MINHAS REFLEXÕES – A OPERAÇÃO ESPECIAL MILITAR DA RÚSSIA – 16/04/2022 - Caminhando com o Mestre

Nosso Curso

LightBlog

NEWS

CONHEÇA NOSSOS LIVROS - CLIQUE PARA VER A PRÉVIA DO LIVRO

Para ouvir o Artigo - Aperte o Play

Translate

sábado, 16 de abril de 2022

MINHAS REFLEXÕES – A OPERAÇÃO ESPECIAL MILITAR DA RÚSSIA – 16/04/2022



 

Saudações da Luz,

 

As Forças Armadas da Ucrânia beiravam os 250 mil soldados que integravam seus quadros. O Exército ucraniano estava composta de forma heterogênea onde havia 180 mil soldados e mais de 120 mil combatentes neonazistas espalhados em todo o Estado ucraniano. Além disso, havia milhares de soldados das Forças Especiais da OTAN, sendo que 2.600 mil soldados integravam as tropas dos EUA. Esse era o resultado da tentativa da Ucrânia em integrar a Aliança Militar do Atlântico Norte.

 

A Ucrânia estava integrada por todas as forças militares internas e externas dentro do país.

 

O fator principal foi a decretação do Presidente Zelensky de iniciar as invasões do leste e do sul da Ucrânia em janeiro de 2022. Conquistar os territórios da região de Donbass e a Criméia foi o motivo principal das ações do Regime de Kiev e para isso, contava com os Exércitos já estacionados em volta destas duas regiões. E o Exército da Ucrânia contava com 60 mil soldados estacionados em Sloviansk, cidade ao norte de Kramatorsk, de onde partiria todos os ataques centrais contra a região de Donbass. A primeira linha de ataque seria Luhansk. De Mariupol partiria outra frente de ataque para a conquista de Donetsk.

 

A sede militar do Exército ucraniano em Kharkov, manteria o controle operacional da invasão da região de Donbass, enquanto as Forças militares do sul atuariam a partir de Kherson, Zaporizhia e Odessa. Esta força militar do sul seria comandada diretamente pelo Regime de Kiev. Isto porque estavam envolvidos diretamente as Forças Especiais da OTAN.

 

E essa foi a realidade encontrada pelo Presidente Putin da Rússia.

 

As tropas de dissuasão da Rússia já estavam estacionadas ao longo da fronteira russa-ucraniana para inibir qualquer ação contra as repúblicas autônomas de Luhansk e Donetsk. Havia ainda o Acordo de Minsk a ser cumprido, mas que o Regime de Kiev não aceitava. Por isso, a possibilidade da guerra era iminente.

 

O Presidente Biden dos EUA incentivava o ataque contra as tropas russas, usando de todos os subterfúgios para colocar a Rússia na guerra. E tem sido o Presidente Biden que mais cutucou o Presidente Putin para a guerra aberta no território da Ucrânia, fechando todas as portas de negociações. O interesse do Presidente Biden era outro bem diferente, era comercial.

 

Tem sido por isso, que o Presidente Biden ordenou a todos os seus aliados da OTAN e da União Europeia para sancionar de forma estúpida e medíocre a economia russa. Quem não participar desta operação contra a Rússia sofreria retaliações econômicas dos EUA. Poucas nações conseguiram sair desta armadilha.

 

E foi o próprio Presidente Biden dos EUA que deu início à guerra na Ucrânia. E a data foi 16 Fev. 2022, quando se iniciou os conflitos na região de Donbass. A Rússia só entraria nesta guerra a partir do dia 24 Fev. 2022, depois de se preparar para a guerra contra o Regime de Kiev. Esta seria uma guerra longa e desgastante. As operações no teatro de guerra teriam que ser feitas com a menor baixa possível de soldados russos, e também, de civis ucranianos.

