CAD – OPERAÇÃO RESGATE EM BUCHA – O MASSACRE COMETIDO PELO BATALHÃO DE AZOV – 06/04/2022 - Caminhando com o Mestre

Nosso Curso

LightBlog

NEWS

CONHEÇA NOSSOS LIVROS - CLIQUE PARA VER A PRÉVIA DO LIVRO

Para ouvir o Artigo - Aperte o Play

Translate

quarta-feira, 6 de abril de 2022

CAD – OPERAÇÃO RESGATE EM BUCHA – O MASSACRE COMETIDO PELO BATALHÃO DE AZOV – 06/04/2022

As posições dos corpos, indicam que foram jogados ali. As roupas não tem vestígios das impurezas do local, mas indicam que vieram de um local limpo. Outro ponto a observar é o contraste do período da possível passagem das tropas russas e dos corpos encontrados. Essas posições impedem a passagem segura de um comboio militar em retirada do território, ainda mais que não há sinais evidentes que estes corpos sejam de moradores desta rua. Há sim que ter uma investigação séria e rigorosa sobre este massacre. Não é do estilo russo este tipo de atitude macabra. As tropas russas sabem das penalidades de crimes hediondos e contra a humanidade, se isso tivesse sido feito por tropas russas, as provas seriam ocultadas e/ou teriam sido profundamente enterradas para não serem usadas contra eles. Essa cena é bem típica de neonazista que gostam de mostrar suas vítimas e os seus atos de selvageria.



Saudações da Luz,

 

Está sendo evidenciada uma campanha maciça do Ocidente e das autoridades de Kiev para culpar e condenar as tropas russas pelo “massacre” contra a população civil em Bucha, distrito ao norte de Kiev. 


O que é divulgado nas mídias ocidentais é algo bizarro e medíocre que foge à realidade, já que é notório a manipulação midiática para que haja um julgamento precipitado sem antes ocorrer as investigações por representantes dos Direitos Humanos, que não sejam integradas por membros da União Europeia e nem dos EUA, que sistematicamente declaram a guerra contra a Rússia.


Esta comissão de investigação tem que ser composta por representantes de países que não estejam envolvidos neste conflito na Ucrânia.

 

A imprensa ocidental está repleta de narrativas forjadas em manipulações contundentes, e todas as mídias seguem a mesma diretriz: condenar o Presidente Putin e as Tropas Russas. Essa situação é bem visível em todos os meios de comunicação. O jornalismo investigativo foi extinto, restando hoje apenas o ideologismo político e partidário de esquerda. Não há como contestar isso sem sofrer censura.

 

Então, é preciso contemplar o contexto geral que envolve a trama deste suposto “massacre” onde há a possibilidade de se tirar diversas conclusões primárias, antes de se chegar a qualquer nível de entendimento que chegue aos responsáveis diretos pelas mortes identificadas até o momento. 


Há um padrão de “modus operandi” neste caso de suposto “massacre” cometido por tropas russas, inclusive a semelhança com as valas cheias de corpos, encontradas na região de Donbass comprovadamente cometidas pelo Exército ucraniano integrado por neonazistas.

 

Em um campo de batalha com combates intensos e diários, não há a possibilidade de que soldados russos possam deixar as frentes de combate e dentro da zona de guerra cometer tais atrocidades. Ainda mais que as acusações que pesam são relacionadas às execuções de homens em idade de combate, com as narrativas de que eram para eliminar a resistência ucraniana. Como podem chegar as essas conclusões sem investigações básicas?

 

As atrocidades contra os civis encontrados em valas, é o mesmo caso encontrado na região de Donbass cometidos pelas milícias neonazistas, onde centenas de corpos foram achados, após as denúncias feitas pelas populações das cidades de Luhansk e Donetsk. Então, a possibilidade destes crimes que agora estão sendo descobertos em Bucha ter suas origens nas ações criminosas do próprio Exército neonazista ucraniano, e no caso de Bucha pelo conhecido Batalhão de Azov que tem seus “militares” atuando nesta região.

