ALERTA DO CAD – A DECLARAÇÃO DE GUERRA DO PRESIDENTE BIDEN CONTRA A RÚSSIA – 21/02/2022 - Caminhando com o Mestre

Nosso Curso

LightBlog

NEWS

CONHEÇA NOSSOS LIVROS - CLIQUE PARA VER A PRÉVIA DO LIVRO

Para ouvir o Artigo - Aperte o Play

Translate

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2022

ALERTA DO CAD – A DECLARAÇÃO DE GUERRA DO PRESIDENTE BIDEN CONTRA A RÚSSIA – 21/02/2022

 


>>> ATENÇÃO: Nota inserida ao final do artigo em 21 Fev. 2022 às 13:49h (GMT -3) Brasil.<<<
 

Saudações da Luz,

 

A “Operação Donbass” realizada pelo CAD na Ucrânia vem resultando nas revelações de uma imensa rede de conspirações contra a Rússia, a partir do território ucraniano comandado diretamente pelo Governo dos EUA e executado pelas forças militares da OTAN, culminando nas descobertas das bases dos comandos especiais da aliança militar europeia com o apoio direto do Presidente ucraniano e do seu Exército que invadiram as regiões autônomas do Leste da Ucrânia.

 

Os ataques militares contra as regiões autônomas da Ucrânia e os atos de sabotagens, resultaram na evacuação de milhares de famílias da região para a Rússia, onde foram acolhidas e permanecem sob a proteção e segurança do Exército russo.

 

A partir da evacuação da população destas cidades ficou evidenciado os locais onde estas bases estavam operando, iniciando por parte dos líderes separatistas uma onda de buscas e prisões com combates intensos em várias localidades da região de Donbass.

 

O Presidente Putin ligou para o Presidente Biden, avisando sobre o desastre eminente causado pelas ações da OTAN na região de Donbass e exigindo a rendição imediata de todos os militares da OTAN que se infiltraram naquela região. A resposta do Presidente Biden foi: “Isso é uma ameaça?”, no que o Presidente Putin respondeu: “Não, é uma constatação dos fatos!”.

 

Em vez de atender a exigência do Presidente Putin, o Presidente Biden ameaçou a Rússia com ataques terroristas contra Moscou e São Petersburgo. Essa ação lembra bem o caso das Torres Gêmeas em que o próprio Governo dos EUA perpetrou este ataque contra sua própria nação para desencadear uma guerra no Oriente Médio (Guerras do Iraque e do Afeganistão).

 

Para os leigos e para a maioria da população de um país é impossível separar a verdade da mentira disseminada pelas grandes mídias que são propriedades da Elite Global, e usam da propaganda enganosa para iludir os povos de qualquer nação. Criam o medo, o pânico e geram a comoção nacional numa manipulação de consciências sem precedentes na história humana neste planeta.

 

Para se desvendar a verdade, basta ter o bom senso e o discernimento para ver e ouvir o método padrão nestes ataques contra o povo de uma nação. O velho “chavão” usado pelos comunistas é o mesmo de sempre e funciona. Basta acusar o suposto “inimigo” daquilo que se faz ou pretende fazer, inserindo a “falsa verdade” no consciente coletivo de uma sociedade e toda essa onda ilusória se torna uma realidade manifestada. É o caso da “hipnose coletiva” que muito tenho revelado aos meus leitores.

 

Ao declarar que suas agências de inteligência descobriram os planos de ataques terroristas contra cidades importantes da Rússia, o Presidente Biden se revelou como o Mentor deste plano sinistro e também, que o Governo dos EUA ia iniciar estes ataques contra o território russo a partir dos atos terroristas executados por militares dos comandos especiais da OTAN.

 

Neste ato, o Presidente Biden apenas disse o que, como, onde e quando vai começar estes ataques contra a Rússia.

 

Foi a declaração de guerra feita pelo Presidente dos EUA contra a Rússia.

 

Para um bom entendedor, poucas palavras bastam. As atitudes apenas comprovam os fatos.

