ARTIGO 5º - DENTRO DAS QUATRO LINHAS DA CONSTITUIÇÃO – 25/04/2021 - Caminhando com o Mestre

Nosso Curso

LightBlog

NEWS

CONHEÇA NOSSOS LIVROS - CLIQUE PARA VER A PRÉVIA DO LIVRO

Para ouvir o Artigo - Aperte o Play

Translate

domingo, 25 de abril de 2021

ARTIGO 5º - DENTRO DAS QUATRO LINHAS DA CONSTITUIÇÃO – 25/04/2021

 


 

Saudações da Luz,

 

____

Como vem sendo publicado nos últimos artigos aqui no Blog, a população, jornalistas e diversos membros da sociedade brasileira tem passado por um processo de cerceamento da liberdade de expressão e, por este motivo, seguindo esta linha e visando a segurança dos envolvidos, os nomes das instituições foram suprimidos, mas você conseguirá compreender do que este artigo trata no decorrer do mesmo, fique atento, combinado?

___.

 

A entrevista exclusiva concedida a um programa de TV nacional no dia 23/04/2021 pelo Presidente da República Jair Bolsonaro, deixou clara a definição sobre as “Quatro Linhas da Constituição” que vem sendo anunciada em seus pronunciamentos nos últimos dias. Refere-se explicitamente à violação dos direitos e garantias fundamentais do povo brasileiro contidos no Artigo 5º da Constituição Federal do Brasil. E também, revela a jogada de mestre do Capitão, quando marcou o gol da virada nos 5x4 para a Seleção Nacional.

 

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

 

I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição;

 

II - ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei;

 

III - ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante;

 

IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

 

V - é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem;

 

VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

 

VII - é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva;

 

VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

 

IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

 

X - são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação;

 

XI - a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para prestar socorro, ou, durante o dia, por determinação judicial;         (Vide Lei nº 13.105, de 2015) (Vigência)

 

XII - é inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações telegráficas, de dados e das comunicações telefônicas, salvo, no último caso, por ordem judicial, nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de investigação criminal ou instrução processual penal;         (Vide Lei nº 9.296, de 1996)

 

XIII - é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer;

 

XIV - é assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional;

 

XV - é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens;

 

(...)

 

Além dos 15 Incisos, uma atenção especial poderá ser aplicada no cumprimento destes outros dois incisos, o “XLII” e “XLIV” do Artigo 5º da Constituição que garante:

 

XLIII - a lei considerará crimes inafiançáveis e insuscetíveis de graça ou anistia a prática da tortura, o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, o terrorismo e os definidos como crimes hediondos, por eles respondendo os mandantes, os executores e os que, podendo evitá-los, se omitirem;         (Regulamento)

 

XLIV - constitui crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático;

 

Isso porque estamos em plena crise da pandemia da peste chinesa e os fatos que estão sendo descobertos, tornaram-se motivo para a criação da CPI do Covid-19 no Senado Federal devido aos desvios da verba federal que deveriam ser utilizadas no combate ao vírus e poderiam salvar vidas, mas que foram usadas para outras finalidades por alguns Governadores e Prefeitos em detrimento da população, configurando assim um crime hediondo.

 

A mais grave violação contra os Direitos e Garantias Fundamentais do cidadão brasileiro vem precisamente de um dos Poderes da República que apesar de sua função e existência que deveria visar garantir, zelar e resguardar o cumprimento da Carta Magna, simplesmente vem rasgando a Constituição diante de todo o povo brasileiro, causando um choque sem precedentes na história da Nação através do exercício de um poder arbitrário, que ameaça os outros dois Poderes da República, passando a Legislar em causa própria e impedindo o Governo Federal de executar o seu plano de ação diante da crise que o país vem atravessando depois da invasão da peste chinesa, que vem causando o genocídio da população e também a destruição da economia do país mediante o fechamento e falências das empresas, ocasionando o desemprego e a fome.

