - 30/01/2019

CONSPIRAÇÃO ALIEN 08 - A CAPTURA DA CONSCIÊNCIA - 12/12/2018

CAD - RELATÓRIO DAS ÚLTIMAS OPERAÇÕES - 14/03/2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

LightBlog

Páginas