 

Inicialmente, não havia a previsão de um ataque contra Kiev, mas em função dos ataques dentro do território russo por forças especiais da OTAN, isso se tornou inevitável. Questionado sobre o número de perdas neste ataque por parte das tropas russas, o Presidente Putin disse que seria inaceitável a baixa de 2/3 das suas tropas, somente numa primeira onda, mas que em 4 dias a cidade seria conquistada. Esta opção foi abortada.

 

A opção foi então reestudada para a ocupação contínua de territórios uma após outra, para manter o controle operacional e sufocar o Regime de Kiev. Enquanto isso, as tropas russas desencadeariam na região leste e sul da Ucrânia a ocupação territorial no regime convencional de teatro de guerra, já que as tropas ucranianas estavam em sua maior parte desanimadas com esta guerra contra as tropas russas.

 

Foi por essa razão que o Exército ucraniano começou a desmoronar em apenas uma semana de batalhas. E, hoje, restam apenas 200 militares do Exército da Ucrânia em combates diante das tropas russas. As tropas russas perderam 0,6% do seu efetivo.

 

Os combatentes neonazistas também foram dizimados pelas tropas russas.

 

Os voluntários civis armados para a defesa de Kiev caíram nos primeiros embates.

 

E isso tudo foi alcançado em apenas um mês de combates.

 

Então, o que vem ocorrendo no território da Ucrânia, se não há mais o Exército da Ucrânia em condições de combate?

 

Os combates entram agora na segunda fase da Operação Especial Militar da Rússia na Ucrânia, expulsar as Forças Especiais da Otan infiltradas em toda a faixa leste e sul da Ucrânia. São esses militares que estão atuando dentro da Ucrânia vestindo os uniformes do Exército ucraniano e combatem as tropas russas em todas as frentes de combates.

 

Os EUA e a OTAN estão enviando materiais de guerra para estes combatentes que estão divididos em várias seções e atuam como Pelotões de combates. Vários países da OTAN têm seus combatentes atuando na defesa do Regime de Kiev, entre eles estão a Polônia, a Romênia, o Reino Unido, os EUA na linha de frente. A Legião Estrangeira da França também atua na Ucrânia.

 

Dentre estes países, a Polônia é que tem o maior interesse na Ucrânia, por seus laços ancestrais contra a Rússia, que já perdura por cerca de mil anos. E foi nesta época também que começaram as disputas religiosas entre os Católicos e os Ortodoxos Cristãos na atual Polônia. A Era Polaco-Lituano foi o marco desta guerra que perdura até os dias atuais.

 

Por isso, a OTAN tem sido o pior inimigo a combater na Ucrânia e a Rússia sabia disto. Somente não tinha a certeza de que as tropas inimigas estavam em todas as frentes dentro da Ucrânia. Isso ficou claro após o cerco a Kiev. A Rússia tinha desmilitarizado a Ucrânia, e onde então as tropas estrangeiras estavam combatendo as tropas russas?

 

A retirada de Kiev foi estratégica em função de não ter mais motivos para se manter o cerco da cidade, já que outra frente de guerra se alastrava no interior do país, mais ao leste na região de Donbass, onde havia silos de lançamentos de mísseis da OTAN. E foi dessa região que começaram os ataques contras as cidades vizinhas dentro da Rússia.

 

A cada onda de ataques, saem as forças especiais russas na caça. Não há sobreviventes neste tipo de combate. Os russos sabem disso. As bases de lançamentos destes ataques partem do centro onde ocorrem atualmente as maiores batalhas em campos de combates, na região leste de Donbass. Este é o único foco da resistência que colocará fim à guerra na Ucrânia, mas os EUA estão enviando mais armas, munições e mísseis aos seus soldados na Ucrânia.

 

Dinheiro para pagamentos dos salários destes soldados “inexistentes” das tropas da OTAN estão sendo enviados em contas secretas.