 

Agora, vem a questão mais chocante.

 

Já investigaram quem são essas vítimas do massacre em Bucha?

 

Segundo as investigações do CAD, todos esses civis ucranianos são de etnias russas, e antes de serem executados ouviram: “Seus porcos traidores!” dos seus algozes.

 

Aqui está o ponto para se iniciar as investigações sérias e transparentes sobre esse caso do “massacre em Bucha”.

 

Se comprovadas as etnias russas destes civis ucranianos, ficará evidenciado que eles não foram assassinados pelas Tropas Russas.

 

E é do conhecimento geral que os soldados russos possuem a tradição secular de respeito aos seus irmãos étnicos.

 

Na Operação de Resgate promovida pelo CAD junto com o Comando Ashtar Sheran, foram encontradas 892 vítimas de etnias russas que estavam se protegendo dos bombardeios no interior do ginásio de uma escola, quando chegaram as tropas ucranianas neonazistas. Em uma ala da escola havia 246 pessoas que foram barbaramente violentadas, as mulheres foram estupradas e as crianças executadas sumariamente até com tiros na boca.

 

Estamos ainda recolhendo os depoimentos das vítimas, após a recuperação delas no Hospital Espiritual Mãe Maria, para onde foram encaminhadas.

 

As crianças são as mais despertas e conscientes do que tem ocorrido. Suas histórias são chocantes relatadas de uma forma inocente, sobre o que  viram, presenciaram e, quando foram mortas. E são essas crianças que nos acompanham nesta operação de resgate levando-nos aos locais onde estão seus pais, amigos e parentes. Muitos adultos estão em estado catatônico pelo choque do drama vivido e não sabem que já morreram.

 

Um líder da comunidade de moradores de etnias russas, Sr. Irvingchenko (este foi o nome que apresentou pra nós), conta que estava no bloco onde havia as 246 pessoas, no local estavam 27 militares do Batalhão de Azov. Ele disse que testemunharam os estupros contra as mulheres e as execuções das crianças. Ficou plenamente consciente depois da sua morte, e viu quando levaram os corpos e os empilharam para formar as barreiras nas ruas para impedir a passagem dos blindados russos.

 

Uma das crianças descreveu que havia 3 tratores que cavaram as valas e depois jogaram os corpos dentro. Outra testemunha, uma professora disse que depois que foram executados, chegou um furgão colocando os corpos dentro e que foram jogados nas ruas da cidade, sendo o corpo dela encontrado com as mãos amarradas para trás. Ela foi uma das vítimas do estupro cometidos por 4 neonazistas que abusaram dela.

 

Outra criança resgatada disse que contou 120 homens usando uniforme do Exército russo, pois viu a cor vermelha no desenho da bandeira no uniforme usado por esta tropa. Porém, ela disse que esses soldados falavam ucraniano, e o pai desta criança identificou na gola a marca do Batalhão de Azov.

 

Em outro depoimento, uma das vítimas ouviu esses militares que usavam uniformes das tropas russas dizerem para as pessoas que eram para elas ficarem ali por 3 dias, se saíssem antes seriam mortas, e depois destes 3 dias poderiam sair. E, disseram para todos que deviam dizer que foram eles, "os russos", que fizeram essas atrocidades.

 

Até o momento, o que ficou evidente neste massacre foi o ódio e a bestialidade cometida por seus autores que gritavam para suas vítimas, chamando-as de “porcos traidores”, com características de desprezo pelas vítimas. Em seguida começava as execuções sumárias.

 

O CAD fará ainda o relatório desta Operação de Resgate em Bucha, assim que as vítimas estiverem em condições de falar. Isso leva alguns dias, pois muitos estão sendo mantidos “sedados” enquanto recebem os tratamentos médicos espirituais para curar os ferimentos e os traumas que ocasionaram suas mortes. Mesmo após a morte, o corpo astral reflete o dano causado no corpo físico.