 

O JOGO

 

A intervenção autoritária deste Clube dos Deuses atuando com seu time de 11 Sinistros jogadores nas ações dos outros dois Clubes da Liga da União está causando o caos social, o descontrole da saúde pública, o perigo na segurança pública, aprofundando o conflito político partidário, a quebra da economia, o aumento do desemprego e da dívida pública, promovendo o aumento de mortes nesta crise da pandemia em todo o território nacional. O ativismo político destes Sinistros jogadores não condiz com a função estabelecida na Carta Magna e suas ações estão desestabilizando a Ordem Constitucional da Nação Verde Amarela, causando o desequilíbrio dos Clubes da Liga da União.

 

O Clube das Alianças e o Clube da Pátria têm seus respectivos representantes eleitos diretamente pela Torcida Nacional e os jogadores Sinistros do Clube dos Deuses são indicados, nomeados e empossados pelos dois Clubes da Nação Verde Amarela que representam a vontade da Torcida Nacional. O que tem ocorrido é uma inversão das Leis contidas na Carta Magna, que são diariamente violadas pelos Sinistros, caracterizando a plena incapacidade técnica e profissional de ocuparem suas posições dentro de campo, combatendo de forma desleal e violenta justamente o Clube da Pátria que os empossou nos cargos que ocupam como servidores públicos da União.

 

O mais surpreendente agora é que um dos Sinistros vem intimando o Capitão do Clube da Pátria a responder pelas consequências desastrosas das jogadas condenáveis praticadas pelos próprios Sinistros jogadores, o que vem aflorando nos escândalos praticados por outros dois times, o Clube das Elites que representa os Estados e o Clube dos Súditos defensores dos Municípios, que disputam o Trófeu do Campeonato, aos quais foram delegadas as responsabilidades de conduzirem a crise da peste chinesa. Lavar as mãos não justifica tentar colocar a culpa no Capitão, pois a Torcida Nacional inteira tem conhecimento e consciência do que o Clube dos Deuses determinou no início do ano passado, impedindo o Capitão de evitar as mortes desnecessárias, bem como, de manter a economia funcionando.

 

Aqui neste ato dos Sinistros cometeu-se um crime hediondo contra a Nação Verde Amarela contribuindo diretamente com o genocídio da população. A tentativa de enquadrar o Capitão como genocida já demonstra a falta de memória destes Sinistros jogadores do Clube dos Deuses. Ponto.

 

O segundo aspecto de violência, desordem social e atentado contra a segurança pública foi a jogada de soltar presos condenados de alta periculosidade ligados ao tráfico de drogas e contrabando de armas em várias ondas ao longo destes últimos dois anos, colocando em risco a vida dos cidadãos brasileiros e negando neste caso, o direito à vida e à legítima defesa do cidadão vetando partes do Decreto Presidencial garantido na Carta Magna de acordo com o Estatuto do Desarmamento.

 

Até soltar um Dirigente do Clube dos Vermelhos da prisão e inocentá-lo dos crimes cometidos contra a Torcida Nacional, violou a regras do Campeonato quebrando normas e colocando em risco a Segurança de toda a Nação Verde Amarela.

 

Então os Incisos “XLIII” e “XLIV” foram ignorados pelos Sinistros, quando decidiram soltar os presos de alta periculosidade e que são membros do CV (Comando Vermelho-‘sangue’), do PCC (Primeiro Comando ‘Capitalíssimo’) e de integrarem as FARCS (Forças Armadas Revolucionárias da ‘Colônia’), além de outras organizações criminosas conhecidas pela Nação Verde Amarela. O que está por trás das decisões destes Sinistros? A Torcida Nacional não foi devidamente informada destas jogadas monocráticas do Clube dos Deuses. Os crimes contra a Ordem Constitucional são perpetrados justamente por essas organizações criminosas, conforme foram noticiadas ao público nos últimos dois anos com o “aval” do Clube dos Deuses.

 

O que vem pesando dramaticamente contra os atos dos Sinistros é a violação dos Direitos e Garantias Fundamentais contidos no Artigo 5º da Carta Magna, onde torcedores de bem estão sendo espancados, proibidos de ir e vir, de trabalhar, além de terem suas casas invadidas por ordem do Clube dos Súditos e do Clube das Elites a quem foram dados os poderes de atuarem dessa forma pelos próprios Sinistros jogadores do Clube dos Deuses, incluindo também as medidas rigorosas do isolamento social.