 

Odessa já foi tomada pelas tropas russas. Mas a luta contra as forças especiais da OTAN prossegue em toda a região. É uma guerra suja. Tem de tudo. E tem que caçar estas forças especiais da OTAN por todo o território da Ucrânia.

 

O ataque contra o cruzador “Moskva” foi obra de uma dessas forças especiais da OTAN a partir do território de Odessa. Eles surgem do nada e desaparecem após o ataque. Estão sendo caçados por comandos especiais da Rússia.

 

O bombardeio em Kiev ontem, foi um dos alvos que estão sob o comando da OTAN e com tropas especiais da Polônia.

 

Essa tem sido a razão para o envio de líderes da União Europeia à Ucrânia. O Presidente Zelensky entregou o Estado da Ucrânia à OTAN.

 

Então, a partir de agora, a guerra é contra a OTAN, os EUA e a União Europeia. Cabe saber se os Exércitos europeus vão assumir suas identidades agora. Deixar de usar os uniformes ucranianos e vestirem seus próprios uniformes.

 

A guerra é contra a OTAN.

 

A Rússia está pronta.

 

E a Europa? E os EUA?

 

Em Luz e Amor,

Paz em Cristo.

Shima.

Namastê.


NOTA - As terras ao norte no Oceano Ártico estão descongelando e formarão a nova extensão da Rússia em duas vezes o tamanho da Europa Ocidental. Somente isso, seria o suficiente para não temerem a Rússia. A Rússia não tem interesse em expandir o seu território a oeste e sim, ter a segurança das suas fronteiras atuais.

 

 

 

 

 



_______


APOIE - Não recebemos nenhum apoio com propagandas em nossos sites e para que este canal possa continuar este trabalho que vem sendo realizado desde 2005, precisamos do seu APOIO.


Para doar pelo Paypal, envie qualquer valor para o email: caminhandomestre@gmail.com

 


Ou se preferir pela Modalidade de pagamentos  do WhatsApp:  +5512981379027 em nome da Renata.


#ShimaEUAPOIO - No Brasil - Doação por PIX para o BLOG: 


Chave PIX por email: caminhandomestre@gmail.com

ou através da chave por QRCode ao lado.






Já conhece nossos Livros? Saiba mais, clicando na opção PREVIEW.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