 

Este caso de agora ocorrido em Bucha também tem semelhanças com as outras vítimas resgatadas pelo CAD nos últimos 3 meses, onde os neonazistas são citados como os autores criminosos destas execuções indiscriminadas contra as pessoas de etnias russas. E tudo isso, com o apoio direto do Regime de Kiev e do conhecimento do Presidente Zelensky.

 

O teatro montado em Bucha foi previamente organizado pela equipe do Zelensky para que ele pudesse interpretar um cenário de grande impacto para comover a opinião pública internacional contra o Presidente Putin.

 

Enfim, o chavão é o mesmo: “Acuse-o daquilo que você mesmo faz!”

 

E o Presidente Zelensky protagoniza um grande personagem intitulado “salvador da pátria”, usando sua própria população assassinada por seus comparsas neonazistas. É uma cena lamentável, mas é isso que acontece na Ucrânia.

 

É um “teatro de terror”.

 

Voltarei com novas denúncias em breve.

 

Em Luz e Amor,

Paz em Cristo!

Shima.

Cmte CAD/NA.


NOTA - Foi descoberto numa operação de resgate de um comandante dos neonazistas que desencarnou no bombardeio em Dnipro, que o ataque contra a população civil em Bucha foi uma ordem direta do Presidente Zelensky, que atualmente vem fazendo um programa mundial de denegrir a imagem do Presidente Putin e da Rússia. (Shima, 10/04/2022)


_______


APOIE


* Você pode contribuir com nossos trabalhos adquirindo nossos livros, cursos, clicando nos banners promocionais, compartilhando nossos artigos e recomendando os nossos trabalhos aos seus amigos ou se possível, considere fazer uma doação.
Gratidão profunda.

Para doar pelo Paypal, envie qualquer valor para o email: caminhandomestre@gmail.com

 


Ou se preferir pela Modalidade de pagamentos do WhatsApp:  +5512981379027 em nome da Renata.


#ShimaEUAPOIO - Doação por PIX para o BLOG: 


Chave PIX por email: caminhandomestre@gmail.com

ou através da chave por QRCode ao lado.






Já conhece nossos Livros? Saiba mais, clicando na opção PREVIEW.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