 

Todas as negociações oferecidas pelo Presidente Putin são barradas pelo Governo dos EUA e pelo Secretário Geral da OTAN.

 

O que se vê por trás dos bastidores da política e da diplomacia europeia é a total alienação com a realidade europeia. A EU somente trouxe miséria aos povos dos países da Europa, gerou conflitos étnicos e raciais, quebrou as empresas nacionais, causou dívidas impagáveis de governos de diversos países que integram esta comunidade na Europa e obrigam a todos estes países a se integrarem na sua aliança militar.

 

Os povos de cada nação não são soberanos nas decisões governamentais, pois os seus líderes são agentes desta Elite Europeia e são eleitos não por vontade popular, mas pelas mídias. Ao tomarem posse no Governo de um país, passam a fazer parte do jogo estratégico da OTAN.

 

O Caso da Ucrânia foi grave em razão do plebiscito “nacional” sobre a adesão à União Europeia ter sido fraudado e ter alijado as etnias russas ucranianas do pleito. O Golpe de Estado promovido pela União Europeia contra o Presidente Viktor Yanukovych que foi deposto por uma revolução popular financiada pela Elite da EU, ocorreu após a suspensão das negociações de um acordo de associação da Ucrânia com a União Europeia.

 

Um detalhe importante a ser observado nas manifestações populares ocorridas na Ucrânia pró-EU teve a participação de jovens em sua maioria até a faixa etária de 30 anos, ou seja, uma minoria da população ucraniana que foram manipuladas pela doutrinação marxista europeia em suas redes de ensino e pelas mídias ocidentais. Além destes jovens ucranianos, as revoltas populares foram insufladas pela militância organizada em outros países, caracterizando a intervenção “não oficial” estrangeira nas questões internas da Ucrânia.

 

Não houve adesão em massa da sociedade ucraniana neste plebiscito alegado pela União Europeia e sim, que foi usada a propaganda midiática tão bem conhecida aqui no Brasil, pelos brasileiros conservadores sobre as manifestações da esquerda em nosso país. Transformam um agrupamento de 100 militantes em um milhão de manifestantes em rede nacional. Foi isso que aconteceu no Golpe de Estado na Ucrânia em 2014.

 

Se fizerem uma pesquisa aberta dentro da sociedade ucraniana, será fato comprovado que os cidadãos maiores de 30 anos não concordam com a adesão à União Europeia. Esta é a realidade dos fatos que irritam a liderança europeia e a OTAN. Por isso, a velocidade e a agressão verbal contra a Rússia é desmedida dentro da realidade dos fatos. A Rússia nunca desejou uma invasão militar na Ucrânia, mas é a OTAN que vem planejando essa guerra há muito tempo e tem realizado esta operação militar em etapas.

 

Primeiro foi dar a independência à Ucrânia sem consultar plenamente as etnias russas ucranianas em 1991. As Eleições Americanas de 2020 que foram fraudadas de uma forma escandalosa mostram bem como atuam esta Elite europeia nas eleições de cada país do continente europeu. E depois acusam os adversários conservadores de fraudarem essas eleições, quando são derrotados nas urnas. Simples assim.

 

A estratégia da OTAN foi formar um cinturão de defesa em torno do seu inimigo nº 1, a Rússia, para eventuais contra ataques, por isso convidou todos os membros da antiga aliança militar soviética que integravam o Pacto de Varsóvia, seduzindo a todos com os encantos da “democracia” do Ocidente. Ocorre, porém, que uma guerra em larga escala no continente europeu já comprovada nas guerras napoleônicas, e posteriormente nas 1ª e 2ª guerras mundiais travadas na Europa, mostra que somente é possível uma invasão à Rússia a partir do “corredor ucraniano” para alcançar Moscou. Geograficamente, todos os países do Báltico e dos Bálcãs tornam impossível uma invasão nesta escala continental.

 

Então noutra etapa seria a tomada de poder na Ucrânia, para iniciar os procedimentos de invasão à Rússia, mas para isso, seria necessário provocar o Presidente Putin e coloca-lo sob constante pressão e tensão.

