MINHAS REFLEXÕES - ANO VIII DA NOVA ERA - FIM DOS TEMPOS? - 06/02/2020 - Caminhando com o Mestre

CONHEÇA NOSSOS LIVROS - CLIQUE PARA VER A PRÉVIA DO LIVRO

NEWS

Home Top Ad

LightBlog

Post Top Ad

LightBlog

Ouça o Artigo, Aperte o Play

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

MINHAS REFLEXÕES - ANO VIII DA NOVA ERA - FIM DOS TEMPOS? - 06/02/2020


Saudações da Luz,

Como já é uma tradição no Blog Caminhando com o Mestre, todo início de ano publico minhas reflexões sobre cada ano da Nova Era onde procuro relatar meus pensamentos, opiniões e comentários sobre as atuações da GM, da GFH e das operações do CAD. É preciso fazer uma análise do ano que findou e buscar respostas e soluções para os novos assuntos que surgem ou que ainda não foram concluídos.

O ano de 2019 foi "sui generis" em relação aos anos anteriores, principalmente porque a Grande Missão como foi planejada para o período de 2012-2019 foi concluída com pleno êxito, algo também inédito pelo fato de que esta Grande Missão vinha sendo tentada há centenas de milhares de anos, e mais precisamente nos últimos três mil anos pelo Pai Micah.

O desfecho trágico que fez abortar a Grande Missão há dois mil anos na Palestina mudou radicalmente o planejamento para a fase seguinte que ocorreria nesta Era de Aquário, a nossa época atual. Para a jornada anterior em Jerusalém foram feitas várias tentativas de implantar o Plano Divino Micahélico, e o Mestre Jesus renasceria no Egito, por isso José e Maria se dirigiram para aquela região onde seria implantado o Reino da Luz na Civilização Egípcia. Durante mil anos que antecederam aquele evento, muitos avatares, profetas e missionários reencarnaram para preparar a descida do Cristo Maitreya e do Pai Micah.

O fato daquela civilização estar totalmente contaminada com energias anticrísticas fez com que José e Maria retornassem para Nazaré para a segurança do menino Jesus e do Plano Divino.

O Mestre Jesus, uma personalidade de Sananda Kumara foi o escolhido para reencarnar e ancorar na Terra o Cristo Maitreya e o Pai Micah e neste processo, a descida em um veículo carnal precisava ser realizado de acordo com o processo evolutivo da Humanidade, do início ao fim, ou seja, nascer como uma criança no ventre e seguir os procedimentos dentro das condições humanas da época, vivendo como uma entidade humana, mesmo sendo Eles Quem São. E o Pai Micah foi o único dos Filhos Paradisíacos, como Pai Criador a descer  abaixo da 12D em um Universo Manifestado.

Como já relatei em outros artigos, para o Pai Micah descer à terceira dimensão física é preciso a "vestimenta" sutil dos planos inferiores que é cedida pelo Lord Maitreya na condição de Cristo Cósmico que representa o Filho dentro da Hierarquia Universal, por onde o Pai Micah inicia o mergulho nos mundos inferiores da Criação. Para a manifestação no plano físico é preciso que um Avatar (Mestre Jesus) reencarne e venha a servir de veículo de manifestação para o Pai Micah. Portanto, o Filho (Cristo Maitreya) sustenta o Pai em razão da necessidade de densificar Sua Poderosa Energia e ser um transformador para qualificar e estabilizar a frequência vibracional durante a manifestação do Pai Micah.

No Evento atual da manifestação do Pai Micah, o Lord Maitreya fez sua ancoragem no Príncipe Planetário da Terra que assumiu essa Missão Sagrada de ser o veículo carnal da manifestação do Pai Micah no orbe terrestre. Por isso, as etapas da Grande Missão incluíam a fundação da GFH para viabilizar a implantação da Regência Planetária e posteriormente a instalação e o resgate do Governo Planetário da Terra para a Soberania do Pai Micah. Com o reconhecimento da Sociedade Cósmica e Universal do GPT foi possível reiniciar a nova Etapa da Grande Missão que é unir o Céu na Terra com a Presença do Pai Micah e da Mãe Divina no orbe mais distante e mais densificado da Criação onde a Vida está manifestada.

A numerologia "8" simboliza a Unidade ou a Conexão ou o Retorno ao Lar. O Ano VIII da Nova Era é a nossa Conexão entre o mundo material e o mundo espiritual. As sete etapas anteriores foram concluídas com êxito porque foram realizados os sete processos de Iniciações Solares que totalizaram 14 mil anos. Aqui um processo individual é diferente do contexto da Humanidade que representa a entidade da Raça Humana em sua jornada cósmica e universal. A Personalidade representa a alma espiritual do indivíduo em sua manifestação, mas a Humanidade simboliza a experiência criada pelo Pai Micah dentro da Sua Criação. Por essa razão, o Ano VIII da Nova Era tem extrema importância dentro do Plano Divino Micahélico, pois algumas entidades humanas na condição de pessoas encarnadas no orbe terrestre, ultrapassaram as 7 Iniciações Solares em uma encarnação física.