 

 

LOCKDOWN E “FIQUE EM CASA”

 

O refrão “Fique em Casa!” difundido por todo o país pela militância da torcida vermelha mostra a dimensão da agenda comunista que vem sendo implantada em alguns Estados da Nação Verde Amarela com a cumplicidade do Clube das Elites e do Clube dos Súditos que estão aplicando o Lockdown em seus Estados e Municípios. A finalidade deste ato é o de causar a convulsão e o caos social, levando a população à revolta popular contra o Clube da Pátria. Por isso, o “circo” está armado desde o início do mandato do Capitão, quando criaram diversos arquétipos como “genocida”, “fascista”, “golpista”, etc., enquanto preparam o campo para a tomada de Poder da Nação Verde Amarela pela torcida vermelha (que foi derrotada no Campeonato de 2018).

 

Cria-se o caos e culpa-se o Capitão.

 

“Acuse-o do que você faz!” (referência ao Capitão) é a metodologia da militância da torcida vermelha e dos seus mentores satânicos. Por isso, esta verdade está chocando a Torcida Nacional ao ver quem realmente vem cometendo todos os crimes contra a Nação Verde Amarela e quem são os verdadeiros responsáveis que tem promovido o genocídio consciente da Torcida Nacional. Basta observar de onde vem a acusação e de quem parte as acusações e atos que tem a intenção de colocar a culpa no Capitão.

 

A verdade vos libertará! – Quem vem afirmando isso desde o início do Campeonato? O que se vem comprovando através dos fatos que são descobertos e revelados a todo o momento pela própria Torcida Nacional?

 

O que poderá acontecer com a Nação Verde Amarela quando a revolta popular começar?

 

Aqui está o perigo.

 

Revolta vem com um potencial energético perigoso, explodindo em violência de forma imediata, que poderá ser aproveitada para a implantação do terror social com a adesão em massa dos extremistas Antifas (Anti-Torcida Internacional Facista) e das organizações criminosas que fortaleceram seus efetivos após a soltura dos presos pelos Sinistros jogadores. Isso tudo sem mencionar que poderão entrar em ação as torcidas Turbantes Negros (Estado Anticrístico) já infiltrados em território nacional, fato desconhecido da Torcida Nacional.

 

O propósito de gerar a revolta popular dentro da agenda comunista é acionar a militância armada no país e iniciar a guerra civil como último recurso de tomada de Poder. Narrei este fato no artigo publicado em 2019, com o título de “ALERTA À SEGURANÇA NACIONAL – O BRASIL E A GUERRA HÍBRIDA” no qual as investigações do CAD confirmaram esta movimentação nos subterrâneos dos bastidores na militância da torcida esquerdista financiada por um Mega Dirigente do Clube Internacional, o ‘Socos’. A guerra de Poder dentro da Nação Verde Amarela é promovida por clubes estrangeiros, por isso os clubes dos Traidores da Pátria não têm nenhum vínculo ou interesse na Torcida Nacional. São agentes internacionais.

 

Não se pode servir a dois senhores!

 

Portanto, o “Fique em Casa!” tem o propósito de se formar um “Campo de Concentração” e criar o estopim da revolta popular, porque a Torcida Nacional passando fome se transforma na turba descontrolada em que se desfaz toda a condição de um cidadão e torna a violência o recurso de sobrevivência no meio do caos social. Perde-se a ética e moral do ser humano e desagua na selvageria animalesca onde a vida humana não tem mais sentido. Assim ocorreu ao longo da história das revoltas populares perpetradas pelo comunismo ao redor do mundo com a queda dos governantes e a implantação da ditadura.

 

Este é o alerta do Capitão em seus pronunciamentos públicos sobre o risco de ocorrer um caos social no país. Uma invasão de campo pela Torcida Nacional contra as jogadas fora das Quatro Linhas tem consequências sérias e graves e aciona a Lei de Segurança Nacional, o Artigo 142 da Carta Magna e a aplicação da GLO (Garantia da Lei e da Ordem) que poderá ser executada sumariamente pelos Observadores Oficiais do Campeonato (Forças Armadas).

 

Para evitar este quadro de terror social é de fundamental importância a Mobilização da Torcida Nacional contra as jogadas que violam as regras e leis da Carta Magna que vem ocorrendo diariamente e atingem a Nação Verde Amarela e a sua Soberania, o que tem ocasionado uma crise político social em alguns dos Estados, ceifando vidas inocentes.