PODCAST

Instagram - Conheça o Instituto Portia

NOSSAS PUBLICAÇÕES

Artigos por Temas

#ShimaEUAPOIO (1) 12 Atos (4) 12.12.12 (1) 2012 (4) África do Sul (3) Agenda Globalista (19) Águias (15) Alemanha (1) Aliança Cruzeiro do Sul (2) Amaterasu (1) Amazon (1) Amazônia (2) Annunakis (9) Anti-Crísticos (8) Apocalipse (2) Arábia Saudita (1) Arcanjo Miguel (7) Arcontes (1) Ashtar Sheran (20) Athena (1) Atlântida (1) Autoconhecimento (2) Bandeira Falsa (1) Biden (5) Blog (8) Bolhas de Luz (1) Bolsonaro (47) Bombojira (1) Brasil (67) Brava Gente News (1) BRICS (5) Bushido (1) Caboclo Tupinambá (1) CAC (1) CAD (101) canalizações (125) Censura (2) Chama Violeta (2) Chamado (9) China (20) Chonan (3) Cinturão de Balael (2) Clã (3) Colômbia (1) Comando Ashtar (23) Comunismo (137) Comunismo... (1) Conclave (4) Conservador (1) Conspiração Alien (9) CPI (2) Cristo (5) Cristo Maitreya (8) Curso (1) Data Limite (19) DCM (1) Decreto (4) Dekassegui (1) Democracia (1) Desarmamento (1) Desfile Militar (1) Despertar (10) Destino das Nações (1) Dia da Vitória da Rússia (2) Djwhal Khul (2) Donbass (4) Draconianos (6) Dragões (15) Dragões Dourados (7) Dúvidas dos Leitores (18) EB (1) Ebooks (1) ECA (1) eclipse (1) Economia (25) El Morya (3) Eleições (25) Era de Aquário (2) Ergs (1) Escandinávia (1) Espanha (1) Estados Unidos (67) Estatuto Social (1) EUA (9) EuApoio (1) Europa (15) Europa Ocidental (2) Eventos (2) Exército Brasileiro (1) explosões solares (2) Expurgo (4) Exu (2) Exu Caveira (1) Facebook (2) Família (1) Felinos (1) Finlândia (1) Forças Armadas do Brasil (1) Foro de São Paulo (1) França (1) Fraternidade Negra (1) G7 (2) Gaia (17) Gatos (1) Geopolítica (18) GESARA (1) GFH (18) Globalismo (2) GM (5) GO (2) Goiás (1) Governo Oculto (39) GPT (37) Grande Fraternidade Branca (4) Grande Reset (8) Greys (1) Guardiães da Luz (2) Guerra (3) Guerra na Ucrânia (2) Guerreiros da Luz (23) HEMK (1) HEMM (1) Hezbollah (1) História (17) Hong Kong (1) Hospital Espiritual (1) Illuminati (3) Império Otomano (15) Império Russo (15) Índia (3) Indonésia (1) Indústria Bélica (16) Instituto Portia (5) Intervenção Divina (1) Irã (1) Israel (4) Itália (1) Iugoslávia (15) Japão (11) Jornalismo (2) Jornalistas (1) Kindle (1) Kwan Yin (10) Lady Portia (3) Lar de São Francisco (2) Lei do Retorno (23) Livros (2) Lord Maitreya (15) Lúcifer (1) Lula (1) maçonaria (2) Maduro (1) Mãe Divina (5) Mãe Maria (19) Magos Negros (1) Mao (1) Maria Madalena (7) Mediunidade (4) Mestra Nada (35) Mestre Jesus (3) Mestre Kuthumi (1) Minhas reflexões (14) Monarquia (5) Morgs (2) Motociata (3) MPT (6) Não-Confederados (1) NBD (1) Nebadon (5) NESARA (1) Nibi (2) Nibiru (2) Nihon (1) Noruega (1) Nova Era (4) ONGs (1) ONU (6) Operação Brasil (88) Operação Donbass (2) Operação Resgate (25) Orações (2) Orbs (1) Oriente Médio (2) OTAN (70) Pai João de Angola (1) Pai João de Aruanda (2) Pai Micah (43) Pai Quirino (1) Países da OTAN (2) Pandemias/Epidemias (15) Pátria (1) Pearl Harbor (1) Pedras no Caminho (1) Plano Divino (89) Plêiades (2) Pleiadianos (1) Polônia (1) Portais de Luz (22) Portugal (4) Povo de Aruanda (8) Príncipe Planetário (12) Projeção da Consciência (8) Projeciologia (5) Projeto Comunista (84) Projeto Era de Aquário (1) Publicações (2) Putin (25) Raça Ariana (1) Rebelião Luciferiana (3) Regime de Kiev (17) Reino Unido (18) Remote View (2) Reptilianos (3) Romênia (1) Rússia (79) Saint Germain (17) Sananda Kumara (15) Sara Kali (3) Servidores da Luz (2) Shakti Revista (1) Shima (144) Shima&Ree (4) Shiva (1) Síria (1) Sírius (1) Socialismo (97) Socialista (3) Soros (1) SP (1) Suécia (1) Taiwan (6) Taucetian (1) Taucetianos (1) Teia Crística (1) Telegram (1) Templos (1) TMD (1) Toyohashi (1) Toyokawa (1) Trabalhadores da Luz (7) Trabalho Escravo (1) Transição Planetária (112) Tribunal do Conselho Cármico (42) Turquia (15) Ucrânia (60) UE (5) UK (1) Umbanda (1) Umbral (3) União Europeia (3) União Européia (50) Universo (3) USAT (2) Vaticano (1) Venezuela (16) Vidas passadas (2) Visão Remota (7) Vladimir Putin (2) Wesak (2) Xopatz (4)

Nosso Curso

LightBlog

Páginas