O grau máximo já alcançado pelos Mestres Ascensionados em vidas passadas foi a da 5ª Iniciação em uma vida apenas, sendo as restantes concluídas nos planos superiores da manifestação etérica. Essa exceção ocorrida foi devido à Presença no plano físico do Cristo Maitreya que é o Iniciador Único, pois somente Ele pode realizar os Rituais das Iniciações Superiores, por isso Ele é conhecido dentro da Criação como o Mestre dos Mestres. Foi o Cristo Maitreya que fez as Iniciações do Mestre Jesus. O que ocorreu agora é que foi possível elevar as possibilidades da Humanidade para outro patamar a partir do êxito da Oitava Iniciação alcançada pelo Príncipe Planetário e Princesa Planetária da Terra em suas encarnações atuais. Então, esse é o magnífico Portal da Ascensão Humana  da Terra aberto pelo Cristo Maitreya.


A REAÇÃO DA TREVA DIANTE DA MANIFESTAÇÃO CRÍSTICA

Assim como o Conhecimento Sagrado e o Plano Divino Micahélico é de conhecimento geral tanto na Terra como na Sociedade Cósmica e Universal, da mesma forma as forças das Trevas que combatem a Luz Crística acessam este conhecimento e estão cientes do que vem ocorrendo no orbe terrestre. E da mesma forma como atacaram a Missão Crística na Palestina, atuam com a mesma intensidade para destruir a Grande Missão atual, usando de todos os mecanismos e influências negativas que tem sido utilizados em todas as épocas.

Até as mesmas personalidades que estiveram encarnadas naquela época da jornada do Mestre Jesus reencarnaram nesta época atual, cada um com suas missões individuais crísticas e outras com suas intenções negativas de destruir o Plano Divino do Pai Micah. E é aqui neste ponto do conflito que encontramos os maiores desafios da Grande Missão, porque é na Terra onde o Pai Micah já se manifestou uma vez na carne, que ocorre novamente as mesmas distorções e desvios de condutas humanas das pessoas que vieram para um propósito divino nesta encarnação terrena.

Quem não conhece a história onde o Mestre Jesus foi aclamado em Jerusalém para celebrar a Páscoa e três dias depois acabou sendo crucificado?

Quem era a multidão que condenou Jesus à morte na cruz?

O medo calou os seguidores e discípulos do Mestre Jesus que em sua maioria eram mulheres, por isso o pânico generalizou-se diante das ameaças brutais e cruéis perpetradas pela horda humana aglomerada no momento do julgamento popular.

Aqui neste ponto é preciso compreender a diferença entre a Criação Humana do Pai Micah e as criaturas oriundas de outras esferas trevosas e especificamente aquelas que atuam contra a Luz Crística. Como foi dito em um artigo publicado no ano passado, o Anhotak (Filho Paradisíaco) extinguiu toda a Criação abaixo da 6D e, portanto, todas as raças, espécies e criaturas deixaram de existir nestas dimensões em seu Universo. Muitas entidades que invadiram o Universo do Pai Micah ao retornarem para o Universo de Anhotak encontram apenas o Nada, o Vazio Total e suas energias foram imediatamente extintas. O mesmo ocorre com as entidades humanas do nosso Universo que se tornaram anticrísticas ou extremamente negativas e se alinharam àquelas raças, seguem o mesmo destino, já que automaticamente vão para vibrações semelhantes do Universo de Anhotak.

Nos últimos três anos (2017/2018/2019) ocorreram diversas manifestações e invocações realizadas por muitos núcleos de trabalhadores da luz que desconhecem a realidade nos bastidores ocultos das forças anticrísticas, principalmente oriundos dos pleiadianos negativos que são os responsáveis diretos pela queda dos Trabalhadores da Luz que mencionei num artigo sobre este tema. Ao fazerem essas invocações, criam um contrato cármico por livre arbítrio e se alinham às forças anticrísticas que promovem as capturas de consciências e a ocupação dos corpos destes trabalhadores da luz, o que tem acontecido numa velocidade imensa e numa dimensão surpreendente.