 

De acordo com as declarações do Capitão, caso as jogadas continuem ultrapassando as Quatro Linhas do Campo, e a Torcida Nacional continue sendo atacada ou violentada nos seus Direitos e Garantias Fundamentais elencadas no Artigo 5º da Carta Magna, será ordenada a Intervenção dos Observadores Oficiais do Jogo para colocar a Lei e a Ordem em Campo.

 

Ou se joga limpo o Campeonato dentro das regras ou sai de campo.

 

Como fica depois com a Intervenção dos Observadores Oficiais do Jogo?

 

A Torcida Nacional tem suas tradições sustentadas no Amor Crístico que é a sua Bandeira. Portanto, é profundamente pacífica, ordeira e amorosa. A compreensão e a compaixão direcionam as atitudes de cada integrante da Torcida Nacional. Mas a Nação Verde Amarela é formada por almas guerreiras e sabem ir a campos de batalhas sempre que foram convocadas.

 

Por ser uma Democracia Cristã, a Torcida Nacional não aceita a Ditadura Comunista visivelmente anticrística, o que foi comprovado agora pela proibição da prática e dos costumes religiosos na Nação Verde Amarela. A prisão domiciliar é outra jogada que viola o Artigo 5º da Carta Magna. Nisso, as consequências são as ondas de Desobediência Civil contra a implantação desta Ditadura Comunista.

 

O Lema na Bandeira Verde Amarela é: “Ordem e Progresso”, e o que se assiste é a Desordem e a Miséria se espalhando por toda a Nação Verde Amarela, ocasionada por jogadas sujas fora das Quatro Linhas do Campo. Então, o ponto explosivo pode ocorrer com a revolta da Torcida Nacional.

 

As Leis e Decretos emitidos pelo Clube das Elites e pelo Clube dos Súditos que contrariam o Artigo 5º da Carta Magna perdem sua legitimidade diante da Torcida Nacional. A jogada dos Sinistros jogadores do Clube dos Deuses que não se sustentarem dentro das Quatro Linhas da Carta Magna, perdem o valor, a legitimidade e a legalidade. O fato de serem anticonstitucionais é ilegal, sendo então puníveis de acordo com a Lei de Segurança Nacional.

 

O caso que envolve os Sinistros jogadores do Clube dos Deuses é destinado pela Regra do Jogo, a reformulação da Lei na Carta Magna pelos jogadores do Clube das Alianças que tem a incumbência de legislar sobre este tema. No caso de ocorrer o impedimento do funcionamento do Clube dos Deuses durante um processo de investigação na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), a Nação Verde Amarela conta com os Clubes substitutos para esta vacância, da entrada em Campo do Clube dos Magistrados (Superior Tribunal de Justiça) e do Clube da Lei e da Ordem (Supremo Tribunal Militar), o primeiro para fazer julgamentos dos Crimes e dos Processos Criminais, e o segundo para garantir a Segurança Nacional e o cumprimento da Carta Magna.

 

Os abusos e violações do Artigo 5º da Carta Magna perpetrados pelos Dirigentes e jogadores do Clube das Elites e pelo Clube dos Súditos poderão ser solucionados pela intervenção direta dos Observadores Oficiais do Jogo que poderão substituir temporariamente os Dirigentes infratores até colocar a Casa em Ordem.

 

O “Sinal” que o Capitão pediu à Torcida Nacional é dar o “Grito de Alerta” no Estádio (Estados e Municípios), quando sentirem a agressão e violência no Campo de Jogo contra a Nação Verde Amarela.

 

Então daí, será dada a Ordem de Intervenção dos Observadores Oficiais de Campo.

 

O Sinal é a Voz do Povo. Assim deve ser entendido e está garantido no Parágrafo Único do Artigo 1º da Carta Magna.

 

Cumpra-se o Artigo 5º da Constituição Federal do Brasil!

 

Em Luz e Amor,

Paz, Brasil!

Deus está conosco!

Shima.

Namastê.