 

Em seguida inicia-se a onda de propagação nas mídias ocidentais de que a Rússia vai invadir a Ucrânia. Essa ação alerta o Presidente Putin de que uma guerra está prestes a ocorrer nas suas fronteiras. Uma invasão iminente por parte da OTAN já está em estágio avançado. E a verdade deve ser dita tal como é, com a OTAN treinando em território ucraniano as Forças Armadas da Ucrânia para uma guerra contra a Rússia. A alegação falsa de uma suposta invasão russa à Ucrânia é disseminada na sociedade ucraniana e propagada pela União Europeia em todo o Ocidente.

 

A verdade dos fatos é óbvia como já revelei em artigos anteriores. A OTAN e a EU mentem descaradamente diante do mundo e não medem as consequências humanitárias de uma possível guerra na Europa que vai levar à ruína e à destruição de vidas e famílias nas cidades europeias, causando um desastre catastrófico em todos os níveis, e pasmem... Querem culpar por tudo isso, o Presidente Putin da Rússia.

 

A OTAN cooptou para a sua aliança militar 30 países da Europa numa frente contra a Rússia, numa proporção de força militar Ocidental de 4 contra 1 da força russa. Então, neste caso, uma potência militar como a Rússia seria ingênua numa estratégia militar de tentar uma invasão na Europa (via Ucrânia) contra uma força avassaladora quatro vezes mais poderosa que a sua?

 

E ainda mais, que a Rússia somente tem apenas um aliado na sua fronteira com a Europa, a Bielo-Rússia. Então, neste ponto, seriam 30 países contra apenas 2 nações em toda a Europa. Onde está a coerência dos fatos apresentados pela OTAN, pelos EUA e pela EU de uma possível invasão perpetrada pelo Presidente Putin da Rússia contra a Ucrânia que de fato já atua como membro aliada da OTAN?

 

O Presidente Putin não ignora a guerra de propaganda e de contrainformações executadas pelo Ocidente contra o seu país. Por isso, colocou suas tropas para proteger as suas fronteiras e defender a integridade territorial da Rússia e a do seu povo. O Governo ucraniano cedeu a passagem para a invasão da Rússia a partir do território da Ucrânia. Esta é a dura realidade.

 

Como já revelei, basta uma potência militar contar com uma força militar de 3x1 contra o seu inimigo que está em condições de promover uma invasão com sucesso. A irritação da EU e da OTAN, e principalmente, do Governo dos EUA é o jogo de tolerância desencadeado pela diplomacia russa comandada pelo Presidente Putin de estar continuamente aberto às negociações e não avançar suas tropas e nem aumentar o seu real efetivo para uma guerra contra a OTAN.

 

A OTAN precisa de um pretexto para iniciar os ataques e para isso criou a propaganda da “falsa bandeira” por parte da Rússia, quando na verdade revelam exatamente o que já estão fazendo em território ucraniano. Criar o clima e o ato de guerra declarada, e para legitimar essas ações, a OTAN precisa da aprovação da Comunidade Europeia, sendo por isso, que já começou as ações terroristas executadas por comandos especiais militares da OTAN, que estão camuflados de terroristas ucranianos. Nessa ação, querem provocar a Rússia para invadir a Ucrânia, como fez o Governo do Presidente Bush após o ataque contra as Torres Gêmeas em 2001 nos EUA na guerra no Oriente Médio contra o Iraque e o Afeganistão.

 

O plano consiste em criar uma comoção nacional na sociedade russa que irá obrigar o Presidente Putin a entrar em guerra contra a Ucrânia para vingar as mortes e destruições dentro do território russo, como se fosse uma iniciativa ucraniana, quando na realidade é uma tática de guerra híbrida desencadeada pela própria OTAN já em território russo. E como o Presidente Biden já anunciou publicamente que isso está prestes a ocorrer, o que de fato, está acontecendo, então, restará ao Presidente Putin enfrentar frente a frente o ataque da OTAN contra a Rússia.