Então a escolha pela margem esquerda do Grande Rio é feita com essas invocações não autorizadas pelo GPT que nada pode fazer para inibir essas ações a não ser alertar e mostrar a prática do discernimento. Os pleiadianos negativos e os Xopatz criaram diversos clones da Hierarquia Espiritual, incluindo dos membros do Tribunal do Conselho Cármico, do Comando Ashtar e do próprio Comandante Ashtar Sheran, além do Arcanjo Miguel que é o mais comum de ser encontrado no Umbral. As pessoas em sua inocência não percebem a ilusão e se enveredam no caminho da sombra levados por outras lideranças plenamente comprometidas com as Trevas.

Este mal é facilmente identificado, mas as escolhas são feitas através do ego inferior e não pela consciência crística.

Um dos maiores exemplos visíveis na nossa sociedade aqui no Brasil é a existência destas duas margens, a crística e a anticrística, uma que sustenta a tradição e a cultura cristã e a outra o mal que se alastrou pelo munto através do comunismo. Dentro da GM durante toda as atividades foi notável os conflitos gerados por este mal que hoje infesta o Governo do Presidente Jair Bolsonaro. As ondas negativas são semelhantes e é por isso que venho divulgando os temas políticos nacionais e internacionais em razão deste mal que se infiltrou na GM no passado e nos núcleos dos trabalhadores da Luz é o mesmo que atinge a política, a economia, a educação e a área social de todas as nações.

Na série sobre a Conspiração Alien revelei que a Revolução Bolchevique criou o maior mecanismo de dominação dos povos de várias nações do planeta. O povo russo e o povo chinês, foram os mais afetados por essa doutrinação e revolução comunista. Ocorre porém como disse anteriormente, que a guerra de poder entre os partidos comunistas envolve até o genocídio em massa da população de um país, conforme seus interesses, e a briga entre os comunistas chegam às entranhas com atos de traições, mentiras e difamações.

O caso da China hoje, com a onda de contaminação através de vírus, não é uma ocorrência da natureza e sim, que se usam artefatos de destruição de massa, como armas químicas, biológicas e nucleares para destruir toda uma nação em razão da sua influência global no nível econômico, militar e político. Este vírus (coronavírus) foi criado em laboratório assim como muitos outros e o mais letal tem sido o ebola. A própria tradição crística da raça humana condena o uso destas armas que causam o genocídio.

Portanto, as ações neste nível são realizadas por entidades das forças anticrísticas, ou como é dito, pelo mal da Humanidade, com intenções ocultas e sinistras.

O Estado Chinês é conduzido por lideranças que ainda tentam sair do comunismo, mas não é possível desfazer de todo o mal que foi implantado na década de 50 e somente no final dos anos 70 é que a China optou por outro caminho mais tradicional e busca em seus esforços internos, resgatar a sua ancestralidade que é alicerçada no Taoismo. A Deusa da Misericórdia venerada pelo povo chinês é a Mestra Kwan Yin, Chama Gêmea do Lord Maitreya. Na mesma intensidade em que Mãe Maria é o ícone sagrado do Ocidente, Kwan Yin o é em todo o Oriente.

Mas como foi revelado no ano passado, começou o Expurgo do Mal não apenas no Brasil mas em todo o planeta e o Comunismo será varrido do orbe terrestre já que a Terra é um planeta crístico e a Humanidade também. Em qualquer nação cristã, a maioria de sua população é crística, mas são reféns de sua inocência diante do mal que inflige o medo e o temor contra qualquer oposição às forças anticrísticas. O indivíduo crístico foi criado para o bem, de conduta pacífica e extremamente amorosa, por isso, não acredita que o mal é capaz de causar sua própria destruição.

Muito há que ser revelado sobre o Estado Chinês, mas no momento não é possível em função da guerra de poder que ocorre a nível global entre comunistas e socialistas, e isso envolve até o caso em Hong Kong com interferências estrangeiras que ocultam suas verdadeiras intenções.

A China é uma potência mundial hoje não pelo comunismo, mas pela sua opção de seguir o caminho tradicional da sua cultura ancestral que é crística em sua essência. Basta olhar onde a China está agora e identificar a questão geopolítica global e os interesses ocultos por trás dos bastidores que movem o xadrez planetário. Aqui a intenção é parar a China e essa ação não vem do Governo do Presidente Trump com toda a certeza, mas é oriunda do Mal que contamina toda a Humanidade.


A INGLATERRA E OS EUA - O RESGATE DOS LAÇOS SAGRADOS DA MISSÃO CRÍSTICA

As polêmicas sobre a saída da Inglaterra da União Européia e do caso do Impeachment do Presidente Trump cessarão em breve, porque os dois eventos em si relacionam-se às ações do antigo Governo Oculto e a implantação da Nova Ordem Mundial que deixou de existir, sendo portanto reflexos do passado recente. A Inglaterra optou por ser uma nação soberana e independente e por ser uma Monarquia estável no planeta ainda está vivenciando um processo de transição da era draconiana para o resgate da sua missão crística no nível planetário.