PODCAST

Instagram - Conheça o Instituto Portia

NOSSAS PUBLICAÇÕES

Artigos por Temas

#ShimaEUAPOIO (1) 12 Atos (4) 12.12.12 (1) 2012 (4) Agenda Globalista (14) Águias (13) Alemanha (1) Aliança Cruzeiro do Sul (2) Amaterasu (1) Amazon (1) Amazônia (2) Annunakis (9) Anti-Crísticos (7) Apocalipse (2) Arábia Saudita (1) Arcanjo Miguel (7) Arcontes (1) Ashtar Sheran (20) Athena (1) Atlântida (1) Autoconhecimento (2) Bandeira Falsa (1) Biden (2) Blog (8) Bolhas de Luz (1) Bolsonaro (41) Bombojira (1) Brasil (51) Brava Gente News (1) BRICS (2) Bushido (1) CAC (1) CAD (98) canalizações (121) Censura (2) Chama Violeta (2) Chamado (7) China (13) Chonan (3) Cinturão de Balael (2) Clã (3) Colômbia (1) Comando Ashtar (23) Comunismo (130) Comunismo... (1) Conclave (4) Conservador (1) Conspiração Alien (9) CPI (2) Cristo (5) Cristo Maitreya (8) Curso (1) Data Limite (19) DCM (1) Decreto (4) Dekassegui (1) Desarmamento (1) Desfile Militar (1) Despertar (10) Destino das Nações (1) Dia da Vitória da Rússia (2) Djwhal Khul (2) Donbass (4) Draconianos (6) Dragões (15) Dragões Dourados (6) Dúvidas dos Leitores (18) EB (1) Ebooks (1) ECA (1) eclipse (1) Economia (24) El Morya (3) Eleições (15) Era de Aquário (2) Ergs (1) Escandinávia (1) Espanha (1) Estados Unidos (66) Estatuto Social (1) EUA (3) EuApoio (1) Europa (12) Europa Ocidental (2) Eventos (2) Exército Brasileiro (1) explosões solares (2) Expurgo (4) Exu (2) Exu Caveira (1) Facebook (2) Família (1) Felinos (1) Finlândia (1) Forças Armadas do Brasil (1) França (1) Fraternidade Negra (1) Gaia (17) Gatos (1) Geopolítica (18) GESARA (1) GFH (18) GM (5) Goiás (1) Governo Oculto (38) GPT (37) Grande Fraternidade Branca (4) Grande Reset (8) Greys (1) Guardiães da Luz (2) Guerra (2) Guerra na Ucrânia (2) Guerreiros da Luz (21) HEMK (1) HEMM (1) Hezbollah (1) História (17) Hong Kong (1) Hospital Espiritual (1) Illuminati (3) Império Otomano (15) Império Russo (15) Indonésia (1) Indústria Bélica (16) Instituto Portia (4) Intervenção Divina (1) Israel (2) Iugoslávia (15) Japão (9) Jornalismo (2) Jornalistas (1) Kindle (1) Kwan Yin (9) Lady Portia (3) Lar de São Francisco (2) Lei do Retorno (22) Livros (1) Lord Maitreya (15) Lúcifer (1) maçonaria (2) Maduro (1) Mãe Divina (5) Mãe Maria (17) Magos Negros (1) Mao (1) Maria Madalena (7) Mediunidade (4) Mestra Nada (35) Mestre Jesus (3) Mestre Kuthumi (1) Minhas reflexões (14) Monarquia (5) Morgs (2) Motociata (3) MPT (6) Não-Confederados (1) NBD (1) Nebadon (5) NESARA (1) Nibi (2) Nibiru (2) Nihon (1) Noruega (1) Nova Era (4) ONGs (1) ONU (5) Operação Brasil (78) Operação Donbass (2) Operação Resgate (25) Orações (2) Orbs (1) OTAN (66) Pai João de Angola (1) Pai João de Aruanda (2) Pai Micah (43) Pai Quirino (1) Países da OTAN (2) Pandemias/Epidemias (15) Pátria (1) Pedras no Caminho (1) Plano Divino (88) Plêiades (2) Pleiadianos (1) Polônia (1) Portais de Luz (22) Portugal (4) Povo de Aruanda (8) Príncipe Planetário (12) Projeção da Consciência (8) Projeciologia (5) Projeto Comunista (81) Projeto Era de Aquário (1) Publicações (2) Putin (23) Raça Ariana (1) Rebelião Luciferiana (3) Regime de Kiev (17) Reino Unido (18) Remote View (2) Reptilianos (3) Romênia (1) Rússia (74) Saint Germain (17) Sananda Kumara (14) Sara Kali (3) Servidores da Luz (1) Shakti Revista (1) Shima (144) Shima&Ree (4) Shiva (1) Síria (1) Sírius (1) Socialismo (93) Socialista (3) SP (1) Suécia (1) Taiwan (3) Taucetian (1) Taucetianos (1) Teia Crística (1) Telegram (1) Templos (1) TMD (1) Toyohashi (1) Toyokawa (1) Trabalhadores da Luz (7) Trabalho Escravo (1) Transição Planetária (111) Tribunal do Conselho Cármico (38) Turquia (15) Ucrânia (59) UE (3) UK (1) Umbanda (1) Umbral (3) União Europeia (2) União Européia (50) Universo (3) USAT (2) Venezuela (16) Vidas passadas (2) Visão Remota (7) Vladimir Putin (2) Wesak (2) Xopatz (4)

Nosso Curso

LightBlog

Páginas