 

O Caso da Ucrânia segue os mesmos moldes da estratégia da OTAN ocorrida na Chechênia e no Cáucaso para desestabilizar a Rússia e iniciar a derrubada do Governo do Presidente Putin numa frente de guerra no continente Europeu. O último caso ocorrido no Cazaquistão desencadeou uma reação relâmpago por parte do Presidente Putin que não deixou que se repetisse a mesma ocorrência que aconteceu na tomada de poder na Ucrânia. Sufocou o golpe de estado promovido pela OTAN na sua fronteira sul.

 

A OTAN passou dos limites e da linha vermelha que assegurava a paz na Europa.

 

O Presidente Putin dará a resposta à altura da agressão da OTAN e dos EUA.

 

Este é o meu alerta como comandante do CAD.

 

A Verdade Crística será manifestada!

 

Em luz e amor,

Paz, Ucrânia!

Shima.

Namastê.


Nota - As forças de Donetsk capturaram os sabotadores do Exército Ucraniano usando a bandeira russa em seus uniformes, deflagrando assim o que eles mesmo tem chamado de bandeira falsa. Ou seja, usam o uniforme com a bandeira de outro país, no caso o da Rússia, para culpar o Governo de Putin da ação (ataques) que a própria Ucrânia/OTAN tem realizado.




______


APOIE


* Você pode contribuir com nossos trabalhos adquirindo nossos livros, cursos, clicando nos banners promocionais, compartilhando nossos artigos e recomendando os nossos trabalhos aos seus amigos ou se possível, considere fazer uma doação.
Gratidão profunda.

Para doar pelo Paypal, envie qualquer valor para o email: caminhandomestre@gmail.com

 


Ou se preferir pela Modalidade de pagamentos do WhatsApp:  +5512981379027 em nome da Renata.


#ShimaEUAPOIO - Doação por PIX para o BLOG: 


Chave PIX por email: caminhandomestre@gmail.com

ou através da chave por QRCode ao lado.






Já conhece nossos Livros? Saiba mais, clicando na opção PREVIEW.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