 

_________

APOIE

* Você pode contribuir com nossos trabalhos adquirindo nossos livros, cursos, clicando nos banners promocionais, compartilhando nossos artigos e recomendando os nossos trabalhos aos seus amigos ou se possível, considere fazer uma doação.
Gratidão profunda.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

PODCAST

Instagram - Conheça o Instituto Portia

NOSSAS PUBLICAÇÕES

Artigos por Temas

#ShimaEUAPOIO (1) 12 Atos (4) 12.12.12 (1) 2012 (4) Agenda Globalista (9) Águias (13) Aliança Cruzeiro do Sul (2) Amaterasu (1) Amazon (1) Annunakis (6) Anti-Crísticos (5) Apocalipse (2) Arcanjo Miguel (7) Ashtar Sheran (19) Athena (1) Atlântida (1) Autoconhecimento (2) Blog (8) Bolhas de Luz (1) Bolsonaro (19) Bombojira (1) Brasil (27) Brava Gente News (1) Bushido (1) CAD (36) canalizações (110) Censura (2) Chama Violeta (2) Chamado (7) China (5) Chonan (3) Clã (3) Comando Ashtar (20) Comunismo (71) Conclave (4) Conspiração Alien (7) CPI (2) Cristo (5) Cristo Maitreya (8) Curso (1) Data Limite (19) DCM (1) Decreto (3) Dekassegui (1) Despertar (9) Djwhal Khul (2) Draconianos (4) Dragões (10) Dragões Dourados (4) Dúvidas dos Leitores (9) Ebooks (1) ECA (1) eclipse (1) El Morya (3) Eleições (15) Era de Aquário (2) Ergs (1) Espanha (1) Estados Unidos (10) Estatuto Social (1) EuApoio (1) Europa (1) Eventos (2) explosões solares (2) Expurgo (2) Exu (2) Exu Caveira (1) Facebook (2) Felinos (1) Fraternidade Negra (1) Gaia (6) Gatos (1) GESARA (1) GFH (18) GM (3) Goiás (1) Governo Oculto (9) GPT (28) Grande Fraternidade Branca (4) Grande Reset (1) Guardiães da Luz (2) Guerreiros da Luz (19) HEMK (1) HEMM (1) Hospital Espiritual (1) Illuminati (2) Indonésia (1) Instituto Portia (4) Intervenção Divina (1) Israel (1) Japão (6) Jornalismo (2) Jornalistas (1) Kindle (1) Kwan Yin (7) Lady Portia (3) Lar de São Francisco (2) Lei do Retorno (3) Livros (1) Lord Maitreya (14) Lúcifer (1) Mãe Divina (5) Mãe Maria (16) Maria Madalena (7) Mediunidade (4) Mestra Nada (32) Mestre Jesus (3) Mestre Kuthumi (1) Minhas reflexões (10) Monarquia (2) Morgs (2) Motociata (3) MPT (4) Não-Confederados (1) Nebadon (3) NESARA (1) Nibi (2) Nibiru (2) Nihon (1) Nova Era (2) ONGs (1) ONU (1) Operação Brasil (46) Operação Resgate (25) Orações (2) Orbs (1) OTAN (1) Pai João de Angola (1) Pai João de Aruanda (2) Pai Micah (30) Pai Quirino (1) Pandemias/Epidemias (15) Pedras no Caminho (1) Plano Divino (56) Plêiades (2) Pleiadianos (1) Portais de Luz (22) Portugal (3) Povo de Aruanda (8) Príncipe Planetário (7) Projeção da Consciência (8) Projeciologia (5) Projeto Comunista (34) Projeto Era de Aquário (1) Publicações (2) Rebelião Luciferiana (3) Reino Unido (1) Remote View (2) Reptilianos (1) Rússia (4) Saint Germain (15) Sananda Kumara (10) Sara Kali (3) Servidores da Luz (1) Shakti Revista (1) Shima (144) Shima&Ree (4) Sírius (1) Socialismo (43) Socialista (1) SP (1) Suécia (1) Taiwan (1) Taucetian (1) Teia Crística (1) Telegram (1) Templos (1) TMD (1) Toyohashi (1) Toyokawa (1) Trabalhadores da Luz (7) Trabalho Escravo (1) Transição Planetária (83) Tribunal do Conselho Cármico (30) UK (1) Umbanda (1) Umbral (3) Universo (3) USAT (2) Venezuela (15) Vidas passadas (2) Visão Remota (7) Wesak (2) Xopatz (3)

Nosso Curso

LightBlog

Páginas