As novas gerações da Família Real Britânica irão conduzir essas mudanças em futuro breve, por isso é preciso muita tolerância e paciência diante desta mudança profunda que vai ocorrer na nação inglesa que será muito promissora para toda a Humanidade. Já no lado americano, os EUA estão vivenciando o mesmo drama do Brasil, onde a esquerda tenta de todas as formas criar o caos no Governo, para inviabilizar o resgate da soberania e também da independência desta nação que foi fundada na tradição e cultura cristã. O destino sagrado da Nação Norte Americana é dar uma direção à Humanidade no nível da criação e prosperidade da raça humana na Terra.

O fator interessante entre os EUA e o Brasil é que as duas nações foram fundadas pela Inglaterra e por Portugal respectivamente, os dois Impérios da época.

O Mestre Saint Germain inspirou e vem conduzindo a nação norte americana para o cumprimento da sua Missão Crística desde a sua jornada na personalidade de Cristóvão Colombo. Da mesma forma o Mestre Jesus direcionou sua atenção para as terras brasileiras. O Mestre Saint Germain foi o pai de Mestre Jesus, quando encarnou como José. As controvérsias que tem surgido no passado sobre a origem e a ancestralidade do Mestre Saint Germain são bastante polêmicas pelo fato das pessoas em determinadas épocas, conforme sua cultura e conhecimento, desconhecerem a capacidade deste Mestre Ascenso, único em sua maestria, vivendo inclusive numa mesma encarnação por mais de 700 anos, por isso sua história de vidas passadas geram tantas confusões.

Este Mestre Ascenso foi também o Mago Merlim na época da jornada do Rei Arthur (Mestre El Morya) e posteriormente encarnou como Roger Bacon em terras britânicas. Estes fatos revelam o Destino da Inglaterra na Missão Crística e por isso é necessário o resgate da aliança com os EUA na missão conjunta que une a Mãe e o Filho na simbologia mística das duas nações. Quando a consciência nacional entre os dois povos que são crísticos em seu nascimento for despertada, então será possível um grande avanço para a Humanidade na direção do Plano Divino Micahélico. O filósofo René Descartes foi discípulo do Mestre Saint Germain.

A Quinta Sub-raça Ariana alcança o seu apogeu com estas duas nações que representam na Terra o Ciclo das 12 Sub-raças - 7 Sub-raças Atlantes e 5 Sub-raças Arianas. A nação alemã e seu povo pertencem à esta Sub-raça Ariana, mas tem se desviado do seu caminho original e percorrendo o caminho anticrístico diante do mundo atual da mesma forma como a nação francesa que desencadeou a Revolução que originou o Movimento Comunista, desfigurou os princípios do Iluminismo da época com a implantação da tomada de poder pela força e revolta armada. A destruição das Monarquias foi promovida pelo Comunismo que dava seus primeiros passos na conquista do poder e do domínio da massa humana. A Revolução Francesa foi uma revolta semelhante à Revolução Bolchevique.

A nação brasileira inicia a Nova Era com a fundação da Sexta Sub-raça Ariana.

E foi nas terras chinesas que começou a epopeia da atual civilização humana na Terra após o Evento de Sanat Kumara, onde se originou as sementes destas 12 Sub-raças da Humanidade que fundaram as civilizações atlantes e arianas. O Deserto da Mongólia na China guarda os segredos do passado histórico da nossa ancestralidade como entidades humanas.

Finalizando este artigo é preciso a reflexão sobre a simbologia do Final dos Tempos, que na verdade indica o início da Nova Era. O tempo atual finda o velho Ciclo e inicia o novo.

O paradigma da Humanidade será a destruição do mundo da Ilusão e a construção do Reino dos Céus na Terra, ou seja, a plena implantação do Plano Divino do Pai Micah na Terra e a materialização e precipitação da Hierarquia Planetária em nosso planeta. O GPT - Governo Planetário da Terra é a consolidação do resgate da Soberania do Pai Micah deste pequeno orbe azulado na imensidão desta Via Láctea.

Assim é e assim será.

Em Luz e Amor,
Paz em Cristo!
Shima.
Namastê.

(*) NOTA - Todas as informações obtidas pelo CAD são oriundas diretamente da fonte, pessoas encarnadas ou desencarnadas que atuaram em cada evento ou movimento que ocasionaram alguma transformação no nível de consciências. Muitas vezes são necessários as consultas no Livro da Vida, ou acessar os Registros Akáshicos em cada ocorrência durante as acareações ou investigações do CAD. Os contatos são realizados diretamente por membros da Hierarquia Espiritual, pelo Comando Ashtar ou pelo GC - Grande Conselho Cósmico e Universal e TCC - Tribunal do Conselho Cármico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

LightBlog

Páginas