PODCAST

Instagram - Conheça o Instituto Portia

NOSSAS PUBLICAÇÕES

Artigos por Temas

#ShimaEUAPOIO (1) 12 Atos (4) 12.12.12 (1) 2012 (4) África do Sul (3) Agenda Globalista (19) Águias (15) Alemanha (1) Aliança Cruzeiro do Sul (2) Amaterasu (1) Amazon (1) Amazônia (2) Annunakis (9) Anti-Crísticos (8) Apocalipse (2) Arábia Saudita (1) Arcanjo Miguel (7) Arcontes (1) Ashtar Sheran (20) Athena (1) Atlântida (1) Autoconhecimento (2) Bandeira Falsa (1) Biden (5) Blog (8) Bolhas de Luz (1) Bolsonaro (47) Bombojira (1) Brasil (67) Brava Gente News (1) BRICS (5) Bushido (1) Caboclo Tupinambá (1) CAC (1) CAD (101) canalizações (125) Censura (2) Chama Violeta (2) Chamado (9) China (20) Chonan (3) Cinturão de Balael (2) Clã (3) Colômbia (1) Comando Ashtar (23) Comunismo (137) Comunismo... (1) Conclave (4) Conservador (1) Conspiração Alien (9) CPI (2) Cristo (5) Cristo Maitreya (8) Curso (1) Data Limite (19) DCM (1) Decreto (4) Dekassegui (1) Democracia (1) Desarmamento (1) Desfile Militar (1) Despertar (10) Destino das Nações (1) Dia da Vitória da Rússia (2) Djwhal Khul (2) Donbass (4) Draconianos (6) Dragões (15) Dragões Dourados (7) Dúvidas dos Leitores (18) EB (1) Ebooks (1) ECA (1) eclipse (1) Economia (25) El Morya (3) Eleições (25) Era de Aquário (2) Ergs (1) Escandinávia (1) Espanha (1) Estados Unidos (67) Estatuto Social (1) EUA (9) EuApoio (1) Europa (15) Europa Ocidental (2) Eventos (2) Exército Brasileiro (1) explosões solares (2) Expurgo (4) Exu (2) Exu Caveira (1) Facebook (2) Família (1) Felinos (1) Finlândia (1) Forças Armadas do Brasil (1) Foro de São Paulo (1) França (1) Fraternidade Negra (1) G7 (2) Gaia (17) Gatos (1) Geopolítica (18) GESARA (1) GFH (18) Globalismo (2) GM (5) GO (2) Goiás (1) Governo Oculto (39) GPT (37) Grande Fraternidade Branca (4) Grande Reset (8) Greys (1) Guardiães da Luz (2) Guerra (3) Guerra na Ucrânia (2) Guerreiros da Luz (23) HEMK (1) HEMM (1) Hezbollah (1) História (17) Hong Kong (1) Hospital Espiritual (1) Illuminati (3) Império Otomano (15) Império Russo (15) Índia (3) Indonésia (1) Indústria Bélica (16) Instituto Portia (5) Intervenção Divina (1) Irã (1) Israel (4) Itália (1) Iugoslávia (15) Japão (11) Jornalismo (2) Jornalistas (1) Kindle (1) Kwan Yin (10) Lady Portia (3) Lar de São Francisco (2) Lei do Retorno (23) Livros (2) Lord Maitreya (15) Lúcifer (1) Lula (1) maçonaria (2) Maduro (1) Mãe Divina (5) Mãe Maria (19) Magos Negros (1) Mao (1) Maria Madalena (7) Mediunidade (4) Mestra Nada (35) Mestre Jesus (3) Mestre Kuthumi (1) Minhas reflexões (14) Monarquia (5) Morgs (2) Motociata (3) MPT (6) Não-Confederados (1) NBD (1) Nebadon (5) NESARA (1) Nibi (2) Nibiru (2) Nihon (1) Noruega (1) Nova Era (4) ONGs (1) ONU (6) Operação Brasil (88) Operação Donbass (2) Operação Resgate (25) Orações (2) Orbs (1) Oriente Médio (2) OTAN (70) Pai João de Angola (1) Pai João de Aruanda (2) Pai Micah (43) Pai Quirino (1) Países da OTAN (2) Pandemias/Epidemias (15) Pátria (1) Pearl Harbor (1) Pedras no Caminho (1) Plano Divino (89) Plêiades (2) Pleiadianos (1) Polônia (1) Portais de Luz (22) Portugal (4) Povo de Aruanda (8) Príncipe Planetário (12) Projeção da Consciência (8) Projeciologia (5) Projeto Comunista (84) Projeto Era de Aquário (1) Publicações (2) Putin (25) Raça Ariana (1) Rebelião Luciferiana (3) Regime de Kiev (17) Reino Unido (18) Remote View (2) Reptilianos (3) Romênia (1) Rússia (79) Saint Germain (17) Sananda Kumara (15) Sara Kali (3) Servidores da Luz (2) Shakti Revista (1) Shima (144) Shima&Ree (4) Shiva (1) Síria (1) Sírius (1) Socialismo (97) Socialista (3) Soros (1) SP (1) Suécia (1) Taiwan (6) Taucetian (1) Taucetianos (1) Teia Crística (1) Telegram (1) Templos (1) TMD (1) Toyohashi (1) Toyokawa (1) Trabalhadores da Luz (7) Trabalho Escravo (1) Transição Planetária (112) Tribunal do Conselho Cármico (42) Turquia (15) Ucrânia (60) UE (5) UK (1) Umbanda (1) Umbral (3) União Europeia (3) União Européia (50) Universo (3) USAT (2) Vaticano (1) Venezuela (16) Vidas passadas (2) Visão Remota (7) Vladimir Putin (2) Wesak (2) Xopatz (4)

Nosso Curso

LightBlog

Páginas